profissao-vendedor-externo

Vendedor x Cliente = Consumidor – profissão vendedor externo

Vendedor x Cliente = Consumidor. PERFUME: Um ingrediente essencial no marketing pessoal. A primeira venda a ser feita é a do vendedor.

Se o cliente não comprar como pessoa, nunca vai comprar o que você o que você esta vendendo.

Profissão vendedor externo – Vendedor x Cliente = Consumidor

Recebi alguns emails questionando o motivo pelas mudanças nos tópicos que falava sobre saúde. Lembrando o site é sobre Saúde, Vendas Diretas, Marketing Multinível e Aloe Vera (Babosa). Ou seja, sempre vai aparecer um tópico dentro desses assuntos e hoje vou falar um pouco sobre vendas e perfumaria a nova área que estou desenvolvendo as vendas com uma empresa brasileira e poderá usar e adaptar para o seu tipo de trabalho o seu marketing pessoal.

“AS PESSOAS NÃO QUEREM QUE LHES VENDAM COISAS, MAS ADORAM COMPRÁ-LAS”.

“O CLIENTE QUER COMPRAR, MAS NÃO QUER QUE LHE VENDAM”.

“VENDER É SATISFAZER AS NECESSIDADES DO CLIENTE”.

2- ASPECTOS GERAIS SOBRE O PERFUME:
-Perfume- deve se encaixar com a personalidade da pessoa.
-Perfumes:- evocam momentos e pessoas.
– seduzem.
– comunicam.
– potencializam a personalidade.
– criam um marketing pessoal por excelência.
– lembram glamour, luxo, prazer, vaidade, PAIXÃO.

– Amadeirados: são mais quentes, profundos e sensuais. Marcantes.
– Cítricos: são refrescantes, ideais para pessoas mais ativas, esportistas.

-Pirâmide olfativa: – Notas cítricas: são as notas de saída/cabeça: as primeiras
a serem percebidas
– Notas florais: são as notas de coração.
– Notas de base/fundo: amadeiradas: mais quentes e sensuais.

– Fixação do perfume tem a ver com:
– Tipo de pele/química.
– Qualidade do óleo usado no perfume
– Concentração (%) do óleo.
– Ambiente: temperatura e sol
– Conservação do perfume.

3- DISPOSIÇÃO DO PERFUME NO PONTO DE VENDA.
– Colocação em ponto estratégico, visível e fácil acesso ao cliente.
– Valorização do produto. Perfume é luxo, glamour.
– Perfume é venda personalizada.
– Vitrine/prateleira: deve propor um conceito claro do produto. Não poluído.
– Criar ações junto ao cliente borrifar o perfume.
– Pouca variedade e quantidades não criam confiança no cliente.

4- PERFIL DO CLIENTE DE PERFUME:
– Maioria está indecisa na hora da compra.
– Queria ver um bom perfume
– É altamente sugestionável.
– Vincula idéia de importado a caro.
– Classe média baixa (C,D,E): querem um produto, não marca.
– Confia no vendedor. A atitude deste é muito decisiva.

5- IMPULSIONADORES INTERNOS DOS INDIVÍDUOS:
(motivam as pessoas a comprar: vendedor deve entender o processo).

– Necessidade de ser reconhecido (sentir-se importante). Nada na natureza humana é tão significativo para a pessoa do que ser reconhecida.
– Necessidade de êxito: tem a ver com alcançar um nível de excelência. Melhorar o desempenho pessoal, necessidade de bons relacionamentos: manter-se em equilíbrio com os outros. Não criar conflitos.

6- PERFIL DA PERSONALIDADE DO VENDEDOR:
-Auto estima elevada
-Autoconfiança e firmeza ao falar sobre o produto.
-Boa apresentação/imagem pessoal.
-Boa comunicação, fluência.
-Paixão por vendas.
-Gosto para lidar com o público.
-Bom-humor, simpatia e sorriso. Pessoas apreciam pessoas sorridentes.
-Proativo. Antecipa-se ao cliente sem medo ou receio.
-Causa impacto positivo na expectativa do cliente.
-Atua como consultor.
-Fala com propriedade e com prazer de satisfazer o cliente.

7- ATITUDE X TÉCNICA NO PROCESSO DA VENDA.

– A atitude do vendedor prevalece sobre a técnica.

– Nossos resultados vêm de: 10% de nossas habilidades necessárias, porém não suficientes. Você pode ser perito e ainda assim fracassar.

– 20% de nossos conhecimentos.
– 70% de nossas atitudes: Atitude é predisposição, é hábito de pensamento. É a forma como você encara a vida e a si mesmo.

– VENDER REQUER ATITUDE ACIMA DE TUDO.

-Antes de borrifar o perfume, conversar/questionar o cliente.

Perguntas importantes:

– Qual sua preferência olfativa: cítrica, floral, doce, amadeirada?
– Já conhece nossas novidades de perfumes?
– Que perfume usa no momento?
– Tem alergia a perfumes?
– Seria para você ou para presente?
– Se for para presente: qual a idade aproximada da pessoa?
– Qual o estilo da pessoa?
– Onde trabalha? Profissão? É ambiente muito fechado?
– Seria um perfume para o dia-a-dia? Ocasiões especiais?
– Seu parceiro (a) tem preferência olfativa? Doce, floral?

Aspectos complementares no ato da venda:

– Conhecer as FRAGRÂNCIAS.
– Tentar fechar venda até 5ª borrifação.
– Borrifar moderadamente cada fragrância.
– Pote de café em grãos é essencial no ambiente de venda. Neutraliza.
– Cliente/casal: interagir com os dois.
– Agir com discrição.
– Realçar o valor do perfume, não o preço. Perfume é o melhor marketing pessoal.

– Vender perfume é vender: GLAMOUR, FANTASIA, ILUSÃO, SONHO.
É MEXER COM AS EMOÇÕES E PAIXÕES.

Enfim poderá adaptar essas idéias ao seu trabalho de vendas e ainda pode conhecer um pouco mais sobre perfumes. Ou seja, na sua próxima compra de perfumes pense nessas dicas ou em suas vendas.

Sucesso.

Vendas diretas em evidência

As vendas diretas estão em evidência. No primeiro semestre de 2009, cresceram 18,3% em relação ao mesmo período do ano passado, o equivalente a R$ 9,586 bilhões. Foi o que revelou a Associação Brasileira de Vendas Diretas (ABEVD).

Descontada a inflação do período, o crescimento real obtido foi da ordem de 12,8%, o que aponta para o vigor que o setor mantém, mesmo no período da crise.

Com esses números, não é à toa que o Brasil venha se destacando como um dos mercados mais potentes, incentivando empresas nacionais de outros segmentos a investirem em operações de vendas diretas e despertando o interesse de companhias estrangeiras.

A Federação Mundial das Associações de Vendas Diretas (WFDSA) divulgou, no ano passado, relatório que posicionava o país como o terceiro maior mercado do mundo, na frente da Alemanha e da Coreia e atrás de gigantes como Estados Unidos e Japão.

São mais de dois milhões de revendedores (profissão vendedor externo), que juntos movimentaram o equivalente a R$ 18 bilhões em 2008. Nos últimos tempos, a ABEVD teve uma expansão significativa no número de empresas associadas, com atuação em diversos setores e variados modelos de negócios.

Entre eles, o modelo multinível, também conhecido como marketing de rede, que ganha cada vez mais adeptos. O conceito baseia-se em um modelo de vendas que permite ao revendedor ganhar pela revenda de produtos e ao mesmo tempo desenvolver as organizações comerciais, amplificando ainda mais os ganhos dos revendedores. Em outras palavras, o revendedor torna-se um multiplicador, um líder corresponsável pelo desenvolvimento de sua rede. E tudo isso com um investimento estritamente baixo.

Com esse fator motivacional, que impulsiona o revendedor a recrutar novos profissionais e a treiná-los em troca de participação de lucros, ele se torna um verdadeiro empreendedor. Quanto mais trabalho, maior o ganho.

Em vista desse ganho, é cada vez maior o número de pessoas que percebem a oportunidade de renda complementar ou até mesmo passam a se dedicar integralmente às vendas diretas, inclusive trocando carreiras tradicionais.

Para as empresas que chegam, é importante dar foco especial ao treinamento de multiplicadores que, posteriormente, treinarão os demais membros da rede e assim sucessivamente. Quando você expõe sua marca por meio de uma rede de revendedores autônomos, afinal, há de se zelar pela apresentação correta do produto ou serviço e pela forma como a informação será passada, lá na ponta, para o consumidor final.

Fonte: abevd

No frio ou calor qual é o mais difícil de vender?

No frio ou calor qual é o mais difícil de vender? Vender pode ser difícil todos os dias. Ninguém é bem sucedido sem merecer. Tenha estratégias de vendas. Pense como um vendedor e pense como um gerente e poderá ver o resultado de cada um em suas funções. Sempre tente reinventar a roda isso ajuda a ser produtivo.

Profissão vendedor externo – No frio ou calor qual é o mais difícil de vender?

Como reinventar a forma de vender? Como você vende o seu produto? Qual o seu modelo de vendas?

Sempre use modelos de vendas diferentes nem sempre funciona da mesma forma para todos os seus prospectos.

Você tem um bom produto e não esta vendendo muito?

Veja se falta plano de marketing, mais vendas ou venda ombro a ombro.

Lei das 10.000 horas

Que tipo de informações eu preciso do meu cliente?

Tenha sempre uma base de dados dos seus clientes.

Uma dica crie uma comunidade na internet e faça novos contatos. Novo contato pode conseguir na visita pessoal, telefone ou internet.

Tempo é dinheiro?

Sempre que enviar um email de negócios sempre termine com (?), pois a pessoa observa a opção da resposta.

O Mcdonalds não tem o melhor lanche do mundo, porém é o que mais cresce em fastfood pelo marketing que é utilizado e a divulgação.

Data comemorativa envie emails de lembranças para os clientes.

Na minha área de perfumaria e cosméticos faço muitas divulgações boca a boca, internet, email, panfletos ou a forma que achei possível para alcançar os meus novos clientes. Há poucos dias fiz 400 panfletos de divulgação dos perfumes e junto falando dos cosméticos para um teste e ver a taxa de retorno. Entreguei em uma fábrica próximo a minha casa 150 panfletos na recepção e no dia seguinte uma pessoa dessa fábrica ligou pedindo para conhecer os perfumes. E desse cheguei até as outras pessoas.

Uma vez uma pessoa perguntou se eu não tinha vergonha de vender perfumes por ser uma área de mulher e respondi que essa área de vendas é para quem deseja, pois não limita ninguém ao sexo e odeio ficar com o bolso vazio isso sim me deixaria com vergonha.

Após uma venda sempre peça indicações com isso aumenta a sua carteira de clientes. Vendas não são as melhores técnicas de vendas e sim as melhores estratégias.

E o conhecimento é importante? Com certeza sobre precisa ler sobre o seu produto sempre falo que é necessário conhecer tudo o que poder sobre o seu produto. Não pare de ler.

Conhecimento = livros, concorrentes, palestras, cursos e treinamentos da empresa.

Sempre que poder visite o seu concorrente e aprenda novas técnicas ou dicas. Sempre vai existir alguém melhor do que você nessa área então pegue sempre novas informações. Faça contatos com vendedores de outras empresas e tente obter o máximo de informações.

Indico um excelente livro “Do fracasso ao sucesso na arte de vender”. No site da Estante Virtual vende esse livro, porém o valor é super caro. No máximo R$10,00 o valor do seu conhecimento.

Nunca exagere no que vai falar na venda sobre o seu produto. Como informei acima um livro super caro um absurdo R$ 10,00 sempre falo que o conhecimento não é caro e pode ser barato sabendo pesquisar.

Aconselho quem poder e tenha uma pequena noção de inglês a leitura desses sites por conter vários materiais bem informativos para diversas áreas como o Boing Boing, CNN, Drudgereport, Huffing, Dmoz e por último Yahoo.

Informação nunca é demais para o conhecimento.

Então eu volto a pergunta do inicial: No frio ou calor qual é o mais difícil de vender? Vai depender de você.

Avalie
-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.<--

Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

Claudio Gomes

Empreendedor online e offline. Empreendimentos e negócios. Trabalho com Internet Marketing/Negócios Online alguns anos e consegui acumular muitas informações sobre negócios e formas de ganhar dinheiro online. Trabalho com informática e represento uma empresa de perfumaria e cosméticos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*