Porque investir em mídia social? (Conheça as dicas que uso nos blogs)

Após a primeira parte caso você não tenha acompanhado indico a leitura para entender a segunda parte: O que é rede social e mídia social. Agora vou dar continuidade e finalizar o assunto sobre porque investir em mídia social.

Se você ainda não tem ideia de como investir nas redes sociais nessa segunda parte vou abordar sobre esse assunto.

Porque investir em mídia social?

Se você tem um ecommerce, blog ou produto precisa investir pesado nas mídias sociais e fazer presença.

Social Media Optimization #Regra 6: Ser útil aos usuários

Agregar valor aos usuários, incluindo links para páginas ou informações que possam ajudar com seus objetivos e finalidades. Desta forma, o seu site se torna o ponto de referência para uma comunidade específica. Se as pessoas “linkam” à sua página e os “marca” como útil isso vai melhorar a sua visibilidade social.

Uma pequena definição do que é ser útil:

Ser útil é ajudar os outros sem ao menos pensar em algo em troca. Ou que pense. O importante é o ato. Sejamos úteis, pois assim seremos acima de tudo seres humanos.

O boom das mídias sociais trouxe muitos benefícios, e o principal é a possibilidade de poder se sentir ainda mais próximos dos amigos e familiares, mas também trouxe muitas outras coisas negativas e uma delas é o fato de nos “relacionarmos” com pessoas que não conhecemos direito, tão pouco sabemos se essa pessoa é de fato como diz ser.

Outra questão que vem surgindo é o quanto as pessoas são influentes no meio virtual, ou seja, o quanto um perfil consegue influenciar pessoas e ser influenciado por outras, sejam amigos diretos ou até mesmo os amigos dos amigos.

A sua utilidade para os usuários pode ser definida como o poder de afetar, controlar ou manipular algo ou alguém. Como um blogueiro ou empresa, ser útil não é necessariamente medido pela quantidade de tráfego que vai para seu blog, mas pelo número de pessoas que você consegue influenciar ou ajudar.

Se você pode se diferenciar dos outros de uma forma positiva, você tem o potencial para chegar ao topo e ser influente para as pessoas. Fazer algo que seja útil e diferenciado para os usuários. A única coisa que limita é sua própria criatividade para fazer coisas novas, assim você pode influenciar as pessoas positivamente e ser útil indiretamente.

A Internet é enorme. Você pode fazer sua voz ser ouvida em qualquer lugar do mundo com apenas um clique. Ser tão sociável faz você falar, ser uma parte ativa em redes sociais, fazer perguntas, responder perguntas, etc.

Algumas formas de ser útil indiretamente aos usuários:

  • Citar conteúdos ou referência para um grande número de pessoas;
  • Ajudar a disseminar conteúdo para a audiência certa;
  • Ampliar o alcance do conteúdo (mesmo que não seja seu), fazendo reverberar por diversas camadas de contatos;
  • Ajudar a identificar novas oportunidades de atuação online;
  • Conectar você a pessoas que não saberia onde encontrar;
  • Promover o relacionamento da marca com o público-alvo.

Você não vai ser útil apenas postando no Twitter ou no Facebook. Não é à toa que a maiorias dos influenciadores da internet são blogueiros. Portanto, um está atrelado ao outro.

Hoje, no entanto, o que vale mesmo é ser retuitado, compartilhado e recomendado.

Social Media Optimization #Regra 7: Recompensar o usuário

Recompense os usuários fiéis – Usuários frequentemente úteis ou populares serão influenciadores da sua marca, desenvolver maneiras de destaca-los, promovendo seus trabalhos na página inicial, ou desenvolver um sistema de classificação, um brinde, um curso ou um livro.

Às vezes, um e-mail rápido ou nota em privado dizendo que você os aprecia pode ser um grande mimo. Apenas faça com sinceridade.

Lidar com o usuário nunca foi uma tarefa fácil. Em qualquer segmento de negócio temos que lidar com eles, direta ou indiretamente. Temos que nos focar em apresentar o melhor trabalho possível, o que inclui diversos fatores de produção e relacionamento.

Segundo Philip Kotler, conquistar novos clientes custa entre 5 a 7 vezes mais do que manter os já existentes. Então, o esforço na retenção de clientes é um investimento que vai garantir o relacionamento com o mesmo.

Usuários fiéis são muito mais propensos a comprar através de mais de um canal (telefone, loja, internet, etc.) e tendem a consumir mais. E quanto mais fiéis, maior a vida útil da carteira de clientes da empresa, menor o custo de recuperação de clientes e maior o valor financeiro agregado à marca.

Aqui estão algumas coisas que você pode fazer:

  • Premiá-los com brindes.
  • Sempre que possível, deixe saber certas coisas sobre a empresa (nota: isto não inclui informações confidenciais).
  • Se você tem um produto ou serviço, pedir alguns deles se gostariam de fazer alguns testes no produto / serviço antes de ser lançado ao público em geral (fortalece o feedback e permite que faça a diferença em um produto / serviço que eles usam).
  • Certifique-se de responder a seus e-mails / mensagens privadas rapidamente.
  • O mais importante é manter o vinculo com os usuários de uma maneira honesta e amigável. Mesmo se você não estiver perto dessas pessoas acabam se tornando amigos.
  • Antecipe suas necessidades: Descubra o que o cliente necessita. Não se contente em fazer apenas o que pediu. Crie, inove, pense! Use todos os artifícios necessários para isso.

Quando manter contato com o usuário, não se esqueça de agradecer pela oportunidade que o usuário está dando de falar com ele. Quando você cumprir o que prometeu, tente exceder às expectativas do usuário. Não se esqueça de que o seu trabalho de pós-venda pode ser o início de uma nova venda.

Social Media Optimization #Regra 8: Participe

Primeiro vamos definir o que é a 8º regra:

Participe: Junte-se à conversa. Internet está se tornando uma rua de mão dupla para “conversar” com a sua comunidade e assim levar as pessoas a falarem de você.  Participe e faça sua mensagem se espalhar o mais longe e mais rápido.

No entanto, parece que as empresas estão mais preocupadas em vender, anunciar e ter um milhão de seguidores, do que a participação ativa.

Agora faço uma pergunta:

Sua Empresa está preparada para participar das mídias sociais?

Mídias Sociais e marketing digital têm permitido as empresas, a possibilidade de ouvir os seus clientes e o que eles estão dizendo sobre sua marca e seus concorrentes. Como resultado escute e participe o engajamento com os consumidores on-line é agora uma parte essencial de muitas empresas.

Se quisermos prosperar na vida e nos negócios, devemos olhar objetivos e desenvolver um plano para chegar. No entanto, muitas empresas e organizações que entram no mundo das redes sociais à procura de soluções milagrosas para seus problemas, não tem um plano de participação definido.

Existem duas abordagens para a mudança. Entrar nos canais sociais sem estabelecer metas e ir aprendendo com os erros através de tentativas. Este tipo de acesso é normalmente associado com perda de credibilidade da marca e crises de reputação on-line.

Seguidores segmentados instagram grátis

Se você sabe porque investir em mídia social agora precisa participar ativamente das redes.

A segunda opção envolve mais esforço e trabalho, mas certamente prepara o terreno para resultados mais positivos para a marca no curto, médio e longo prazo.

As empresas devem fazer uma reflexão séria sobre por que eles querem uma presença nos meios de comunicação social:

Exemplo podemos citar: 

  • Para aumentar as vendas em 5% em 3 meses.
  • Para reduzir os custos de suporte e atendimento ao cliente 10% em 12 meses.
  • Para aumentar o recall da marca em 50% em 6 meses.
  • Compreender as opiniões de 500 usuários em relação aos produtos.
    Etc.

“É preciso alertar as empresas, para a eficiência e relevância das redes sociais”, diz o especialista em tecnologia de informação Luís Fuzaro. “Há um benefício grande em usar esse tipo de tecnologia porque agiliza os processos de negócios”, completa.

Para o especialista as redes sociais desde que utilizadas adequadamente evitam duplicidade de informação, aumentam o trabalho colaborativo e melhoram os repositórios para criar um conhecimento coletivo da empresa.

Mas o fator principal é que a comunicação através de blogs e redes sociais ajuda a projetar o lado humano da empresa. A comunicação direta e o tom pessoal das discussões online acabam gerando relacionamentos mais “íntimos” com os públicos. Isso contribui decisivamente para construção da imagem de uma marca.

Só participar não é o bastante. É preciso participar de forma diferenciada. Seja por meio de conteúdo exclusivo, promoções especiais ou atendimento personalizado. É a melhor maneira de conquistar atenção, fidelidade do público e, principalmente, fazer com que as suas iniciativas sejam divulgadas pelos próprios participantes por meio do boca a boca.

Social Media Optimization #Regra 9: Conhecer seu público

Vamos definir a 9º regra criada por Cameron Olthuis:

Saiba como chegar ao seu público: Se você não conhece o seu público, você está em apuros. Nós queremos que todos usem o nosso produto, mas seja realista. Haverá sempre um público específico que vai achar interessante e outros não. Preocupe-se em agradar quem realmente está interessado.

Usuários da Internet: uma conglomeração das mais variadas pessoas online. Longe vão os dias em que a World Wide Web era acessada em sua maioria por pessoas com a intenção de bate-papo ou descobrir algo sobre suas estrelas favoritas.

Hoje, o acesso à Internet é cada vez mais global e você encontra pessoas com os mais variados gostos. Portanto, devemos prestar mais ainda atenção nos usuários que acessam o nosso site, focando em um trabalho que faça o nosso site ser útil ao nosso público-alvo e assim proporcionar uma experiência satisfatória.

Qualquer site criado para cumprir uma meta deve cuidar de cada detalhe para atingir os objetivos que havia estabelecido e certamente um dos mais importantes é saber quem nos visita e por quê.

Sabemos que existem informações e serviços na Internet, para a maioria dos assuntos imagináveis. Nossos concorrentes podem oferecer o mesmo conteúdo ou serviço e o usuário o encontra mais facilmente, ao invés de encontrar o nosso. O público de Internet não é leal, por isso é necessário oferecer o que ele quer.

Page views, visitantes únicos, visitas, páginas mais lidas… todas as métricas que fazem parte do arsenal de estatísticas de um site são extremamente úteis. Quantificam o volume de acessos que um site recebe, mas não esclarecem muito a respeito do bem mais valioso dos editores: o público.

Como é o internauta que visita o seu site?

  • É homem ou mulher?
  • Gosta de qual assunto?
  • O que ele pretende comprar?

As redes sociais são compostas por milhões de pessoas que compartilham o que fazem o que querem o que gostam, o que chama a atenção ou o que elas odeiam. Essas pessoas constituem uma plataforma ideal para que nossa mensagem seja viralizada.

Tenha em mente que as redes sociais os protagonistas são eles os usuários e não nós ou o nosso produto. Vamos sempre tentar seguir a máxima para trabalhar e Criar uma estratégia de Social Media Marketing.

Para maximizar o poder das redes sociais é preciso primeiro saber quem são seus membros (os perfis), o que eles querem o que buscam ou o que desejam. Por isto, é tão importante saber o que é falado na Mídia Social.

“Ou seja, acompanhar e estar atento à conversa”.

Esta é a regra de ouro para se trabalhar com eficácia na Social Media.

Uma das coisas que costumo falar é que se você quer conhecer o seu público umas das melhores formas é escutar o que falam de você, mas sem participar. É importante fazer uma compilação da situação atual antes de começar a definir os objetivos, pois só conhecendo a situação atual (com dados concretos), você pode definir quais os objetivos que serão eficazes e eficientes:

  • O que está sendo dito sobre sua empresa? Lista de comentários positivos, neutros ou negativos.
  • Quem está dizendo? Lista de usuários, prestando atenção aos formadores de opinião.
  • Por que dizem? Saber se esses usuários são os clientes que falam de nós (felizes ou infelizes), os clientes potenciais, concorrência, etc.
  • De onde é dito? Resumo dos meios de comunicação social em que estamos presentes, graças aos usuários.
  • Existem respostas: Quem está respondendo (funcionários, fãs, etc.).

Se os indicadores de credibilidade e confiança são uma tendência positiva, você sabe que seu plano de comunicação na Internet está funcionando corretamente.

Para garantir isso, você só precisa apresentar à reputação online universal:

  1. Encontre o nome da sua organização no Google.
  2. Adicione páginas às posições dos dez melhores resultados.
  3. Identifique a origem e analise o conteúdo apresentado em cada uma delas.

Para conhecer o seu público-alvo, existem muitas maneiras e ferramentas que podem ser utilizadas. A comunicação com o usuário é um dos passos mais importantes para atingir a meta.

Social Media Optimization #Regra 10: Criar Conteúdo

Vamos a Definição da regra criada por Cameron Olthuis:

Criar conteúdo: Existem certos conteúdos que se espalham socialmente de forma natural, não importando de qual nicho você é ou como seus produtos são vendidos, há um tipo de conteúdo que funciona. Talvez se fizer as pessoas rirem, escrever artigos ou cases, ou oferecer aplicativo que seja útil. Procure pesquisar que tipo de conteúdo vai funcionar com você.

O livro chamado “Get Content Get clientes”, escrito por Joe Pulizzi e Barrett Newt sobre Marketing de Conteúdo usa a seguinte definição:

“a arte de compreender exatamente o que eles precisam conhecer os clientes e entregar a mensagem de forma relevante e atraente”. Isto não é para empurrar (push), mas sim para atrair (pull) seus clientes, é um método eficaz de publicar conteúdo.

Com a idade de ouro das redes sociais e o universo 2.0 o conteúdo tornou-se valioso. Através dos canais de mídias sociais as marcas podem criar e transmitir seus próprios  conteúdos, a fim de criar uma relação de confiança com seus stakeholders.

Mas além de criar uma relação direta e estreita com seu público, geração de conteúdo tem outra vantagem que muitas empresas deixam escapar: a capacidade de gerar demanda por seus produtos / serviços. Muitos ainda continuam comprometidos a destinar grande parte de seus recursos ao trabalho comercial (porta fria). Mediante a geração e distribuição de conteúdo, marcas e as empresas podem obter públicos interessados em seu conteúdo e assim também conseguir que eles fiquem interessados em seus produtos.

Tudo isso é a disciplina de marketing de conteúdo ou content marketing. Aqui você vai encontrar algumas dicas para gerar conteúdo projetado para criar demanda por meio de canais de mídia social.

  • Ouvir. É essencial saber quais são as coisas que motivam o seu público. Escute o que dizem sobre o seu público, o que gostam e o que o move à ação.
  • Simplificado. Talvez a proposição de valor do seu negócio seja complicado e sua vantagem competitiva exige uma explicação detalhada. No entanto, para captar a atenção do seu público e muitas vezes apropriado ajudar a resolver seus problemas através de pequenos artigos sobre os tutoriais do blog ou vídeo. É essencial ser útil a seus clientes potenciais laços mais estreitos com você.
  • Distribuir o seu conteúdo
  • Chegar ao ponto
  • Construir um funil para o conteúdo

Antes que você pense outra coisa é necessário ganhar a confiança de um público. Só assim você pode convencer um cliente que uma determinada marca é melhor para ele.

Outro tipo de conteúdo bastante útil são as dicas e truques. Muitas pessoas dão mais valor para o conteúdo que não se limita apenas a descrever as características de um produto, mas também que mostrar alguns conselhos sobre suas funções.

conteúdo educacional é muito importante. Depois que uma marca tenha conquistado a confiança da sua clientela, vai querer saber mais sobre seus serviços. Portanto, é aconselhável publicar conteúdo completo com informação atraente sobre a empresa.

Cada pessoa gosta de escolher o mais adequado as suas necessidades.

Todos os elementos acima devem ser colocados em seu plano de marketing com um processo bem definido para criação e atualizações.

Agora que você descobriu porque investir em mídia social coloque em prática e leia esse artigo sobre o faceposter.

Porque investir em mídia social? (Conheça as dicas que uso nos blogs)
5 (100%) 25 votes
-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.<--

Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

Deixe uma resposta