O que é um blog diferentemente criativo – Importante Ser Diferente

Em posts anteriores apontei alguns pontos que devemos levar em consideração na elaboração de um blog, nomeadamente os nichos de mercado, a abordagem a efetuar, as vantagens e desvantagens de determinadas abordagens, entre outros conceitos. Hoje o assunto é blog diferentemente criativo.

O conceito que você definir para o seu blog, será extremamente importante na equação que define o seu sucesso ou o seu fracasso. Por isso mesmo, este último passo é igualmente importante de reter!

Blog diferentemente criativo

    Se o seu blog não for único, ele provavelmente irá passar uma imagem não marcante.

O que significa não marcante neste contexto?

Na internet, os usuários que acham determinados sites ou blogs marcantes, normalmente linkam para eles, ou votam nos seus conteúdos através das mídias sociais. Os links e votos são algo de muita importância na vida de um blog. Seu blog não for único ele blog provavelmente não chegará a lugar nenhum.

Para ter sucesso com um blog diferentemente criativo, antes de sua configuração você terá que responder algumas questões:

O que você deseja conseguir com seu blog?
Onde você pretende estar com seu blog daqui a 2 anos?
Qual é a sua audiência alvo?
O que significa algo de valor para a sua audiência?
Você vai atacar num nicho popular, ou num nicho específico/não popular?

Embora as perguntas anteriores possam parecer generalizada de todo o conceito, é necessário ter em consideração que você consegue responder a todas essas perguntassem na verdade nunca ser único. Neste artigo tenho como objetivo ajudá-lo a compreender como passar de um conceito de blog, para um blog marcante e único — algo que valha a pena passar por palavra.

Antes de continuar, talvez seja importante explicar o porquê de ser tão importante ter um blog único. Afinal de contas, você precisa de ser diferente para ser único?

Na verdade não, mas você necessita de ser diferente para que os usuários possa dar conta que você existe. O seu blog até pode ser fantástico, mas se na verdade parecer mais do mesmo, ele será interpretado como mais do mesmo, e você irá perder seu tráfego para outros blogs que estejam produzindo o mesmo tipo de conteúdos. Eles começaram primeiro que você, e você será sempre tido como um imitador.

Uma das coisas mais importantes da diferenciação é conseguir corresponder às necessidades dos usuários. Se você só corresponder às necessidades que os seus concorrentes já correspondem, você estará fazendo somente o mesmo que eles. E na verdade, para um leitor, o primeiro/original é sempre o melhor.

Mas então, como é que podemos saber quais as necessidades dos usuários?

Esta pergunta é muito complicada de responder, porque na verdade você vai viver a experiência de não saber que precisava de mudar algo, até que esse algo o interrompa.

Para o ajudar com isto, é importante saber que tipo de falhas seus concorrentes possuem. Leia alguns dos outros sites e blogs no seu nicho de mercado, e faça as seguintes questões em cada um deles:

Eles estão fazendo as pessoas rir?
Eles estão partilhando conhecimento e conselhos?
Eles estão reportando ou analisando notícias?
Eles estão dando opiniões e fazendo argumentos?
Eles estão introduzindo novos e interessantes recursos?
Eles estão melhorando a sua forma de atuação ao longo do tempo?
Eles estão maximizando o valor do entretenimento?
Eles estão tentando ser incrivelmente úteis?
Eles são tanto teóricos como práticos?
Eles estão gozando com eles próprios?
Eles estão providenciando um tour guiado por partes interessantes do blog?

Se por ventura você responder ?

Não! a alguma dessas perguntas num site ou blog que visitou, então você provavelmente encontrou uma falha a partir da qual poderá tirar suas vantagens. No entanto, isso não é garantido. Se os seus concorrentes estão negligenciando um tipo de conteúdo e/ou um tipo de estratégia, isso também poderá acontecer porque esse conteúdo/estratégia tem pouco interesse para os usuários. Antes de você por em prática sua estratégia, é importante que você a teste.

Vejamos passo-a-passo como fazer isso:

Encontrar Novas Necessidades
Este método significa encontrar novas necessidades que os seus concorrentes não tenha ainda descoberto e/ou por ventura tenham negligenciado.

Como falei no início deste post, é muito difícil saber o que sua audiência necessita simplesmente tentando adivinhar. A dificuldade óbvia no meio disso tudo, é que se você for único e/ou o primeiro a pensar nisso, é provável que você não encontre exemplos.

Mas isso é apenas meia verdade. Embora você possa não encontrar outros blogs que tenham o mesmo conceito ou foco do seu, é bem provável que você encontre porções de conteúdo que sejam similares aquilo que você pretende escrever.

Se você nunca criou um blog antes, ou nunca escreveu um guest-post para outro blog, esta opção de tomar um determinado rumo pode parecer o mesmo que dar um tiro no escuro, sem na verdade nunca saber para onde a bala se movimentou. No entanto, a opção de testar é sempre possível e exequível.

O problema deste método as escuras é que na verdade ele é imensamente difícil de reverter. Por exemplo, se você começar um blog sobre quadradinhos de economia, e nunca conseguir visitantes?

Mudar seu tipo de conteúdo é na verdade muito fácil, mas o seu nome, o seu domínio, e o seu design podem ser irreversíveis tendo em conta que você descobriu que esse é um cenário sem possibilidades de sucesso.

A questão que se coloca é, você continuava escrevendo na mesma, ou começava tudo do zero?

Obviamente que o exemplo anterior é o pior cenário possível, mas na verdade representa a importância de você conhecer a sua audiência alvo bem antes de se lançar num grande investimento (seja tempo ou dinheiro). Além de ser importante você falar com sua audiência alvo, participar com eles nos mesmos locais online, ler os blogs que eles também podem ler, ler seus comentários e analisar seus comportamentos e reações a vários tipos de conteúdos, é também muito importante você escutar a si mesmo.

Sendo parte da sua própria audiência, quais são as suas necessidades que nunca foram supridas por outros blogs?

Você está desesperado para encontrar um blog sobre direitos dos animais?

Um blog sobre conselhos de apostas online?

Um blog com dicas práticas de psicologia positiva?

Um blog sobre como ganhar dinheiro na internet?

Uma das formas de você tentar descobrir que tipo de assunto funciona melhor ou pior, passa por você entrar num fórum onde a sua audiência alvo normalmente se junta e criar um novo tópico do tipo?

Quais destas ideias para um blog você gosta mais?

Você gostaria de ler um blog destes?

Se você receber poucas respostas no fórum, é importante que você experimente o mesmo modelo em vários fóruns, de forma a ter uma visão periférica do assunto.

Também é possível que você faça justamente aquilo que os outros estão fazendo, mas fazendo-o melhor. Embora já existam blogs sobre webdesign, você pode desejar entrar no mesmo nicho de mercado, mas com o intuito de se diferenciar ou simplesmente ser melhor do que os blogs já estabelecidos. Essa é sempre uma opção também!

As Mesmas Ideias de Uma Forma Diferente
Começarei com um exemplo prático: um blog sobre carros modificados (tunning). O autor do blog pretende ganhar dinheiro mostrando anúncios de partes e peças para automóveis. Ele pretende que o seu blog seja lido por pessoas que já modificam automóveis e/ou pretendem vir a modificar.

O problema é, que existem muitos outros blogs na mesma área e com o mesmo objetivo. Um blog providencia conselhos sólidos na instalação de novas peças no automóvel. Outro blog providencia notícias atualizadas sobre novos automóveis e peças. Outro blog encontra excelentes negócios de peças em lojas online, e partilha-as com seus leitores.

E por fim, existe um outro blog que publica vídeos e fotos de carros modificados, no intuito de puro entretenimento. Em termos gerais, parece que todas as necessidades neste nicho de mercado foram complementadas.

A esta altura, o blogueiro começa a pensar como poderia ele abordar necessidades diferentes dos usuários. Embora ele tenha conhecimento sobre carros, ele é muito melhor a modificá-los do que a otimizá-los para correrem mais rápido.

Tendo consciência que as modificações visuais são muito importantes para a sua audiência, ele decide avançar para um modelo de aconselhamento diferente e único: providenciando guias e tutoriais e conselhos exclusivos no que toca a mudar o aspecto dos automóveis. Ao fazer, ele encontrou uma forma única e diferente de abordar as necessidades de seus usuários, oferecendo valor acrescentado e unicidade para um nicho de mercado muito específico.

Este exemplo mostra que, embora muitos blogueiros já estejam dando conselhos sobre modificações automóveis, isso não significa que você tenha de abordar notícias ou vídeos, por exemplo. Na verdade, você pode abordar as mesmas ideias de uma forma diferenciadora, tendo como base a especialização, ou então personalizando o seu blog.

Não desista se você tiver uma ideia, e entretanto encontrar 3 ou 4 blogs que já a estão explorando. Se eles estão escrevendo postagens curtas, todos os dias, tente uma abordagem mais técnica e completa, em intervalos de tempo maiores.

Adicionar um vídeo às suas páginas/artigos aumenta a chance do permanência do usuário no blog e a chance de venda de um produto.

As possibilidades de diferenciação são ilimitadas, especialmente quando você as conhece!

Resumo da dica de hoje: Diferencie e será único – Blog diferentemente criativo.

Melhores Práticas Para Adicionar Links Aos Seus Artigos

Não somos propriamente fãs daquele tipo de blogs que oferece 8 links a cada 10 palavras. Na grande maioria destes casos, o autor apenas promove programas de afiliados e esquemas que o beneficiam a ele próprio e nunca ao leitor. É possível ganhar dinheiro na internet utilizando uma abordagem muito mais compreensiva e profissional, e que do nosso ponto de vista, oferece valor acrescentado ao leitor. Vejamos alguns exemplos de boas práticas:

• Links dentro dos seus artigos 

Esta é daquelas técnicas extremamente comuns no blogging de hoje. Quando você está a escrever um determinado conteúdo que por qualquer razão se enquadra com um outro que você já escreveu, deverá selecionar a porção de texto que considera contextual e linkar esse mesmo texto para o artigo explicativo, tal como fizemos no ponto anterior com a “taxa de rejeição” em blogs. Se gosta de promover programas para ganhar dinheiro, considere não abusar dos links nesse caso, uma vez que eles não oferecem diretamente valor acrescentado ao leitor e podem levá-lo a questionar-se acerca da sua seriedade.

• Atualizações de artigos 

se você “bloga” há alguns meses, provavelmente já terá alguns conteúdos no seu blog que se tornaram obsoletos ou pelo menos desatualizados face à realidade atual. A melhor forma de os atualizar é escrevendo um novo conteúdo dentro do mesmo assunto, linkando para o conteúdo publicado primeiramente. Poderá também, se desejar, atualizar o artigo mais antigo e adicionar uma série de links para novos conteúdos que você entretanto publicou no seu blog.

• Leitura extra 

Muitos blogueiros utilizam hoje aquilo a que se chama a leitura extra, ou seja, a recomendação de outros artigos adicionais que podem servir de auxílio ao leitor para continuar a sua investigação sobre um determinado assunto. Um dos plugins WordPress que mais gostamos e que nos ajuda nesta tarefa é o WordPress Related Posts 23, pese embora por vezes os conteúdos possam não ser contextualizados.

Nesses casos, recomendamos vivamente ao blogueiro a recomendação manual de conteúdos que considera importantes para complementar a leitura do tópico em questão. Da experiência profissional que temos, este tipo de recomendação mais pessoal funciona bastante melhor que a utilização de plugins automatizados.

DICA: tal como referimos nos pontos assinalados, é extremamente importante que você “linke” para os seus conteúdos com textos âncora interessantes e que de alguma forma o ajudem a subir nos resultados de pesquisas dos motores de busca. Procure sempre a contextualização, mas aproveite para beneficiar diretamente dela.

FAÇA DESTE EXERCÍCIO UMA TAREFA DIÁRIA

Embora pareça relativamente complicado realizar uma tarefa destas, a verdade é que não é. A técnica que utilizamos atualmente é de manter uma página do blog aberta e à medida que vamos redigindo um novo conteúdo vamos procurando links que nos ajudem a complementá-lo eficientemente. Fazendo isto diariamente, num espaço de 1 ano você poderá ter o seu blog praticamente interligado na sua totalidade.
Procure relembrar-se dos tipos de conteúdos que escreveu e vai escrevendo, para tornar o processo de “linkagem” mais natural e eficiente para si. Se por ventura não conseguir fazer este exercício mental, abra uma segunda página do seu blog e faça pesquisas sobre os assuntos que está a debater, na procura de outros conteúdos que já tenha redigidos por sí nessa área.
Se você forçar este tipo de tarefa numa primeira instância, irá perceber que no futuro estará a fazê-lo de uma forma natural e sem ter de pensar na importância que um ato destes tem para o seu blog.

DICAS EXTRA PARA INTERLIGAR OS CONTEÚDOS DO SEU BLOG

Depois de tudo aquilo que falamos como sendo a tarefa de interligação de conteúdos e artigos do seu blog, aproveitamos ainda para lhe deixar umas dicas rápidas para desenvolver a sua ideia assim que o desejar.
• Considere utilizar estas dicas, de hoje em diante e sempre que escrever novos conteúdos no seu blog. Embora seja uma prática que exija um pouco de disciplina numa primeira fase, ela tornar-se-á mais natural e eficiente a longo prazo, e você vai claramente beneficiar disso mesmo.
• Para quem já “bloga” há algum tempo e não faz a mínima ideia do tipo de artigos que já escreveu desde que abriu as portas do seu blog, recomendamos vivamente a utilização de um plugin de recomendação de conteúdos como aquele que referimos no tópico em cima.
Ainda assim, considere manter-se mais atento de hoje em diante e sempre que escrever novos conteúdos. Preocupe-se em recheá-los de alguma forma como links e outros conteúdos importantes.
• Outra forma de realizar isto com maior facilidade, passa por exemplo por abrir o seu Google Analytics e procurar os conteúdos mais populares de sempre do seu blog. Faça uma lista dos conteúdos que recebem regularmente mais tráfego e depois procure no seu blog outros conteúdos passíveis de interligar com esses.
Interligue os artigos mais recentes com os artigos mais populares, e posteriormente adicione links extra aos conteúdos mais populares para outros conteúdos relevantes e de qualidade presentes no seu blog.
O que é um blog diferentemente criativo – Importante Ser Diferente
5 (100%) 1 vote
-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.<--

Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

Deixe uma resposta

Digite abaixo a numeração *