Marketing em mídias sociais – Dicas de como fazer bonito e gerar tráfego

O planejamento foi feito, todo o caminho a ser percorrido por seu cliente para os próximos meses foi traçado, você começou a produzir as ações e a produção de conteúdo nas redes sociais está correndo. Aprenda como fazer marketing em mídias sociais.

Ok, até aí tudo bem, tudo certo. E para acompanhar se o que foi planejado está realmente sendo feito o que você faz?

Ainda não havia se perguntado sobre isso? Ah, não, você achou realmente que havia parado por aí? Pois, pequeno Padawan, a vida apenas começou!

Aprenda como fazer marketing em mídias sociais

Se você está fazendo um trabalho para determinado cliente é necessário, controlar o desempenho das ações planejadas e mostrá-lo que o que foi pensado está sendo executado.

Sendo assim, vamos mostrar algumas métricas que podem ser interessantes para que você possa elaborar um relatório de mensuração consistente e que traga informações imprescindíveis. Sabendo os objetivos do seu cliente e suas metas, será mais fácil saber quais delas serão interessantes para o uso.

Compartilhamentos:
Quantas vezes a sua mensagem foi propagada na rede.

Métrica importante para medir o desempenho da sua publicação. Afinal, se o conteúdo é relevante o bastante para ser compartilhado é porque ele foi no mínimo satisfatório.

Esta métrica é a que deve ser observada quando você faz um conteúdo informativo e que quer repassar. Exemplo: uma lanchonete faz uma promoção e deseja que a maior quantidade de pessoas saiba, como atrair a maior quantidade de público.

Likes – Total líquido de curtidas.
Este índice mede a chegada líquida de novos fãs na página. Mostra o número de novas curtidas subtraindo o número de descurtidas.

Suas publicações chamam novos fãs? Quer saber o quanto seu investimento em mídia online atraiu em público e como isso foi influenciador? Alguma publicação foi tão ruim a ponto de fazer com que usuários saísse de sua página? Esta é a métrica que deve ser observada. Seu conteúdo está atrativo e convidativo? É aqui que você vai observar.

Notem no gráfico abaixo que, em determinado ponto do mês, houve uma quantidade maior de chegada de novos usuários. Nesse caso, o volume de likes foi bastante satisfatório, principalmente se comparado com o fim do mês, que teve um número bem reduzido de novos fãs. Isso se deve, principalmente, à ausência de investimento em mídia, mas isso é assunto para um próximo post.

Interações (Curtir e Comentar):
Quantas vezes o público interagiu com suas publicações: comentou uma postagem, ou curtiu uma imagem que considerou interessante.

Sim, eu sei que o compartilhamento é uma interação, mas preferi deixá-lo sozinho e agrupar estes dois, por acreditar que um pode levar a outro.

Vamos a um exemplo: você publicou uma enquete divertida em sua página, fazendo uma pergunta bem humorada. Os usuários vão curtir a postagem, por a acharem interessante, se identificarem e diversos outros motivos e, além disso, por ser uma enquete, tendem a responder a pergunta, aumentando a quantidade de interações registradas pelo “Comentar”.

É claro que, algumas publicações não consegue trazer possibilidade de utilizar os dois, vão ter uma que vão incentivar os comentários, pois são mais discursivas. Tem aquelas que podem buscar as curtidas com mais facilidade.

As curtidas, por sinal, medem o quanto sua publicação é interessante (dã). Eu quero dizer que, se você faz um conteúdo lúdico, fora da caixa (tá na moda falar isso), que não seja engessado e pareça uma notícia de jornal, ele vai atrair curtidas. As pessoas gostam de conteúdos diferentes e criativos. Use a criatividade.

A Timeline do Facebook e seu impacto para as Empresas

A Timeline já está disponível para todas as páginas, ou seja, as páginas de negócios. Elas se parecem exatamente com a timeline de perfis pessoais, mas oferecer algumas opções extras para os administradores. Obviamente, este é um passo importante dado os movimentos recentes e inovações em outras redes sociais como o Google ou + Twitter.

Podemos descrever essa nova linha do tempo como mais eficaz, permitindo visibilidade e uma forma mais significativa para facilitar a entrada de novos clientes.

Esta nova concepção baseia-se em promover a interatividade entre os usuários de uma comunidade e as empresas, como cada empresa pode mostrar a sua história da maneira que quiser, pois pode destacar algumas notícias ou fotos que são de maior interesse para os seus seguidores, amigos, clientes e potenciais clientes.

Com esta nova contribuição do Facebook, as empresas podem explicar o seu dia-a-dia aos usuários e como eles escolhem e, possivelmente, este arranjo dos elementos proporciona novas maneiras de interagir com as empresas. Com fotos, vídeos, comentários … com os recursos que cada marca precisa.O Facebook se tornou mais fácil para as marcas e para os usuários em um real mais simples.

Confira alguns dos benefícios que a Timeline trouxe para as Empresas:

Foto da capa e perfil

A capa deve mostrar a essência da marca. Segundo as regras do Facebook, esta parte é proibido incluir chamadas para a ação, preços, curtir ou participação em promoções.

Este lugar é perfeito para colocar o logotipo de uma marca ou uma foto que define a empresa.

Marketing de Conteúdo

Com os novos recursos do Facebook, os gestores da comunidade tem que se concentrar mais no conteúdo que postarem em suas fanpages para garantir a manutenção ou aumento da interação com os fãs.

Contando a história da marca

Agora os fãs podem optar por visualizar o conteúdo destacado, as atividades de amigos e ver as mensagens que são colocadas na página. É por isso que as fanpages agora se tornaram um canal onde você pode contar a história, marcos ou cronograma de uma marca.

Os administradores podem adicionar os eventos mais importantes ou eventos importantes na história das empresas, proporcionando mais autenticidade digital.

Eliminar a página de boas vindas

O Facebook decidiu, em sua grande mudança, excluir páginas de boas vindas, que viam com a famosa mensagem pedindo para “curtir”. A primeira coisa que os usuários veem é a escala de tempo da marca, de modo que o conteúdo deve ter maior impacto sobre o público, a fim de atrair leitores.

Menções a marca na Linha de tempo

Agora os usuários podem ver as menções dos seus amigos no topo da página. Esta mudança é muito importante para a fanpage para gerar fidelidade dos fãs.

Histórias em Destaque

Agora, as mensagens se tornam mais atraentes para os usuários e pode contar histórias melhores, ver ótimas fotos e vídeos. Você também pode destacar um post específico ou corrigir as histórias mais importantes no topo da fanpage com um tempo de uma semana.

O painel de administradores

No canto superior direito da página é o novo botão “Painel Administrativo”, que agora inclui uma seção de notificações instantâneas, novos curtir e outros dados importantes que permitem que os gestores tenham um melhor controle.

Aplicações

Com a linha de tempo o modo em que as aplicações são mostradas mudaram de lugar. As “tabs” que eram usadas para destacar promoções ou outro conteúdo, agora estão no topo da página, tornando-se necessário repensar o conteúdo e a estratégia.

Uma das características principais das alterações é que a Linha do Tempo permite que você retorne para o nascimento da empresa, o que torna possível colocar os momentos mais interessantes da marca, o que poderia ser atraentes para o público, além de links, vídeos e fotografias e quaisquer outros itens que torne o seu perfil mais atraente.

Para ajudar as empresas a fazer uma mudança no design de sua página, o Facebook disponibilizou um documento em PDF e um Tutorial gratuito para explicar em profundidade as opções para a nova funcionalidade. Mas as mudanças no perfil não são as únicas inovações que ele oferece.

A rede social fez melhorias em sua função analítica, fornecendo dados estatísticos mais precisos, sobre o número de interações que teve na página (curtir, comentários, posts no mural, etc.) Esta informação é muito útil para monitorar os resultados das estratégias e implementar mudanças corretivas e oportunas.

Visualizações:
Quantas vezes a sua publicação apareceu na timeline dos usuários.

Para mim, uma das métricas mais importantes. Explico. Sabemos que, nosso amigo, Mark Zuckerberg está cada vez mais fanático para dominar o mundo e diminuir a taxa de visualizações das publicações das páginas e incentivar as empresas que invistam em mídia online. Não vou discutir sobre isso aqui, ok?

Enfim, a ideia é que para que você tenha sua publicação vista por várias pessoas, terá que desembolsar um cash, dinheiro, bufunfa, money e impulsioná-la/patrociná-la. Pois bem. Sem este investimento, com o alcance orgânico, as postagens só chegam até 1% de sua página, se você tem 15 mil fãs… (faz as contas) Nossa, difícil né?

Automatizar instagram grátis

Então, ao patrocinar sua publicação, ela será vista por muito mais pessoas, aparecerá na timeline de muitos mais usuários e, consequentemente, sua campanha será vista por muito mais gente. Ou seja, quanto mais visualizações, mais interações ela terá (curtir, compartilhar e comentar), mais a sua campanha será propagada, mais ela será vista e mais perto você estará de seu objetivo. Quanto mais gente vê, mais fácil de você passar sua mensagem.

Além destas, existem outras métricas e estas ainda podem ser muito mais detalhadas, mas isso fica para próximas publicações, ok? Sabe de outras métricas que podem ser colocadas aqui?

Redes sociais empresas vantagens desvantagens

Manter uma boa imagem nas Mídias Sociais e conquistar o público, aumentando o número de evangelizadores e diminuindo o número de detratores, é o sonho de toda marca que tem uma postura ativa nesse universo. Para que esse objetivo seja alcançado, é comum a aplicação de diversos tipos de ações, bem como o investimento em conteúdo de qualidade e em incentivo para o engajamento dos fãs. O que muitas marcas esquecem é que, muitas vezes, o problema vem de dentro.

Engana-se quem pensa que a comunicação e o marketing em mídias sociais devem se preocupar apenas com o que acontece da porta da organização pra fora. É de interesse de todos os profissionais da organização que o ambiente de trabalho seja saudável e que as relações humanas sejam cultivadas de forma positiva, prezando pela sinergia da empresa.

Quando um processo como esse não acontece como deveria, uma das consequências pode ser a exposição negativa da marca nas Mídias Sociais, por exemplo. E que opinião negativa pode ser mais impactante para o público do que a de um funcionário da própria empresa?

Em tempo em que as empresas têm valorizado cada vez mais a internet para melhorar o seu relacionamento com o cliente externo, os clientes mais importantes e que são responsável por fazer a “roda girar” são muitas vezes deixado de lado: colaboradores e parceiros. Você precisa aprender e conquistar o marketing em mídias sociais.

Com a intenção de mudar este cenário, algumas empresas utilizam as Mídias Sociais e a internet em geral para potencializar a comunicação interna, melhorar o relacionamento com seus clientes internos e para valorizar seus profissionais.

Em pesquisa anual divulgada pela TIC Empresas em 2013, 97% das empresas brasileiras permitia que seus funcionários tivesse acesso a internet, mas apenas 36% permitem a utilização das Mídias Sociais. Para as marcas que, além de atingir a zona dos 36%, desejarem utilizar a internet como aliada da organização, é indicado que procure usar a estratégia mais adequada ao perfil da sua empresa e a construção de comunidades próprias emerge como uma opção interessante.

A empresa Communispace, por exemplo, já desenvolveu comunidades online para Pepsico, Kraft e HP, e conseguiu captar resultados positivos da utilização das redes. Segundo eles, 86% das pessoas que se conectaram a comunidades privadas se tornaram colabores ativos, compartilhando material audiovisual, comentando e debatendo ideias. Este número se apresenta de forma inversa em comunidades públicas, o que mostra um maior engajamento destes participantes em cenários mais privados.

E na sua empresa, como funciona? Mídias sociais são aliados ou inimigos da produtividade e do bem estar no ambiente profissional?

Como fazer bonito no linkedin

Para os social mídia de plantão, utilizar o LinkedIn para dar um upgrade no currículo e se divulgar no mercado de trabalho é uma tarefa intuitiva. Mas será que o público geral tem conhecimento de como utilizar a plataforma para conquistar um espaço melhor no mundo profissional? Lembrando quem não usa para divulgar os seus artigos e o seu produto esta perdendo dinheiro.

Por isso, vamos trazer cinco dicas essenciais para ficar bem no LinkedIn.

1. Faça bom uso de seu perfil

O perfil do usuário do LinkedIn é a janela para o mercado de trabalho ou divulgação de um produto. É nesta área que seus futuros (ou não) empregadores vão analisar o essencial sobre você ou produto. Faça questão que ele seja bem completo e que sua foto de perfil não esteja muito casual. Não esqueça de liberar a visualização pública e, para dar um toque a mais, personalize a URL – assim, será bem mais fácil de compartilhar em oportunidades eventuais.

2. Faça um bom resumo

Quem visita seu perfil espera encontrar as informações necessárias na correria do dia a dia. Seu perfil deve ser detalhado, mas não quer dizer que você precisa incluir informações da Escolinha Patinho Feliz. Faça bom uso das informações a seu dispor e resuma o necessário, sempre tendo em mente de que as empresas buscam alguém dinâmico e direto. Prolixidade pode (e deve!) ser evitada.

3. Recomende e seja recomendado

A melhor maneira de obter referências é fazendo referências a seus amigos e colegas. As pessoas amam ser bem recomendadas. Logo, recomende-as e a reciprocidade fará com que digam o mesmo de você. Afinal, a união faz a força e, no mercado de trabalho, ter bons contatos é tudo!

4. Competência diz muito

Não apenas no sentido da execução do trabalho, mas também nos itens do LinkedIn, colocar suas competências ajuda bastante na caça por novas oportunidades. Suas palavras-chave e habilidades são importantes na procura por novos profissionais; não se esqueça de preenchê-las com sinceridade.

5. Seus resultados dizem quem você é

Nas Mídias Sociais, seu sucesso está em como você resolveu aquela situação. No LinkedIn, não é diferente. Use palavras sucintas para descrever sua resolução de tarefas e sucessos, não apenas o que você faz/fazia na empresa ou agência. Imagem é tudo!

Esperamos que este pequeno guia ajude tanto analistas de Mídia Social a entender um pouco da mecânica da plataforma, quanto a você que está à procura de um emprego. O LinkedIn veio para ficar, então, não se esqueça de usufruir tudo que essa rede tem a oferecer.

Não fique preso somente em uma rede social existem várias: https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_social_networking_websites

Como esta o seu marketing no facebook ou nas mídias sociais?

Marketing em mídias sociais – Dicas de como fazer bonito e gerar tráfego
5 (100%) 20 votes
-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.<--

Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

10 Comentários

  1. Alfredo Carvalho dezembro 6, 2017
    • Claudio Gomes dezembro 6, 2017
  2. Alienderson Santos janeiro 15, 2018
    • Claudio Gomes janeiro 15, 2018
  3. Abreu Costa janeiro 15, 2018
    • Claudio Gomes janeiro 15, 2018
  4. Giselle janeiro 15, 2018
    • Claudio Gomes janeiro 15, 2018
  5. Jonas Alves janeiro 15, 2018
    • Claudio Gomes janeiro 15, 2018

Deixe uma resposta