como-montar-um-negócio-de-sucesso

Aprenda como montar um negócio de sucesso online e as ferramentas necessárias

Aprender e como montar um negócio de sucesso não é uma tarefa fácil. Muito pelo contrário. Para que, em algum momento você possa usufruir do estilo de vida desfrutado pelos grandes empreendedores digitais é necessário dedicação e disciplina.

como-montar-um-negócio-de-sucesso

Para alguns podem conseguir um resultado trabalhando poucas horas, no seu ritmo e conseguindo lucros satisfatórios, porém isso não quer dizer que será igual para todos.

Isso porque para que você consiga ter e como montar um negócio de sucesso e um negócio funcional em que possa ser gerenciado automaticamente, primeiro você precisa organizar a casa e colocar todas as peças no lugar.

Só assim elas irão exercer suas funções e trabalhar em harmonia para que o seu negócio funcione automaticamente e você possa gerenciá-lo sem “perder a cabeça” em meio a tantas informações, métricas e planilhas.

Então, nesse artigo quero lhe mostrar as 10 Ferramentas necessárias para começar um negócio online. 

Hospedagem e Domínio

WordPress

Template Profissional

Páginas de captura

Email Marketing e Autoresponder

Google Analytics

Plataforma de Vendas

Gerenciador de Projetos

Compartilhamento em nuvem

Gerenciador de redes sociais

10 Ferramentas necessárias para aprender como montar um negócio de sucesso

A ideia é colocar o máximo de esforço no começo para depois assistir aos resultados surgirem. Por isso, neste artigo, vamos lhe apresentar 10 ferramentas necessárias para começar um negócio online. Com essas ferramentas em ação, você terá coberto as suas bases e andará vários passos em direção ao sonho de ter um negócio online de sucesso.

Vamos lá?

Hospedagem e Domínio

A primeira coisa que você precisa fazer para começar um negócio online é contratar um serviço de hospedagem e registrar um domínio. Em primeiro lugar, esses serviços são essenciais para que você tenha uma presença na web (afinal, sem isso, você não tem um negócio online, não é mesmo?).

A hospedagem é responsável por dar uma cara profissional à sua ideia e o domínio, a sua marca.

Neste sentido, uma dica importante é: jamais comece um negócio com um perfil nas redes sociais ou uma plataforma de blog gratuita.

Apesar do baixo custo, esses serviços imprimem um ar de amadorismo, que pode afastar clientes antes mesmo do seu negócio ser lançado.

Por outro lado, com hospedagem e domínio próprios, você dá início à sua jornada construindo, desde o início, uma base capaz de abrigar outras ferramentas que são (ou serão) essenciais ao seu negócio.

Atualmente, há vários serviços de hospedagem disponíveis e cada um defende o que acha melhor e você precisa testar e observar o que vai suprir as suas necessidades algumas recomendados são: Bluehost(.com) e o Hostgator(.com.br) entre outras. Nem todos querem usar hospedagem compartilhada, porém não é esse o foco do artigo.

Entre as empresas que possibilitam o registro de domínios, você pode escolher entre a Namecheap(.com) e a GoDaddy(.com.br). A GoDaddy também fornece serviços de hospedagem, porém eu não gosto.

WordPress

Contratado o serviço de hospedagem e registrado o domínio, é hora de montar o seu site/blog. Um negócio online de sucesso gira em torno de um conteúdo de qualidade fornecido constantemente a seu público-alvo e uma das melhores vitrines para este conteúdo é o blog.

Você pode instalar o WordPress gratuitamente dentro seu serviço de hospedagem e, a partir dele, criar blogs e sites profissionais.

Atualmente, o WordPress é melhor CMS (Content Management System, ou Sistema de Gerenciamento de Conteúdo) do mercado.

A plataforma é open source e já fornece meios para a construção de landing pages, lojas virtuais e sites de membros, além dos sites e blogs já citados.

Como se não bastasse, no WordPress existem literalmente milhares de plugins (gratuitos ou pagos) criados para otimizar a atuação do seu negócio na rede como, por exemplo, o ranking do seu site no Google via SEO (Search Engine Optimization).

Se você precisa de mais informações visite a seção Dicas WordPress.

Template Profissional

Importante quanto ter um blog é se preocupar com o que o seu público terá diante dos olhos ao visitar o seu site. Imagine que o seu espaço online – blog ou site – é a sua casa virtual.

Logo, para impressionar que visita a sua casa, é preciso deixá-la arrumada. Você vai precisar de páginas bem definidas e widgets bem localizados, para que a audiência encontre o que procura sem grandes problemas.

Você vai precisar de uma homepage atrativa, uma página sobre que desperte a empatia do visitante, uma página de contatos acessível, posts bem organizados e atalhos para que estes posts sejam acessados com facilidade – aqui entram os widgets, aquelas barras laterais e no final da página que contêm os arquivos do blog, posts mais comentados, posts mais acessados, tags, acesso rápido a redes sociais etc.

Para colocar tudo isso no lugar com facilidade, é importante que você tenha um template profissional, pensado para sites que vão ser monetizados.

Este template pode ser gratuito ou premium. É claro que os templates gratuitos oferecem menos recursos, mas se você está começando e não tem condições de investir em um template pago, os gratuitos podem ser um recurso interessante.

Além você não gastar nada, é possível achar boas opções entre os templates gratuitos. Outra vantagem é que eles são mais fáceis de configurar que os premium.

Se você optar por um template premium, por outro lado, terá uma ferramenta desenvolvida por agências especializadas, que irá se adequar ao seu nicho de mercado e permitir uma customização personalizada.

Assim, o seu site ficará com a cara do seu negócio. No entanto, se você tem um blog ainda pequeno, talvez o custo benefício não valha a pena.

Por isso, quando for comprar um template, procure por um que permita um alto nível de customização, que lhe dê autonomia para montá-lo como deseja e que dê uma aparência exclusiva ao seu site.

Aconselho a leitura do artigo 30 erros de design que deve evitar no seu blog

Páginas de captura

Depois de configurar o site, é hora de construir a sua lista e-mails. É a lista que vai garantir que você tenha um relacionamento com a sua audiência.

E é esse relacionamento que vai fazer com que o seu negócio cresça. Uma das maneiras mais eficientes de colher e-mails é através de páginas de captura, ou landing pages.

As páginas de captura são criadas especificamente para otimizar a colheita de e-mails e construir listas.

Você pode criá-las por meio de plugins como o SqueezeWP, que funciona em uma versão gratuita e uma premium, ou contratar serviços específicos como a LeadPages e a Onbounce.

Email Marketing e Autoresponder

A lista de e-mails é um dos bens mais valiosos de um empreendedor digital. Por isso, é tão importante que você crie e mantenha um relacionamento com a sua.

Da lista sairão os seus clientes, aqueles que validarão o seu trabalho ao concretizar uma compra. E para otimizar esse relacionamento, você vai precisas de um serviço de e-mail marketing e de um auto-responder.

O auto-responder é um serviço que permite que você pré-programe mensagens de e-mail automáticas – as mais usadas, por exemplo, são as de confirmação de assinatura.

Você pode programar séries de e-mails que chegam personalizadas a cada um dos seus assinantes, podendo desenvolver minicursos via e-mail ou promover pequenos lançamentos direcionados com exclusividade à sua lista.

Hoje em dia, os principais serviços de e-mail marketing – que são aqueles que lhe permitem gerenciar a(s) sua(s) lista(s) e criar mensagens personalizadas, com templates exclusivos para newsletters – já possuem um autoresponder próprio, que funciona em parceria com a criação de e-mails.

Alguns dos principais serviços de email são o AWeber, MailChimp, GetReponse em português E-Goi, Mailrelay, SendBlaster entre outros. Cada um possui características e preços próprios e cabe a você escolher o que mais lhe agrada.

Existem vários e precisa testar e verificar qual atende as suas necessidades.

Google Analytics

O Google Analytics é uma ferramenta fundamental para que você possa avaliar o ROI (retorno sobre o investimento) do seu site.

E o melhor, ele é completamente gratuito! Com o Analytics é possível saber de onde vêm os seus visitantes, quanto tempo eles ficam seu site, quais páginas são lidas, quais palavras-chave foram usadas para encontrar a sua empresa nos mecanismos de busca etc.

Resumidamente, o Google Analytics te ajuda a entender com a sua audiência se comporta; algo muito valioso para que você coloque as estratégias certas em ação.

Com isso, você pode diminuir os seus gastos e aumentar os lucros, promovendo as melhorias que você sabe que o seu público irá aprovar.

Plataformas de Vendas

Vamos, então, a outra questão fundamental do seu negócio online: as vendas!

Tudo o que vimos até agora remetem a induzir os seus leads à venda. Então, é preciso que você tenha um sistema de vendas funcionando.

No universo dos negócios digitais alguns dos mais usados são: PaypalBcashPagSeguro

Lembro existem outras plataformas.

Gerenciador de Projetos

Para começar um negócio online, também é necessário que você se preocupe com a sua produtividade.

Por isso, considere os benefícios de um gerenciador de projetos.

Plataformas como Basecamp (pago), Todoist (freemium), Trello (gratuito) e Asana (gratuito) funcionam como to-do lists, ou listas de tarefas, e são ótimas opções para que você mantenha os seus projetos em ordem e compartilhados com a sua equipe (caso você já tenha uma).

Compartilhamento em nuvem

Tendo um negócio online, você tem liberdade para gerenciá-lo de qualquer lugar do mundo, desde que tenha um computador, tablet ou smartphone; e uma conexão com a internet.

Agora, imagine que você esteja em uma pequena viagem – apenas com o seu smartphone e precise acessar um arquivo que está no seu computador com urgência… Seria um problema, não?

Por isso, é tão importante que você mantenha os arquivos relacionados ao seu negócio armazenados na nuvem.

Desta maneira, você pode acessá-los de qualquer lugar, com qualquer dispositivo. Alguns dos serviços de compartilhamento em nuvem mais utilizados são o Google Drive (gratuito e inserido no Gmail), o Dropbox e o Box.

Gerenciador de redes sociais

Como abordamos em outros tópicos, o relacionamento com a audiência é a mina de ouro de todo empreendedor digital.

Não devemos, então, ignorar o poder das redes sociais na hora de se relacionar com o público. No entanto, tão importante quanto criar perfis no Twitter e no Instagram, páginas no Facebook e no Google+ etc.,

é gerenciar esses perfis de maneira otimizada, promovendo o relacionamento entre a sua empresa e os leads e incentivando o crescimento do tráfego para o seu site com os compartilhamentos feitos por meio dessas mídias.

Entre os gerenciadores de redes sociais mais usados estão o Buffer, PostCron e o HootSuite que permitem que você gerencie vários perfis de redes sociais ao mesmo tempo e ainda agende as suas postagens.

Se gostou desse artigo não deixe de compartilhar nas redes sociais nos links abaixo desse post e com seus conhecidos.

Avalie
-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.<--

Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

Claudio Gomes

Empreendedor online e offline. Empreendimentos e negócios. Trabalho com Internet Marketing/Negócios Online alguns anos e consegui acumular muitas informações sobre negócios e formas de ganhar dinheiro online. Trabalho com informática e represento uma empresa de perfumaria e cosméticos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*