Newsletter como fazer passo a passo – Guia completo aumente as visitas

Muitos de vocês, especialmente aqueles que são leitores regulares, devem ter notado que por algum tempo o blog veio sofrendo algumas mudanças importantes. Sem dúvida, a mais importante dessas mudanças foi a de começar a dar mais ênfase a newsletter para o qual você pode se inscrever, deixando seu e-mail na caixa acima à direita ou no final do artigo. Hoje vamos entrar no assunto newsletter como fazer passo a passo.

O que é uma newsletter? O que é como e como usar? Como criar e operar são algumas das perguntas que serão respondidas neste artigo. Siga-me, porque este é sem dúvida um dos pontos-chave do Marketing digital e acho que vale a pena alguns minutos do seu tempo.

Newsletter como fazer passo a passo

O que é uma Newsletter?

O que é isso? Uma newsletter é uma publicação sobre um tema específico que é enviado aos assinantes ao longo do tempo. Aqui estou me referindo a um boletim on-line (não de papel) em que o meio escolhido para enviar a publicação é o e-mail.

 O que é? A newsletter tem muitos usos, mas certamente o principal deles é atrair para capturar e-mails. Hoje (e isso está sendo assim desde a década de 90), o maior patrimônio que você pode ter um negócio online é a sua lista de assinantes. É indiferente se você está no comando de uma empresa com presença on-line ou se você é um indivíduo como eu, a partir de hoje deve construir sua lista de assinantes e trabalhar para que a cada dia aumente o número de assinantes.

Outros usos de um boletim informativo:

Ajuda a construir no relacionamento com o seu público

Ser capaz de falar diretamente com seu público e recorrentemente no tempo, através de um meio tão íntimo quanto o e-mail, ajuda a fortalecer o seu relacionamento com ele. Os relacionamentos são construídos na confiança e isso é construído sobre a base das interações ao longo do tempo. Graças a sua newsletter, você pode manter esse diálogo com seus clientes e, assim, fortalecer o seu relacionamento com eles.

Ajuda você a entender melhor o seu público

Em qualquer empresa ou publicação é essencial saber o que está sendo demandado pelo seu público. Caso contrário, iria criar produtos, serviços ou conteúdos que não importam. Graças a sua newsletter, você pode fazer perguntas específicas (uma prática que eu recomendo) para seus assinantes.

Permite ganhar trafego para o seu blog

Vamos dizer que você começa um novo item em seu blog e você acha que é especialmente bom e quer que seja lido por várias pessoas, ou você recebe um produto ou serviço e quer torná-lo conhecido, tanto no como no outro caso, só teria que enviar um e-mail para seus assinantes com um link para a página que você deseja enviar tráfego e descrever resumidamente o conteúdo a ser encontrado, seguindo o link.

Por que a lista de assinantes é o maior bem que se pode ter online?

A principal razão para este valor especial com uma lista de assinantes é o que hoje é conhecido como marketing de permissão. Esta forma de marketing consiste em seu prospect (potencial cliente) dar permissão para enviar suas mensagens de marketing para seu e-mail.

Em outras palavras, ele abre a porta da “casa” para que você possa falar diretamente sem ter que competir por atenção com outros concorrentes nos seus mercados. Com esta autorização, você pode ganhar a confiança do receptor de sua mensagem e fazer dela a percepção melhor da sua marca e, assim, a alcançar o seu aumento de vendas de produtos ou serviços.

Outros motivos que fazem a lista de assinantes um ativo importante

A lista é sua e você tem total controle sobre isso

Tudo que você faz na internet está sujeita às decisões dos outros. Facebook, Twitter, Youtube e até mesmo o que você postar em seu blog, deixaria de existir com a intervenção de terceiros. Sim, o que você publica no seu blog também pode ser inutilizado (Google penaliza-lo) ou desaparecer (hackear a página). Se você tem em sua lista usuários leais e engajados basta enviar um e-mail, informando o ocorrido que com certeza, você terá alguma ajuda, mesmo que seja indireta.

Seus subscritores são os melhores

Os que assinam a sua newsletter tem demonstrado um interesse especial para o conteúdo que você oferece, e não deixaram o e-mail em vão, eles esperam receber algo que seja útil a eles ao longo do tempo.

Você pode automatizar o envio das mensagens

Nos serviços de e-mail marketing, se não todos, permitem automatizar o envio de mensagens aos seus assinantes. Com isso você garante que todo o conteúdo da sua newsletter será visto do começo ao fim. Os Blogs são ótimos para destacar o conteúdo recente, outra coisa legal também é usar a newsletter para reenviar conteúdo antigo para que não caia no esquecimento.

O dinheiro está na lista

Na internet existem várias formas de ganhar dinheiro, mas vou mostrar duas que tem feito muito sucesso: a venda de seus produtos ou vender outros produtos e cobrando uma comissão por isso. A grande maioria daqueles que estão ganhando grandes somas de dinheiro através da internet, eles estão tendo sucesso, principalmente devido às suas listas de e-mail.

A quantidade de dinheiro que você pode ganhar depende de 3 fatores:

  1. O número de assinantes que você tem,
  2. A qualidade de seus assinantes, no sentido de mais ou menos orientado (interessado no que você tem a oferecer).
  3. A qualidade de relacionamento com os assinantes da sua lista e a qualidade do seu conteúdo. Embora isto seja verdade, devemos ser cuidadosos ao tentar monetizar sua lista, pois ninguém gosta de você está vendendo anúncios o tempo todo.

Características de uma boa newsletter

Seus leitores, embora interessados no conteúdo que você compartilha no blog, não assinam a sua newsletter, a menos que você tenha algum incentivo. Uma newsletter deve conter pelo menos estas 3 características:

1. Oferecer conteúdo exclusivo não publicado no blog. Por exemplo, se você tem algum e-book, mas você não quer coloca-lo no blog, disponibilize apenas para os assinantes da Newsletter é uma boa forma de aumentar sua lista e oferecer algum incentivo.

2. O conteúdo deve ser de primeira qualidade. Se você compartilhar qualquer coisa ou algo de valor duvidoso para os seus assinantes, as chances de seu e-mail não ser aberto ou a assinatura cancelada é grande. Em vez disso, compartilhe conteúdo valioso e não apenas algo para falar que você envia uma newsletter, outro fator que fará o assinante abrir seu e-mail será o titulo que dará a ele, portanto trabalhe muito bem a questão do titulo, as chances de e-mail aberto será maior.

3. Tempo de envio das mensagens. O mais importante, não deixe ficar muito tempo entre as mensagens, caso contrário você corre o risco de que, quando enviar alguma mensagem os usuário cancelem a sua assinatura. Se você enviar muitos e-mails vai conseguir o mesmo efeito: eles reduzem a proporção de abrir e-mails e o cancelamento de assinatura aumenta. Se você assim como eu usa o feedburner, deixe claro que cada conteúdo publicado no blog, será enviado para o e-mail do assinante.

Como criar uma newsletter?

Vou ensinar a criar uma newsletter passo a passo e melhor de forma gratuita, já que muitos não gostam de pagar um sistema de envio de E-mail Marketing. A maioria de nós blogueiros utilizado o Feedburner para a entrega de feeds.

O feedburner tem uma opção que permite criar uma lista de assinantes por e-mail e melhor de forma gratuita.

Depois de efetuado o login no feedburner, você deverá clicar em Publicize, no menu principal e depois que a página carregar você irá selecionar a opção “Email Subscriptions”, no menu lateral a sua esquerda.

A seguir deverá ativar a ferramenta, clicando em Activate. Com a opção ativada você deverá modificar a opção Language, do inglês para português. Pronto, agora só o que você deve fazer é copiar o código HTML e inseri-lo em seu blog para que outras pessoas possam assinar a sua Newsletter.

O feedburner  também oferece algumas opções para você deixar a sua newsletter mais profissional. Em preferência de comunicação, você pode personalizar a mensagem que será enviada ao usuário junto com o link de confirmação de assinatura, além de poder definir um e-mail padrão para isto.

Outra opção é o E-mail Branding que serve para personalizar o layout do e-mail que será enviado ao assinante. Esta opção é simples praticamente, permite você definir o titulo do E-mail, permite inserir a logo do seu blog ou empresa e definir as cores do e-mail.

E a última opção e importante é o horário que esses e-mail devem ser entregues pelo Feedburner. Basta apenas escolher sua timezone e especificar de que horas a que horas você quer que os e-mails sejam enviados.

Apesar da facilidade do Feedburner, às vezes queremos enviar algo para os assinantes, mas não queremos fazer uma publicação no blog. Para isso eu recomendo a assinatura de um serviço de E-mail como MailChimp, Aweber, Icontact, PtSender, etc..

Para utilizar a lista de assinantes do Feedburner em outro sistema de newsletter, você só precisa exportar do Feedburner para o formato cvs (formato oferecido pelo feedburner) e importar no seu sistema de envio preferido.

Ferramentas para criar e distribuir uma Newsletter

Muitas pessoas estão convencidas dos benefícios de ter uma newsletter e eu sou uma delas, mas se você não sabe como incorpora-la ao seu blog ou site, então vamos tentar esclarecer o processo. Uma newsletter é publicada regularmente e distribuído via e-mail para as pessoas que estiverem inscritas.

A newsletter é uma ótima maneira de envolver os seus clientes, porque os clientes são lembrados de que estamos ativos e ajuda a criar um senso de comunidade, além de gerar trafego. O conteúdo do boletim pode ser uma seleção de produtos, um artigo sobre a evolução da sua empresa, uma lista de artigos em seu site ou blog, etc.

Um dos erros mais comuns que vejo em 99% dos blogs (já estive nesses 99%), que não há uma newsletter ativa no blog. Isso é algo que eu comecei a recomendar, pois é parte essencial de qualquer estratégia para obter bons resultados com seus blogs.

Este blog existe há 3 anos. Desde o primeiro dia eu me concentrei meus esforços não só para criar um conteúdo valioso de forma consistente, mas pequei em não dar importância lista de assinantes, mas agora que comecei os resultados tem sido impressionantes, tanto no aumento de subscritores como no trafego do blog. Sem dúvida, estes são os 2 mais importantes fatores que permitiram este blog ser um negócio viável e rentável, que cresce a cada dia.

Por que é tão importante uma Newsletter?

Uma Newsletter é fundamental para um blog por que:

  • É uma ótima maneira de se comunicar diretamente e pessoalmente com o seu público, assim você pode reter muito melhor.
  • Sua newsletter nunca vai morrer. Embora pareça tão “cool” como ter uma grande quantidade seguidores no Twitter ou fãs no Facebook, esses serviços podem desaparecer amanhã e você ficará sem uma maneira de se comunicar com seu público, o e-mail não terá esse problema.
  • É a melhor maneira de anunciar um novo produto ou serviço. Para muitos blogs, os assinantes da sua newsletter também serão potenciais clientes potenciais de um produto ou serviço potencial, que pode proporcionar maior valor.

Há 2 coisas básicas que você precisa para criar uma newsletter:

  • Uma maneira para que as pessoas se inscrevam na newsletter
  • Um método para enviar a Newsletter

Vamos começar com o segundo ponto para a escolha do método de envio da nossa newsletter.

De longe, a maneira mais simples de enviar um boletim informativo e usando um serviço de terceiros, seja pago ou gratuito. Um serviço de entrega de newsletter torna nossa vida mais fácil, sem necessidade de gerenciar cancelamentos ou assinaturas, podemos agendar envios, segmentar listas para que o boletim que atinja o destino, etc.

Não é aconselhável criar grupos /listas de assinantes e enviar o boletim de notícias diretamente de seu programa de e-mail ou serviço de e-mail, pois é muito difícil de gerir quando a lista de assinantes começa a crescer e é impossível manter a confidencialidade dos assinantes. No entanto, é uma maneira fácil de começar, mas não é recomendado.

Serviços gratuitos para gerenciar newsletters

Domeus

Domeus é outro dos serviços de veteranos para enviar newsletters e gerenciar listas de discussão. Você pode inserir a sua lista para o sistema.  É um dos serviços mais utilizados na Europa com mais de 111 milhões de usuários

MailPress

O MailPress é um plugin de envio de Newsletters para WordPress, considerado por alguns especialistas como o melhor do mercado em vários testes comparativos. Cerca de 15.000 pessoas já usam este plugin para enviar as suas Newsletters, e isso é certamente um indicador positivo. Este plugin permite estilizar facilmente a Newsletters a serem enviadas, e inclui ainda uma série de outras funcionalidades bastante interessantes.

SENDIT

O SENDIT é um plugin para WordPress que permite enviar newsletters e coletar assinantes de seu blog. Você pode gerenciar uma ou mais listas de e-mails e coletar usuários com código em post/páginas ou usar o widget (personalizável), importar e-mails dos comentários, usuários cadastrados no WordPress, usuários do bbpress ou cadastrar e-mails manualmente.

Você pode extrair o conteúdo de post ou página ou criar o seu conteúdo para enviar para os assinantes. Você também pode editar o modelo para cada lista de e-mails, basta colocar um código XHTML no cabeçalho e rodapé. A Newsletter será enviada no formato XHTML.

Yahoo grupos

O Yahoo grupos  este serviço de alojamento gratuito de lista permite que os usuários leiam os comentários através de e-mail individuais na web ou em resumos através do E-mail. Sua lista de endereços pode ser moderada ou não, e também é possível realizar buscas.

Feedburner

Feedburner: Em princípio feedburner é um serviço para distribuir RSS, mas pode ser usado para distribuir newsletter. Os conteúdos de seus feeds RSS que são gerados automaticamente se você usar uma plataforma de blogs como WordPress é enviado por e-mail. O serviço gerencia todas as assinaturas, confirmações, cancelamentos e fornece estatísticas.

Serviços pagos para gerir newsletters

E-goi

E-goi é uma empresa Portuguesa e é a única plataforma multicanal no mundo a conjugar todos estes canais sincronizados. Envie SMS agora, e-mail mais logo, voz amanhã ou interligue tudo (ex. a recepção de uma SMS ativa o envio de um e-mail com um link que ativa o envio de uma chamada de voz). Para quê usar sistemas diferentes? O E-goi da um tudo-em-um que poupa custos e maximiza o ROI da sua estratégia de marketing!

Como a intenção da e-goi é integrar várias ferramentas, nada mais ideal que o usuário as utilize de forma sincronizada. Imagine um cliente que clica em um produto enviado em uma newsletter e recebe um SMS informando um super desconto se comprar em 30 minutos. Foram dois canais utilizados para incitá-lo à compra.

A E-goi também oferece uma conta gratuita que permite importar até 500 subscritores e permite enviar E-mails limitados é uma grande ferramenta quando se trata de preço, pois foi à única que vi que permite envios ilimitados em conta gratuita.

PTsender

Diferente dos vários serviços existentes o PT Sender oferece todos os recursos ilimitados, ou seja, você poderá ter ilimitados endereços de e-mails cadastrados em sua lista, assim como poderá enviar quantos e-mails quiser no decorrer do mês. Um excelente recurso oferecido pelo PT Sender é a possibilidade de criar auto responders, que são e-mails enviados as pessoas cadastradas automaticamente, após um determinado período de tempo especificado por você.

GetResponse

O GetResponse é um serviço de distribuição de boletins informativos e de gestão de listas de discussão. Você pode criar segmentos de listas para gerenciar suas listas para nichos específicos e também personalizar cada e-mail com o nome da pessoa a quem se dirige a newsletter. Você também pode fazer um teste antes de enviar seus e-mails usando o serviço de visualização de filtro de spam e você pode acompanhar se o usuário abriu a mensagem, quando e quantas pessoas clicaram nos links do seu boletim de notícias.

Aweber

A Aweber é a líder de mercado na distribuição de boletins informativos e gestão de listas. Você pode segmentar sua lista por nichos grupo de leitores e personalizar cada e-mail com informações pessoais, como nomes ou nomes de empresas. Você também pode enviar a newsletter para si mesmo antes de enviar a lista inteira.

Você sabe quem abriu o e-mail, quando e quantas pessoas clicaram nos links que você tem em sua newsletter. Você pode importar suas listas de discussão existentes automaticamente ou manualmente. Outras características incluem: AWeber autoresponders, converter RSS para e-mail, modelos pré-fabricados, a integração do carrinho de compras, e muito mais.

MailChimp

O MailChimp permite criar e gerenciar listas de distribuição para enviar uma newsletter. Com a conta gratuita, você pode gerenciar até 500 assinantes e enviar até 3.000 e-mails por mês. Se você já tem uma lista de discussão, você pode importar. O boletim pode ser texto ou HTML. Para começar rapidamente, você tem um grande conjunto de modelos disponíveis para e-mail ou se preferir, você pode criar e enviar o seu próprio código.

Você também pode converter o feed RSS do seu blog ou site em um boletim informativo. Outras características incluem respostas automáticas, ferramentas de segmentação para atingir o seu público-alvo, a integração do Google Analytics, filtro de spam e muito mais.

Constantcontact

O Constantcontact é uma ferramenta online para distribuir boletins informativos e organizar listas de e-mail. Ele permite que você gerencie vários grupos de usuários e personalize o seu boletim de notícias usando, por exemplo, nome do assinante, em vez de as fórmulas gerais de tratamento. Você também pode testar o seu e-mail para garantir que suas mensagens não serão tratadas como spam. Um painel de controle online permite que você saiba que abriu seu e-mail, quando, quantas pessoas clicaram em seus links, e muito mais.

Você pode importar suas listas de discussão existentes manualmente ou automaticamente. Você pode personalizar o formulário em seu site para pedir a seus assinantes que coloquem apenas as informações que você realmente precisa. Outras características incluem pesquisas online, modelos pré-fabricados, personal training e de apoio, uma API personalizável e muito mais.

Campaign Monitor

O Campaign Monitor é uma ferramenta profissional para e-mail marketing que permite que você para distribuir boletins informativos e gerenciar listas de endereços usando uma interface baseada na web. Você pode segmentar seus assinantes e também personalizar suas mensagens usando o nome do assinante ou empresa. Você também pode fazer um teste antes de enviar e-mails para se certificar de filtros de spam não detectam seus e-mails como lixo eletrônico e verificar que todos os links funcionam corretamente.

Você pode monitorar o desempenho do seu boletim informativo para descobrir quem abriu seu e-mail, quando e quantas pessoas clicaram em seus links. Você pode importar suas listas de endereços automaticamente ou manualmente.

Formulário de Inscrição

Cada uma das empresas que fornecem gerenciamento e entrega de boletins oferecem a possibilidade de personalizar os formulários de inscrição, você escolhe quais informações deseja receber e, uma vez montado, o serviço gera um código html que você copia e cola em seu site ou blog. Não é difícil, mas requer um conhecimento mínimo de html.

Quando uma pessoa se inscreve, seus dados serão gravados em uma base de dados no servidor da empresa. Você pode fazer um backup das informações regularmente e levá-lo para outro fornecedor no caso de você decidir mudar.

Atualmente, faço a minha gestão de lista da seguinte maneira, o usuários se inscreve através do Feedburner e depois que o usuário ativa a subscrição, faço a exportação do e-mail para o PTsender. A vantagem em usar o feedburner é que todo artigo que você publicar automaticamente é enviado para o e-mail do usuário. Essa dica é válida se você seguir a estratégia de apenas um conteúdo por dia ou 3 por semana, imagina você fazer 4 publicações por dia e o usuário receber 4 e-mail, isso fará ele cancele a assinatura.

A melhor maneira de gerenciar e enviar uma newsletter é usar serviços de terceiros. Minha recomendação é analisar cuidadosamente as características de um ou outro antes de decidir que sistema utilizar para gerir suas listas.

E você utiliza algum sistema de newsletter?

A importância e visibilidade de um Feed RSS

Você ainda não sabe o que é RSS? É obrigação de todo blogueiro saber o que são os Feeds. O que ele faz? Simplesmente junta todos os sites ou blogs que você visita em uma pequena (ou grande) lista e você pode acessá-los de um só lugar, sem precisar entrar no site ou blog específico que você queira ler. Isso poupa um tempo danado. E como hoje em dia tempo é a última coisa que pode ser desperdiçada, os feeds devem quase que obrigatoriamente fazer parte do seu dia-a-dia. Vamos ver o que é RSS e o que são os Feeds.

Como os feeds são disponibilizados?

Para especificar o que é RSS, precisamos saber sobre isto. Cada site ou blog decide se vai disponibilizar os Feeds ou não. Geralmente eles estão no formato Atom, XML ou RSS. Tudo o que você deve fazer é ter um “agregador de feeds”, que funciona mais ou menos como um gerenciador de emails. Nele você adiciona os feeds de acordo com o link disponibilizado pelo blog ou site. Por exemplo, aqui no BMO, os feeds são disponibilizados por esse link: http://feeds.feedburner.com/BlogMarketOnline. Então basta você inserir no campo correspondente para adicionar um novo Feed em seu agregador e sair lendo.

Tipos de agregadores de Feeds

Existem duas formas de você ler seus Feeds preferidos. Utilizando agregadores online ou programas instalados no computador. Hoje existem vários agregadores online. O Google Reader (online) e o FeedReader (Desktop) atualmente são as minhas ferramentas de Rss preferidas. São rápidos e organizados, portanto não preciso mais do que isso para a simples tarefa de ler uns Feeds. Cabe a você escolher o formato de agregador de Feeds que mais agrada.

Qual a vantagem de disponibilizar um Feed no Blog?

A principal questão de disponibilizar ou não os Feeds é esta. Por que devo disponibilizar os Feeds do meu blog se, assim, o pessoal só vai ler pelo agregador e eu não vou receber nem visitas e nem dinheiro, já que ninguém vai clicar nos meus anúncios?

Feeds lembra a palavra “fidelizar”, não é mesmo? Então, essa é uma das características de um serviço de Feeds. Um leitor só assina seus Feeds porque gosta muito de seu blog e quer lê-lo todo dia! Claro que talvez o número de visitas acabe diminuindo, mas isso nem sempre é ruim.

Eu assino os Feeds de vários blogs, e quando me dá na telha, eu sempre dou uma passadinha no blog para comentar ou ver os arquivos antigos do blogueiro, já que não são disponibilizados nos Feeds. Seus leitores que assinam seus feeds vão fazer o mesmo quando tiverem vontade.

Além da Vantagem de fidelizar, destaco aqui outras principais vantagens:

  • O RSS é uma economia significativa de tempo e de navegação na busca de informação. Na área de trabalho, o usuário terá os artigos para decidir quais informações quer ler;
  • O RSS é livre de spam, porque você não tem que dar o seu e-mail. Diferente das assinaturas de e-mail, além de receber a notícia, você também pode receber SPAM ou outras informações indesejadas. Quando assinar um RSS feeds você irá receber apenas o que interessa.
  • O cancelamento da inscrição é rápido e fácil. Nas assinaturas de e-mail, muitas vezes o assinante deve especificar as razões pelas quais você deseja cancelar e, em seguida, deve confirmar o seu pedido. Em contraste, o RSS basta remover a url do seu leitor de feeds. É muito simples;

Como aumentar o número de assinantes do meu Feed?

Vou mostrar aqui algumas técnicas para aumentar o número de seus assinantes. Um bom número de assinantes dos Feeds RSS mostra com clareza o poder que um blog tem em fidelizar novos visitantes. Assim pode-se deduzir também que este blog tem textos de extrema qualidade, pois quase ninguém assina um blog que não acrescente um ótimo conteúdo a cada nova postagem.

Aumentar esse número significa um salto na credibilidade de seu blog. Um pequeno trabalho de apenas alguns minutos pode fazer uma grande diferença. E aproveite para criar uma estatística interessante e disponibilizá-la aos seus leitores!

Visibilidade dos botões

Essa é a primeira coisa que você deve prestar atenção: os botões de assinatura dos Feeds e do recebimento por e-mail devem ser bem atraentes e estarem devidamente destacados na barra lateral de seu blog. Crie botões personalizados e originais para essa grande causa. Pior ainda são blogs portugueses com botões em inglês.

Usando o Fireworks ou Photoshop você consegue criar botões super simples, pegue um botão comum de Feeds e coloque a mensagem de assinatura logo ao lado. Em 5 minutos você tem tudo pronto. Depois é só alinhar na barra lateral.

Depois de ler – a assinatura

Um ponto que pode realmente direcionar muitos novos visitantes à assinatura de seus feeds é o espaço após o fim dos textos. Caso o leitor se sinta realmente satisfeito com a leitura, muito provavelmente se sentirá tentado a fazer a assinatura.

Vários blogs têm imagens muito atraentes nessa região, ou apenas um simples texto convidando o leitor a assinar os feeds.

Assinatura por E-mail

Alguns podem ter preguiça de efetuar a assinatura por e-mail. Quanto mais fácil for este trabalho, mais assinaturas você pode conseguir. A melhor forma de fazer isso é ter uma caixa de texto para o visitante escrever direto o seu e-mail e já receber.

Use o Wp-greet Box no WordPress

Com este plugin, você pode mostrar uma mensagem de boas vindas para seus leitores. Esses textos podem ser diferentes dependendo do local de onde eles vieram. No mais, você pode usar o plugin para convidar todos os leitores (independente de onde vieram) para assinar seus Feeds RSS.

O estilo da caixa que aparece é bem bonito e você pode usar vários ícones, dependendo de onde veio o visitante. E o melhor: não precisa lidar com códigos, pois ao ativar o plugin, ele automaticamente colocará a mensagem no topo de seus posts.

Feeds Completos

O maior erro cometido pelos blogueiros iniciantes (e talvez os mais avançados) é disponibilizar apenas a introdução de seus textos nos feeds. Isso afugenta muitos e muitos assinantes. Hoje, simplicidade é tudo. E uma coisa muito chata é ter que abrir uma página sempre que precisar lê-la. De que vale o Feed, então?

Eu chego a ficar triste ao ler um bom blog e, ao assinar os Feeds, ver aquela porcaria de duas linhas toscas. Não faça isso em seu blog, ou nunca assinaram seus Feeds.

Tenha uma página completa explicando aos seus leitores o que são os Feeds e como assiná-los da forma mais simples possível. Isso é importante principalmente em nichos onde os leitores ainda não conhecem os benefícios dos Feeds (como blogs pessoais, de humor ou de notícias). Muitos podem se sentir tentados a aprender sobre o assunto e já sair com a assinatura de seus textos.

E depois que a página estiver pronta, coloque um link chamativo para ela junto às suas imagens de assinatura na barra lateral e no fim dos artigos.

Algo como: “Ainda não sabe o que são Feeds? Clique aqui e veja como eles podem facilitar a sua vida de leitor!”. Como você deve ter notado, este é um recurso muito útil para acessar conteúdo específico no meio do emaranhado de informações que a internet se tornou.

Agora você tem uma guia completo sobre newsletter como fazer passo a passo.

Newsletter como fazer passo a passo – Guia completo aumente as visitas
5 (100%) 17 votes
-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.<--

Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

12 Comentários

  1. Maximiliano fevereiro 10, 2018
  2. Weslei fevereiro 10, 2018
    • Claudio Gomes fevereiro 11, 2018
  3. Antonio Savino fevereiro 10, 2018
  4. Jefferson Douglas fevereiro 10, 2018
  5. Hal fevereiro 11, 2018
  6. Frances fevereiro 11, 2018

Deixe uma resposta