-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.

Coloque abaixo o seu melhor email e fique atualizado:

Delivered by FeedBurner


SEO Onpage – Guia Básico Eficiente Sobre O Assunto

Resultado Com Seo Onpage

Esse artigo é um artigo de “meia culpa”, que deveria ser publicado lá no inicio do blog, antes de falar de coisas mais avançadas ou de Black Hat, porque antes de pensar em qualquer tipo de estratégia para posicionar, devemos começar com o básico fazendo um bom SEO Onpage.

Material feito/escrito por Alejandro Salinas/Darkent. Material devidamente autorizado pelo autor para reprodução no Blog Marketing Online.

SEO On Page Optimization

Se você não sabe o mínimo necessário para otimizar seus artigos internamente, não pode nem deve tentar se adiantar em fazer estratégias Black hat, nem cinza hat, nem vermelho hat, nem colorido hat.

O que é conteúdo de qualidade?

Quando a gente fala de SEO, muitas vezes ficamos focados no link building e os backlinks, deixando passar batido a otimização interna ou o SEO onpage. As vezes é impossível atingir bons resultados nas serps se o nosso site não está bem otimizado e tem grandes erros.

Como já deve saber o SEO offpage são os fatores ou as ações trabalhadas fora do seu blog ou o famoso link building, redes sociais, fontes de trafego, acompanhar a criação de links e os da sua concorrência, etc.

Antes de fazer qualquer tipo de ação externa, sua página deve estar preparada para que Google goste dela. Que eu tenha feito um artigo desafiando o algoritmo do Google e a sua inteligência, não significa que vamos fazer qualquer porcaria, para tentar posicionar porque na maioria dos casos realmente não vai conseguir posicionar.

Já tive casos de blogs com baixa concorrência com o simples fato de analisar a concorrência, ver os buracos que eles deixaram em SEO onpage e fazer melhor no meu blog, consegui posicionar na primeira página em questão de horas.

Esse blog foi criando no dia 29 de Setembro e nesse mesmo dia atingiu primeira página só com o fato de aproveitar os erros onpage dos concorrentes e não comete-los na minha página.

O que é o SEO Onpage?

A definição bonitinha e seria do SEO Onpage seria a seguinte: “Otimização de uma página para os motores de busca e para melhorar a experiência do usuário”. Essa otimização é focada em alguns aspectos como: código de programação, conteúdos, arquitetura do site e alguns fatores a mais que vou te mostrar nesse artigo.

Tem uma frase que resume bem o que significa fazer um bom SEO Onpage:

O Objetivo não é estar posicionado, e sim destacar no posicionamento

O grande erro de muitas pessoas é querer ficar bem posicionado e se é rápido, melhor ainda. Eu aceito minha parcela de culpa porque nesses últimos meses fiz alguns testes malucos para testar o algoritmo de Google, e consegui posicionar sites em 5 dias e chegar na primeira página em 5 horas para algumas keywords.

SEO On Page Tutorial

O fato é que não adianta ser capaz de ficar bem posicionado se o seu conteúdo não é agradável para o usuário, não adianta ficar no Top 1 se o seu título e descrição são pobres ou seu conteúdo é lixo. Isso só vai te gerar poucos cliques e uma taxa de rejeição alta.

plugin seo yoast

Por isso, resolvi fazer esse mini guia, os aspectos mais importantes para otimizar internamente uma página e ficar esclarecidos para todos os mortais que não são primos do Matt Cutts.

Primeiros passos para SEO Onpage

A primeira coisa a fazer antes de realizar qualquer otimização interna se o seu conteúdo é importante e faça um estudo da sua concorrência, isso é algo que muita gente esquece ou passa batido. Tem que saber quais serão as palavras chaves que serão mais importantes no seu projeto, mas o mais importante de tudo, você deve ser capaz de passar esse estudo ou analise para seu site para que possa estruturar um projeto de forma certa para facilitar a experiência do usuário e do Google.

Keyword Research

Se você quer montar um projeto ou já tem um, o ideal é que faça uma pesquisa de palavras chaves que vai trabalhar para tentar posicionar sua página. Seguem algumas ideias que pode utilizar para isso:

Brainstorming: Chuva ou tormenta de ideias. Tão simples como pegar uma folha e escrever todas as keywords que você ache interessantes para seu nicho. Também pode fazer num Excel (eu gosto mais pela praticidade). Pergunte a seus amigos, família, acompanhe alguns blogs. Muito simples, parece básico mas realmente funciona. Esse seria o passo inicial.
Sugestão do Google. Quando busca uma palavra no Google o próprio buscador vai te sugerir algumas palavras long tail. Acha que isso é atoa? Esses termos são os que estão sendo mais pesquisados pelos usuários. Utilize Google ao seu favor!

Indico o uso do site: https://seorch.eu/html/google-suggest-checker.html

Pesquisas relacionadas: Também é uma ótima forma de saber o que as pessoas estão pesquisando na internet. No final da página de resultados do Google elas aparecem geralmente. Mais uma vez, Google também pode ser o seu amigo!

Ubersuggest: Ferramenta fantástica e que já é muito conhecida no mercado. Você pode colocar uma palavra e vai dar muitas sugestões.

KeywordShitter: Poderosa ferramenta para analisar a concorrência e saber quais palavras chaves eles trabalham.

Planejador de Palavras chaves de Google: Logicamente não podia faltar nessa lista né? Aqui pode ter ideias de palavras chaves. De fato todas as ferramentas de keywords de mercado usam o Planejador como base.

Google Trends: Com essa ferramenta poderemos saber qual a tendência de uma palavra no longo do ano, assim saberemos em qual mês uma keyword tem mais pesquisas e assim planejar as nossas ações de SEO para ela.

Existem dezenas ou até centenas de ferramentas para Keyword Research, mas se você utiliza essas já terá muito material para trabalhar.

Agora vamos a ver de vez o SEO Onpage

Vou tentar ser o mais claro possível em cada ponto que considero importante na hora de otimizar internamente o seu site. Vamos lá que já tenho mais de 2 horas aqui e o Red Bull está acabando.

Eu sei que muita gente tem sisma com isso, mas você precisa colocar seu site no Webmaster Tools. Crie uma conta e verifique o site para que a ferramenta possa valorizar seu trabalho como webmaster.

Outro fator importante é o Sitemap. O Sitemap tem como objetivo melhorar a indexação de sua página avisando ao buscador que pode rastrear suas URLs. Quando atualizar alguma URL o buscador será avisado. O mais simples para ter um Sitemap é o Plugin de SEO by Yoast.

O arquivo Robots.txt: Esse arquivo serve para que possa dizer ao Google o que quer que indexe e o que não deseja que indexe. É através desse arquivo que você evita o conteúdo duplicado. As vezes eu não indexo a página de políticas de privacidade, de contato, etc.

Outras informações: https://blogmarketingonline.com.br/descobrir-backlinks-de-um-site/

Erros 404:  Um erro 404 é quando um usuário entra numa página que não existe em um site. Quando isso acontece o servidor devolve uma página de erro 404. No Webmaster tools vai ter esses erros. O que vai fazer se tem páginas com erros 404? Simples, um redirecionamento 301. Ou seja, quando o usuário cair numa URL com erro 404 será redirecionado para uma página que existe. Pode fazer isso com uma linha de código no htaccess ou com um plugin se for no WordPress. Outra opção é desenhar uma pagina de erro 404 personalizada, ai entra a sua criatividade.

Outras informações: https://blogmarketingonline.com.br/erro-404-pagina-nao-pode-ser-encontrada-aprenda-como-corrigir/

Meta Title e Meta Description: A Meta Title é talvez uma das partes mais importantes do SEO Onpage. Deve criar um título original e que chame a atenção e que tenha presente a palavra chave que quer posicionar. Não fique obcecado com que a palavra chave tem que estar no inicio. Com relação a meta description, o objetivo dessa meta é convencer ao usuário que seu site é o perfeito para ele navegar de acordo a busca que ele fez.

URLs Amigáveis: As URLs tem que ser amigáveis de todas formas e devem ter a palavra chave que deseja posicionar. Evite as preposições e tente que seja o mais curta possível.

Estrutura das Tags HTML: As tags H1, H2, H3, H4, H5… são muito importantes e é um dos grandes erros que cometem os blogueiros e webmasters. H1 é a tag mais importante, é a que vai dizer para o Google de que fala sua página. Ainda que H1 não seja tão importante quanto ao título, é importante que a tag H1 seja especificada em cada pagina. Já as tags H2, H3 e H4 também podem e devem ser utilizadas como subtítulos dentro dos artigos e incluir as keywords.

Densidade de Palavras chave: Com certeza já ouviu sobre isso né? Qual é o percentual de densidade de palavras chave por artigo? dizem que entre 1% e 2%. Mas, o que acontece se não consegue essa densidade? NADA, absolutamente nada. A densidade é boa para o SEO onpage mas não é determinante. O ideal é escrever com naturalidade. Não caia no Keyword Stuffing, agora Google é mais inteligente cuidado para não penalizar pelo conteúdo. Mais uma vez, seja natural.

Imagens: Tão simples como colocar a Keyword na tag Alt. Algo que muitos esquecem.

Negrito e Itálico: O 80% dos blogueiros não utilizam negritos nem itálico. Serve para indicar aos motores que o que estamos marcando tem uma importância especial no artigo, além de reforçar a estrutura do artigo. Use com moderação.

Quanto adicionar negrito e se é certo ou errado essa é uma decisão sua, pois acho que entrar em uma resposta definitiva nunca será uma resposta correta.

Eu escolho usar às vezes junto com itálico, H2 H3 e uma série de outras coisas.

É certo que o texto em negrito ajuda aos leitores a descobrir tudo facilmente. Também mantém a concentração da sua audiência.

Outro ponto que preciso concordar: o texto em negrito é irritante quando as pessoas usam constantemente e sem necessidade.

Excesso de qualquer coisa é muito ruim.

Alguns já dizem que não é necessário e o Google identifica mesmo sem essa marcação. Teste e monitore os resultados.

Velocidade de carregamento: Outro fator muito importante. Seu site tem que ser rápido, caso contrário os usuários podem se cansar e ir embora e a sua taxa de rejeição subira com a espuma num chop de cerveja. Ah, não use Flash, nunca, never in the life!!!

Estrutura de links internos: É muito importante, eles passam autoridade entre as páginas do seu site. Em cada pagina do seu site deve ter pelo menos um link interno para outra página ou para home.

Cuida da tag rel=canonical: Deve entender o uso dela. Aqui tem toda a informação.
Veja se existe conteúdo duplicado. Pode analisar seus conteúdos com copyscape. Se você detecta que alguém copiou seu conteúdo automaticamente (geralmente é feito pelo RSS).

Eu Claudio Gomes do Blog Marketing Online a poucos dias postei em alguns ,grupos do facebook esse pequeno guia também sobre SEO Onpage.

Rodar ahrefs – semrush – scream frog – seo quake

Plugin otimização de banco de dados

Configurar tabela de conteúdo (Easy Table of Contents) nos artigos

Plugin para verificação de novos links quebrados

Cloudflare + ssl (https)

Tema responsivo

Robots.txt

Ter um bom call to action

Schema na home – Schema nos artigos

Favicon adicionado

Alt tag nas imagens e compressão

Adicionar pequeno texto dentro da descrição das categorias (silo)

Testar formulário de contatos

Botar artigos relacionados rodapé

Fazer backlinks Home – Categorias – Artigos

Trabalhar perguntas no título (procurar no google sugestões de buscas para usar)

Agora é importante entender que o artigo seja exclusivo, que seja superior aos outros. É importante trabalhar um bom conteúdo de qualidade, e expressar com as suas palavras o que quer dizer. É bom ter referências mas você deve trabalhar o famoso “conteúdo de qualidade“, sem ele, você será mais um.

Wow! Quase 2000 palavras! Acho que esse artigo merece ser compartilhado, para isso, clique nos botões abaixo e apoie este humilde blogueiro hiperativo que passou mais de 5 horas escrevendo esse artigo!!!

Deixe uma resposta