-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.

Coloque abaixo o seu melhor email e fique atualizado:

Delivered by FeedBurner


Porque você deve criar um blog ainda hoje? Viver de blog é possível?

Sempre que eu posso eu falo que as vezes o básico de SEO o povo esquece, pois deseja sempre o mais avançado. Sem base não adianta… Hoje vamos do básico até que você entenda e possa chegar no avançado. SEO de raiz que o povo esquece.

Como criar um blog? Criar Um Blog é Muito Fácil?

Sair do emprego para ganhar dinheiro trabalhando em casa, é um desejo de muitos. Antigamente isso era apenas um sonho que poucas pessoas conseguiam alcançar, hoje em dia já é bem comum.

Atualmente já existem diversas pessoas que estão vivendo este sonho de trabalhar em casa. Estão aproveitando mais tempo com sua família. Estão focando em outras áreas da vida, que antes não tinham condições, por falta de tempo ou dinheiro.

Há pessoas ganhando mensalmente 10 mil reais, outros 20, e alguns até mais de 100 mil reais. E tudo isso trabalhando em casa.

Eu confesso que um dia eu desacreditei de tudo isso também, tive uma certa resistência a acreditar que alguém no mundo poderia ganhar 3 dígitos sem sair de casa.

É realmente um sonho! E é totalmente possível.

Não é da noite pro dia que você começará ganhar 3 dígitos. É com muito esforço, dedicação e persistência.

O grande segredo dessas pessoas que alcançaram níveis absurdos de ganhos, é não desistir.

Mas você pode dar o primeiro passo hoje. Daqui 2 ou 3 meses, você vai querer ter começado hoje. O importante é apenas começar, e depois ir arrumando cada área do Blog.

Ter um blog nos proporciona diversas vantagens.

Você vai saber agora o porque criar um blog ainda hoje.

Mesmo sem nenhum conhecimento e experiência, você pode criar um blog. Em poucos cliques qualquer pessoa pode iniciar nessa atividade.

Com o avanço da tecnologia você pode criar um verdadeiro império na internet, mesmo sem saber uma linha de programação.

Nem sempre foi assim. Em um passado um pouco distante, só se criavam sites através de códigos e mais códigos. E isso tomava muito o tempo de quem criava um site.

Hoje existem diversas plataformas e ferramentas que nos auxiliam sem a necessidade de programação. Isso faz com que focamos mais no conteúdo e em estratégias.

Volto afirmar não é somente comprar ou criar links dofollow e jogar para o site precisa pelo menos do básico.Mais do que nunca hoje precisamos de links nofollow w dofollow (proteção do site).

Horário Flexível – Como criar um blog de sucesso

Pode ser a maior vantagem de todas para alguns. A flexibilidade de horários para trabalhar atrai muita gente.

Algumas pessoas acreditam que podem acordar meio dia e não fazer mais nada durante o dia todo. Porém ter um blog exige trabalho também.

Claro que você poderá acordar meio dia, se durante o resto do dia você tiver disciplina e cumprir com suas metas. É tudo questão de organização e muita disciplina.

Você que decide quantas horas irá trabalhar por dia, como vai trabalhar. É realmente uma vantagem muito atrativa não ter que bater cartão mais.

Seu Negócio Online 24 Horas

Ter um negócio online tem uma vantagem que um negócio físico não tem. A possibilidade de estar aberto ao público 24 horas por dia, 7 dias da semana. E sem necessitar da sua presença.

Permite você ganhar dinheiro sem estar presente. Como não gostar disso?

Você pode até ter outra atividade, outro emprego, ou passar mais tempo com a família, enquanto ganha dinheiro com seu negócio online.

Mesmo que não seja um blog, pode ser uma loja virtual ou qualquer outro negócio online.

A internet nos dá essa grande vantagem. Ganhar dinheiro sem estar presente, e a qualquer hora do dia.

Com um blog você pode ganhar também, através dos programas de afiliados. Inserindo anúncios de produtos em seu blog. Já falamos sobre programas de afiliados aqui: Os melhores nichos de mercado mais lucrativos da internet.

Livre de Trânsito

O trânsito é um enorme obstáculo pra quem quer crescer profissionalmente. Algumas pessoas chegam a perder 3 ou 4 horas por dia, só para ir e voltar ao serviço.

Além de perder horas no trânsito, você ainda corre o risco de chegar atrasado no serviço e o patrão não gostar.

Além de todo stress causado por isso, essas 3 ou 4 horas você poderia estar muito bem usando para estudar mais.

Esse é mais um motivo que levam pessoas a trabalharem pela Internet. Não ter que enfrentar mais o trânsito do dia a dia, que maravilha. Já imaginou como seria?

Você é o Patrão

Trabalhar no conforto de casa, no horário que quiser e não enfrentar mais trânsito. E seu patrão é chato?

Pois é, você ficará livre dele também.

O patrão será você.

Você que vai tomar as decisões, você que vai decidir qual caminho deve seguir, e muito mais.

Você ser o patrão é uma vantagem extremamente boa, você fará tudo do seu jeito sem ter dar satisfação de nada.

Você terá mais responsabilidade também,  você que irá arcar com todas despesas iniciais,  e muitas outras coisas. Porém ainda é muito vantajoso.

E o mais importante disso tudo é decidir o quanto quer ganhar, e o quanto vai trabalhar pra isso. Afinal, você é o patrão.

Reconhecimento

Ter reconhecimento é muito difícil, não só na internet como também em um emprego convencional. Um patrão reconhecer um bom funcionário é muito raro.

Você faz de tudo, se divide em dois para resolver tudo. Assume inúmeras responsabilidades e ainda sim é eficiente, e seu patrão não reconhece? Isso é muito comum, infelizmente.

A falta de reconhecimento leva muitos funcionários a se demitirem e saírem em busca de outros caminhos para justamente ter mais reconhecimento. E reconhecimento é ganhar mais também.

Reconhecimento você conquista aos poucos, dia após dia. É entregando mais valor do que preço.

A concorrência na internet é muito grande também, e você deve fazer algo diferente para se destacar, e conseguir o reconhecimento que merece.

Para ter reconhecimento no seu segmento, você deve focar em realizar um bom trabalho, realmente ajudar as pessoas apresentando bons conteúdos.

Ser prestativo e atencioso. Com o tempo ganhará destaque entre outros.

Criar Um Blog e Ganhar Dinheiro

Muitos ainda se perguntam se isso é possível mesmo. É possível sim, e é muito comum encontrar pessoas que têm um blog como principal fonte de renda.

Com um blog você pode ter diversas possibilidades de ganho. Existem ótimos programas de afiliados para inserir anúncios em seu blog.

Depois de ter seu blog no ar, você se cadastra em algum desses programas de afiliados. Coloca o código na área que deseja que o anúncio seja exibido.

Em algumas plataformas você pode escolher quais produtos pretende divulgar. Inicialmente você não precisa criar nenhum produto, você só divulga produtos de outras pessoas e ganha comissão.

Vale lembrar que não é só criar um blog, colocar anúncios, e esperar o dinheiro cair do céu.  É preciso escrever bons artigos, entregar boas informações para seus leitores.

Um blog com bons conteúdos, dificilmente não irá ganhar dinheiro.

Esse talvez seja o principal motivo de criar um blog hoje em dia. Você pode ganhar muito dinheiro com seu blog, se fizer um trabalho bom.

7 Erros Que Você Está Cometendo Com Seu Blog

Alguns desses 7 erros vão espantar os visitantes do seu blog. Sem visitantes, sem lucros.

Existe a ilusão de que ter um blog é simples. Você vai escrever alguns artigos simples, vai colocar um banner na sidebar e vai ganhar milhões para viver na praia. Isso não existe! 

Ganhar dinheiro com um blog exige muito trabalho e estratégia. Não é tão simples como alguns sites dizem por aí.

Os 7 Erros

Preste muita atenção nesse artigo para saber se você está cometendo alguns destes 7 erros. Se tiver, corrija imediatamente.

1. Não Usar Tema Responsivo

O primeiro erro que você pode estar cometendo é não usar um tema responsivo. Dos 7 erros, esse erro é bem comum, mais do que você imagina.

Um tema responsivo influencia diretamente na decisão de um visitante seguir você ou não, entrar para sua lista ou não.

Vamos começar do começo. Quando você cria seu blog, na página de temas do WordPress tem uma lista gigante de temas gratuitos para você usar. Olha que beleza!

Um tema gratuito tem grandes chances de não ser otimizado para SEO, isso já atrapalha as pessoas encontrarem você pelo Google.

Muitos casos o código do tema, é cheio de erros e gambiarras, e isso atrapalha no desempenho do tema, ou seja, seu blog ficará lento. Se um visitante chega em seu blog,  e ele demora para abrir, o visitante não espera e sai.

Um tema gratuito não oferece boas opções de configuração e personalização. Um tema pago já foca bastante nisso.

Alguns plugins extremamente necessários para seu blog são incompatíveis com alguns temas gratuitos.

E o principal, alguns temas gratuitos não são RESPONSIVOS, mas o que é isso?

Um tema responsivo é o tema que se adequa a qualquer tamanho de dispositivo sem atrapalhar a navegabilidade do usuário. O tema ficará alinhado e navegável em um computador, tablet, ou smartphone.

Desde 2014, o smartphone é mais usado que o PC para acessar a internet. Então é de extrema importância utilizar um tema responsivo. Se uma pessoa acessa seu blog de um smartphone e ver que está desalinhado,  ilegível, ele sairá rapidamente.

O tempo médio de permanência no meu blog aumentou consideravelmente, e a taxa de rejeição diminuiu em 30%. Um tema responsivo é necessidade, e não luxo.

2. Deixar SEO de Lado

Esse pode ser o erro mais grave dos 7 erros, e em muitas vezes o SEO é simplesmente deixado de lado.

É inaceitável cometer o erro de não utilizar o SEO em seu blog. É através do SEO que as pessoas vão te encontrar pelo Google.

E SEO não é só utilizar as palavras-chave durante o artigo, existem mais algumas configurações.

Com o plugin Yoast SEO se torna mais fácil encontrar os pontos em que se devem adicionar as palavras-chave do artigo.

Esse plugin te auxilia a configurar corretamente o título do artigo, meta-descrição, palavras-chave nos subtítulos, em imagens, e muito mais.

Quando os itens estiverem todos com essa bolinha verde, é porque o SEO do artigo está bom. Mas que fique bem claro, que SEO não é só configurar seu artigo seguindo este plugin. SEO vai muito além disso.

Eu considero este plugin sendo o mais importante. É o primeiro plugin a ser instalado no seu blog.

3. Quantidade vs. Qualidade

Vejo muitos blogs hoje em dia, com uma quantidade boa de artigos, mas de pouca qualidade. Um blog com muitos artigos é bom sim, aumenta o tempo de permanência no blog. Mas muitos artigos sem qualidade, não adianta muito.

A pessoa pensa que quanto mais artigos. Alcançará resultados incríveis em menos tempo, porém o erro está na qualidade dos artigos.

Se você escreve dois ou três artigos por semana, mas com uma qualidade não tão boa assim, porque não escrever um por semana de ótima qualidade? Que realmente ajude as pessoas.

Na Internet está cheio de gente que faz tudo mais ou menos. Se você caprichar, se empenhar, com certeza sairá na frente de muita gente.

4. Promover Vários Produtos ao Mesmo Tempo

Outro erro que vejo muitas vezes em diversos blogs é ter um banner de cada produto na sidebar. Isso não funciona, as pessoas vão ficar perdidas ou vão perceber que você só quer ganhar o dinheiro delas.

Talvez você não use banners, mas e a sua lista de e-mails, quantos produtos você divulga pra sua lista? Cada dia você envia um e-mail de um produto diferente?

E nas redes sociais, cada dia um produto diferente também? Se você comete esse erro, pare agora!

Cada dia divulgar um produto novo, seus seguidores não vão entender nada, e com certeza não sairá uma única venda.

Muito se fala em ter foco, mas não é ter foco de sentar no computador e fazer as coisas. É ter foco na sua estratégia, promover um produto por vez, para não confundir as pessoas que te seguem.

Divulgar vários produtos ao mesmo tempo e produtos de outros nichos, não vai funcionar!

O ideal é focar em promover um produto só, depois de algum tempo sim, você pode divulgar outro do mesmo nicho que seu blog atua.

5. Não Se Relacionar Com Sua Lista 

A lista de e-mail talvez seja o item mais importante de um blog. Conquistar leads é tão difícil. Porém, muitas pessoas até conseguem vários leads, mas não se relacionam com a lista.

O relacionamento com a lista de e-mail não é só enviar ofertas, é entregar conteúdo de valor. Conteúdos que façam seus leads se sentirem privilegiados por fazerem parte da sua lista.

Você deve tratar seus leads com muito respeito e dedicação, pois é da sua lista de e-mail que vai sair boas vendas. Foque em construir um bom relacionamento.

6. Não Definir o Público-Alvo

Esse é um erro muito comum de quem está começando, simplesmente por não saberem a importância de ter informações sobre o seu público-alvo.

Que tipo de informações?

Saber exatamente aonde seu público-alvo quer chegar, de onde estão saindo, quais são seus medos/dores, idade, sexo, quais são suas frustrações, no que o seu público-alvo acredita, que soluções o seu público-alvo vê para resolver seus problemas.

São diversas informações necessárias para definir o perfil do seu público-alvo.

Primeiro você escolhe o nicho, depois defina o perfil do seu público-alvo, e em seguida procure um produto que atenda suas necessidades.

Outro erro é escolher o produto sem conhecer o seu público-alvo antes, assim não terá resultados satisfatórios.

Saber o real motivo para que seu público-alvo compre de você, é o que fará você gerar lucros incríveis. Muitas pessoas do empreendedorismo digital não estão ligadas a esta sacada.

Descubra o que o seu público-alvo busca exatamente, e forneça a solução.

7. Não Analisar os Resultados

Se você está levando tudo a sério, e quer realmente ser um profissional, você deve analisar seus resultados.

Você deve saber de onde estão chegando os visitantes do seu blog.

Deve saber quais os artigos mais visitados. Quais não estão recebendo visitas.

É através de diversas análises que você irá descobrir também se está cometendo algum desses 7 erros.

Muita gente cria bons conteúdos, faz tudo certo, mas não analisam seus resultados. Analisar os resultados é fundamental para saber qual caminho você deve seguir.

Você vai melhorar o que já está bom, e tentar melhorar o que não está dando resultado.

Primeira Página do Google: 11 Dicas de SEO Para Você Aparecer

É entendendo e usando o SEO que você pode aumentar as visitas do seu site, e alcançar a primeira página do google. Através de várias estratégias em conjunto que farão que seu site busque um melhor posicionamento nas buscas do Google. E eu separei  11 dicas de SEO que você pode seguir, e se você seguir a risca, alcançará melhores resultados.

Mas antes de conhecer essas dicas de SEO, você deve saber que o SEO feito de forma correta, trás bons frutos. Quando você alcança a primeira página do Google, seus ganhos aumentam consideravelmente. Entender como funciona o SEO, e aplicar cada dica e técnica é fundamental para seu blog.

#1 – Porque as imagens são tão importantes?

As imagens são muito importantes para qualquer forma de comunicação. É através de uma imagem que você consegue gerar atração, ou até sentimentos. Poucos reconhecem o poder de uma boa imagem.

Mas o Google sabe a importância das imagens tanto é que reservou uma área exclusiva para elas.

Através de imagens você pode aumentar suas visitas orgânicas utilizando é claro, palavras-chave nos nomes das imagens.

A imagem deve contar também a palavra-chave no nome. E não deve se esquecer também do atributo “alt”.

O atributo alt tem como objetivo fornecer uma descrição alternativa da imagem. Isso ajuda muito no ranqueamento também.

O alt e o title (título) são importantes para o Google entender melhor o significado da imagem e a relação que ela tem com a página.

Você consegue perceber a importância de se escolher bem as palavras-chave em cada artigo. São vários detalhes pequenos que fazem toda diferença no final.

#2 – Tema responsivo é necessidade, e não luxo.

Que o Google se preocupa com a experiência do usuário, ninguém mais tem dúvidas disso. Essa preocupação não deve ser só do Google, deve ser sua preocupação também. E se você quer aparecer na primeira página do Google, você precisa ter um tema responsivo.

Se o usuário visita seu site que não possui um tema responsivo. Além do site demorar mais para carregar, o usuário vai encontrar tudo desalinhado e péssima visualização. E isso significa uma péssima experiência para o usuário.

O usuário deve ser bem recebido em qualquer plataforma, e é isso que um tema responsivo faz, se adaptar em qualquer dispositivo.

Mais da metade da população que tem acesso a Internet, acessa por um dispositivo móvel.

O Google está de olho nisso também meu amigo!

Quando coloquei um tema responsivo e totalmente otimizado para SEO, a taxa de rejeição abaixou consideravelmente. Isso ajuda a melhorar o seu posicionamento no Google.

Um tema responsivo é fundamental para a sobrevivência do seu blog.

#3 – Otimização dos Títulos.

É claro que os títulos não poderiam ficar de fora dessa lista. Os títulos são um dos principais fatores que influenciam no posicionamento de um artigo.

Quando o título de uma página é bem elaborado e otimizado, a página é melhor ranqueada e ainda pode atrair mais visitantes.

Um título que alcance a primeira página do Google, e ainda atraia mais visitantes, como você pode criar um título matador assim?

Procure sempre colocar as palavras-chave no início do título, para o Google isso tem uma maior relevância.

Por exemplo: Como Adestrar um Cão Com Esses 10 Truques Simples

A palavra-chave “como adestrar um cão” no início do título tem maior relevância para o Google. Procure sempre colocar a palavra-chave no início do título. E jamais deixe de colocar a palavra-chave no título da página.

Outra coisa importante sobre títulos. Quando você faz uma busca no Google, não aparecem imagens do artigo, você escolhe em qual clicar pelo título. O título que chama mais atenção é o que você clica.

Quando criar um título para seu artigo se pergunte: “Eu clicaria neste artigo?”. 

Se coloque sempre no lugar dos usuários.

Procure sempre criar títulos chamativos e atraentes, que desperte a curiosidade dos usuários, e ainda demonstre o que está no artigo.
Você pode sim usar a palavra-chave no final do titulo, não tem problema nenhum. O importante é que você use palavras-chave nos títulos.

É essencial que você faça um bom uso das palavras-chave nos seus títulos para alcançar a primeira página do Google.

#4 – Crie URLs criativas e legíveis se quiser alcançar a primeira página do Google.

As URLs não poderiam estar de fora desta lista, um dos elementos mais importantes para aparecer na primeira página do Google.

Boa parte dos usuários ainda sentem uma certa desconfiança ao encontrar um site novo.

  • Será que este site é bom mesmo?
  • Será que posso confiar neste site?

Seja um site de compras, ou qualquer ou tipo de site, inclusive blogs.

Ter uma URL amigável não é só questão de confiança, e sim de entendimento também.

Só de olhar esta URL deste meu artigo, você já sabe do que se trata, sobre como vender no Hotmart. Uma URL simples, e objetiva.

Um dos pontos que os usuários (e o Google) olham são as URLs, porque é tão importante que seu site tenha URLs amigáveis?

Qual destes dois links seria mais fácil para o usuário lembrar? Qual seria mais fácil para o Google encontrar?

Qual das duas URLs transmite mais entendimento?

Só de bater o olho você já sabe do que se trata a página.

Você ainda pode e deve incluir as palavras-chave na sua URL, para melhorar ainda mais seu posicionamento nas buscas.

A URL é indispensável para que seu site tenha relevância. É inaceitável não configurar sua URL corretamente.

No WordPress existe a opção de transformar suas URLs em URLs amigáveis automaticamente. Uma boa URL amigável pode contar de 2 a 4 palavras.

#5 – Fique atento para a velocidade do seu site.

Diga-me uma coisa, quantos sites você já visitou e houve uma demora a ser carregado, o que você fez?

Faça uma pesquisa agora no Google, e clique nos primeiros sites que vão aparecer na primeira página do Google. Perceba o tempo de carregamento de cada um, o tempo que leva para cada um carregar. Com certeza estes primeiros sites são rápidos no processo de carregamento da página.

Bom, é fato que se o site demora mais de 3 segundos para ser carregado, a taxa de rejeição aumenta consideravelmente.

Desde 2010 o Google anunciou que a velocidade de carregamento do site influencia o seu posicionamento nas buscas e isso demonstra que o gigante Google está cada vez mais preocupado com a experiência do usuário.

Você escreve ótimos artigos, se preocupa com o design do blog, passa horas bolando uma estratégia de e-mail marketing que converta bem, mas e o SEO? O SEO deve estar impecável, são vários detalhes pequenos que se juntam para fazer toda diferença no seu posicionamento nas buscas.

A velocidade é um ponto importante para você melhorar, mas como melhorar isso? Como saber se o meu site está lento?

O Pingdom Tools é o site que você vai usar para analisar a velocidade do seu site. O Pingdom Tools exibe um relatório após a analise que exibe em qual momento cada arquivo foi carregado, o Pingdom Tools analisa cada arquivo do seu site como: imagens, arquivos css e java, imagens, entre outros.

Além de analisar todos os arquivos ele ainda informa o tempo total de carregamento do seu site. É um site bem completo para analisar em quanto tempo seu site é carregado.

Uma outra opção para analisar o desempenho do seu site é o Page Speed Insights que é do Google. Este site analisa o desempenho do seu site e informa os pontos que você pode melhorar a experiência do usuário.

A vantagem deste site é que ele te mostra exatamente o que você deve fazer para melhorar o desempenho do seu site.

Plugins que ajudam

Para melhorar a velocidade de carregamento do seu site você pode instalar um plugin chamado W3 Total Cache. Este plugin compacta arquivos, utiliza cache dos navegadores, otimizando todas as páginas, tudo para melhorar a experiência do usuário.

Em relação às imagens do seu site, procure sempre utilizar imagens de tamanho reduzido. As imagens do site influenciam diretamente na velocidade de carregamento.

Para otimizar as imagens do site existe um plugin chamado Smush.it criado pelo Yahoo, este plugin otimiza o tamanho das imagens, e sem perder a qualidade.

Todas as imagens são compactadas no servidor do Yahoo, o que significa que seu site não ficará perdendo tempo para compactar as imagens.

Uma grande vantagem de utilizar este plugin é o carregamento rápido das imagens e consequentemente páginas mais rápidas, menos tráfego gasto, menos espaço sendo armazenado.

O ideal é que você sempre faça uma análise da velocidade de carregamento. Um site lento espanta as pessoas em poucos segundos e com certeza você não alcançará a primeira página do Google.

#6 – Escreva para pessoas.

Eu venho observando alguns blogs, até com layout bonito, boas estratégias, porém vejo que estão escrevendo para o Google, e não para pessoas.

Escrever para o Google, mas como é isso?  É simples, você pode perceber a palavra-chave em todos os subtítulos, em todo começo de parágrafo. Essa prática de repetir palavra-chave, várias e várias vezes não funciona.

O foco principal de uma pessoa que visita um blog é buscar informações para tentar resolver algum problema ou dúvida.

Infelizmente quando um blogueiro escreve para o Google, ele raramente ajuda as pessoas. E porque escrever para pessoas?

São pessoas que visitam seu blog e compram seus produtos, não o Google.

Quando você escreve para usuários com a mentalidade de realmente querer ajudar, o artigo se torna muito mais útil, e o que acontece? Os usuários vão perceber que é um blog rico em informações, que realmente ajuda as pessoas. Os usuários vão participar mais do seu blog, comentando e compartilhando. E tudo isso pode se transformar em lucros.

Se um site contém bons conteúdos que ajudam os usuários, os usuários passam a seguir este site, e o assim o site passa a ter maior relevância nos motores de buscas.

#7 – Meta-Description é fundamental.

Atualmente muitos blogueiros não estão dando atenção necessária o meta-description. Claro que há elementos mais importantes que influenciam no posicionamento do site nas buscas do Google.

Mas esse pequeno detalhe, pode fazer uma boa diferença na quantidade de visitantes.

Ao analisarmos um meta-description, podemos perceber o valor de se dar certa atenção a este atributo, mesmo que para o Google isso não tenha influência no posicionamento do site. O meta-description ajuda na experiência do usuário, um meta-description bem elaborada atrai mais visitantes para o site.

É o que pode fazer o usuário clicar no seu site ou não, por isso é importante dar atenção ao meta-description.

Outro fator importante também é que você escreve um resumo do que está no seu artigo, pensando em fazer o usuário a clicar no seu artigo. E o interessante também é que não só o artigo todo, mas o meta-description também, você escreve para os usuários, pessoas como você, e não para os robôs e algoritmos do Google.

Se coloque no lugar do usuário ao encontrar seu site, você clicaria no seu link?  Tente olhar de fora da caixinha.

Esse é o objetivo de um meta-description, fazer usuários clicarem nos seus artigos.

Quando for escrever o meta-description seja simples e objetivo, até porque não há muito espaço para textos maiores, até porque o Google só exibe 142 caracteres. Tenha em mente criar um bom meta-description, com certeza isso influenciará se o seu site vai ou não aparecer na primeira página do Google.

#8 – Links internos para diminuir a taxa de rejeição.

Possa parecer totalmente sem importância criar links internos, mas isso pode fazer uma enorme diferença na taxa de rejeição do seu site. Ligar um artigo em outro, ou a uma página de vendas é uma boa ideia para um usuário permanecer mais tempo no seu site.

Caso a taxa de rejeição do seu site esteja alta, há dois motivos para que isto esteja acontecendo. Mas antes de saber os dois motivos, você deve saber que a taxa de rejeição é muito importante para o Google saber se o conteúdo do seu blog é um bom conteúdo que ajuda as pessoas, e consequentemente gera influencia no seu posicionamento no Google.

Um dos motivos para que sua taxa de rejeição esteja alta é que, o usuário encontrou seu site, consumiu toda informação do conteúdo, ficou satisfeito e saiu. O conteúdo ajudou o usuário, e ele simplesmente saiu.

O outro motivo é que o conteúdo não ajudou, ou o site demorou a carregar. Se esse for o motivo real de uma taxa de rejeição alta, se abre um leque de analises a se fazer para melhorar o seu blog. Neste caso, você deverá analisar seu conteúdo, o layout do site, e cada detalhe que possa influencia na experiência do usuário.

Como Diminuir a Taxa de Rejeição?

Caso seja o primeiro motivo, o usuário consumiu a informação e saiu, existem algumas estratégias para que ele permaneça no site por mais tempo, e um desses motivos são os links internos.

Ao colocar links internos para outros artigos, o usuário pode pensar “nossa, estou precisando saber isso também!”. E assim, ele permanece mais tempo navegando em seu site, que como consequência abaixa a taxa de rejeição.

Percebe como um simples detalhe pode fazer toda diferença no seu blog?

Ao criar links internos, pense sempre na experiência do usuário, o que seria importante ele ver também ao acessar um artigo. Um artigo tem ligação com outro? Sempre que puder faça um link de um artigo para outro.

Neste artigo listo várias maneiras de Como ganhar dinheiro na internet, e cada maneira possui um artigo especifico com um conteúdo mais detalhado.

Uma taxa de rejeição baixa o Google entende que é um bom conteúdo, então o classifica melhor nas buscas fazendo seu conteúdo ter mais chances de aparecer na primeira página do Google.

#9 – O que é Link Building?

Ultimamente vejo muitos blogs falando sobre este tema. É uma boa forma de conseguir dar um pulo maior no posicionamento de buscas. Mas o que é o Link building?

Link Building é o conjunto de estratégias para que você consiga links de outros sites apontando para o seu site. Funciona como se fosse uma indicação, ou um voto.

Ter vários links apontando para o seu site, é algo que o Google considera muito.

Houve um tempo que este era a única forma para um site ser bem posicionado no Google, quanto mais links apontando para um site, maior seria sua relevância. Hoje existem diversos pontos que influenciam na relevância de um site para que ele apareça na primeira página do Google.

Uma das maneiras que você pode conseguir links apontando para seu site é criando conteúdos extremamente de alta qualidade. Um conteúdo de ótima qualidade por si só, consegue links apontando para ele, consegue mais compartilhamento, mais popularidade.

Tenha isso em mente, crie conteúdos de extrema qualidade.

Você pode também fazer Guest Post. É a estratégia de escrever artigos de qualidades em outros blogs com o objetivo fazer links para seu blog.

Caso você faça um Guest Post, para um blog que possui uma boa relevância, e inclui links que apontam para o seu blog, isso aumenta a sua relevância também. É uma boa estratégia para aumentar sua relevância, por isso muitos blogueiros estão usando essa estratégia.

Fazer parcerias com outros blogs ou serviços também pode ser uma boa maneira de conseguir links apontando para seu site.

#10 – Links externos são bem interessantes.

Falamos bastante sobre receber links de sites relevantes apontando para o seu site, o quanto isso é importante. Você deve fazer isso também.

Quando você faz links para outros conteúdos relevantes, você está sendo um incentivador para que outros blogueiros apontem links para você também. Como você pode receber algo se não está disposto a oferecer. Uma das táticas de se mostrar disposto a receber links de sites relevantes é apontar para conteúdos relevantes do mesmo blog.

Porém, você deve fazer links externos para conteúdos que seja relevante para o seu publico também. Você deve adicionar esses links externos para um conteúdo relevante, que seja um complemento do seu conteúdo.

Sempre que fizer links apontando para um conteúdo relevante, lembre-se de comunicar o autor deste outro conteúdo, assim é uma forma de incentivar que ele faça também um link apontando para você. Tudo é uma boa prática SEO.

#11 – Faça análises a todo momento.

Já falei tanto sobre analisar resultados em vários outros artigos. Duas teclas que sempre bato é de analisar resultados e criar conteúdos de qualidade. Mas sobre analisar resultado, porque falo tanto sobre isso?

Você quer ter um blog de sucesso, então é muito importante que você saiba o caminho que deve percorrer, ainda mais se aprofundando mais nos conhecimentos sobre SEO.

Analisar o que está funcionando e o que não está, é fundamental para o sucesso do seu blog.

Uma das ferramentas que você deve utilizar para analisar resultados é o Google Analytics, que informa de onde está vindo todo o seu tráfego, se é de redes sociais, ou busca orgânica no Google, quais os artigos mais visitados. E é assim que você vai analisando o que está funcionando e o que não está.

Um dos pontos interessantes de utilizar o Google Analytics, é que quando você vê os artigos que estão recebendo mais visitas, você pode perceber o que tem naquele artigo que está atraindo mais visitantes. O que tem naquele artigo que os outros artigos não tem?

Não só isso você deve analisar, mas também de onde vem a maior parte dos visitantes, buscas no Google? Redes sociais? Porque um está funcionando bem e o outro nem tanto?

E assim, você melhora o que está bom, e melhora o que não está funcionando.

Conclusão

É fato que não devemos ignorar o SEO para a sobrevivência de um site. Você não pode fechar os olhos para o SEO e focar só em outros pontos. SEO é fundamental para seu blog aparecer na primeira página do Google.

Um dos pontos importantes é que você escreva sempre para pessoas, e não para o Google. Isso faz toda a diferença, e seus visitantes percebem isso.

Crie sempre títulos impossíveis de não serem abertos, foque bastante em criar esses títulos irresistíveis.

E mais uma coisa muito importante, cuide do tema do seu site, teste em vários dispositivos. Usar um tema responsivo é fundamental também.

Se você seguir essas dicas de SEO você vai ter mais chances de aparecer na primeira página do Google, além de conseguir mais leads, mais tráfego orgânico, conquistará muita credibilidade, e aumentar seus lucros.

2 comentários em “Porque você deve criar um blog ainda hoje? Viver de blog é possível?”

Deixe uma resposta