Aprenda hoje como turbinar vendas pela internet com as minhas dicas

E ai tudo bem! Hoje vou falar um pouco sobre como como turbinar vendas pela internet e o que é um funil de vendas online. Depois de ler esse post tenho certeza que se colocar em prática você vai perceber que perdeu muito tempo usando métodos que hoje não funcionam mais para vender produtos e serviços online. Vamos as dicas de como turbinar vendas pela internet.

Mas antes, você já se perguntou o que é um funil? Pensando no meu passado eu lembro quando tinha em torno de 12 a 14 anos de idade, nessa fase eu tinha que lavar a louça de casa rs…

É isso mesmo na época eu e minha irmã lavava a louça, não sei se na sua família também era assim, por que hoje a criançada não faz isso, só estão interessados em internet, vídeo game e nada de obrigações rsrs…

Mas deixa isso pra lá esse papo fica para um próximo post. Voltando ao que estava falando eu tinha que lavar louça e lembro que quando sobrava bastante óleo das frituras eu tinha que colocar numa garrafa e posteriormente jogar fora.

Hoje em dia da até para fazer sabão rs. Mas o fato é que para eu colocar esse óleo na garrafa eu tinha que usar um funil. O funil é como se fosse um cone com uma abertura embaixo para para passar todo óleo sem deixar cair nenhuma gota. Vou repetir, o funil você coloca uma grande quantidade de óleo nele e embaixo tem um furo onde vai passando todo esse óleo.

Aprenda como turbinar vendas pela internet

Hoje você vai aprender como turbinar vendas pela internet e o que é um funil de vendas online.

O funil de vendas, ou funil do marketing, é um modelo estratégico de consumo que ilustra o percurso teórico que o cliente deve seguir até efetuar a compra de um produto ou serviço. Assim como no funil tradicional, o funil de vendas começa largo e vai diminuindo até chegar aos reais consumidores.

Em 1898, E. St. Elmo Lewis (Lewis fundou uma agência de publicidade em 1896 chamado Agência Os anunciantes que foi localizado no antigo edifício Penn Mutual na Filadélfia) desenvolveu um modelo que mapeia a trajetória do cliente desde do momento que uma marca ou produto atrai a atenção do consumidor até o ponto da ação ou compra. A ideia de Lewis é muitas vezes referenciada como modelo AIDA – uma sigla que significa Atenção, Interesse, Desejo e Ação.

Este processo é representado resumidamente desta forma:

Atenção – as pessoas sabem da existência do seu produto/serviço.
Interesse – o consumidor expressa ativamente interesse no seu produto/serviço.
Desejo – desperta no consumidor o desejo de comprar o seu produto/serviço.
Ação – ato da ação ou compra.

Há dois tipos de visão para um Funil de Vendas: A visão limitada e a visão de negócios.

A visão limitada é a mais comum que encontramos por aí, e eu não a chamo de limitada à toa. As características da visão limitada são superficiais, e não dizem nada por si só. Pode conferir:

Características da Visão Limitada:

– Vender no Piloto Automático (venda enquanto estiver dormindo).
– Vender Muito, muito mesmo.
– Otimizar o funil (fazer melhorias para ele continuar vendendo muito).

Só com essas 3 características você consegue entender como um funil de vendas funciona? Vou até mais longe você consegue acreditar na capacidade de um funil de vendas quando alguém te diz só isso?

Por esse motivo estou escrevendo esse post sobre funil de vendas Online e fazer você entender como realmente tudo funciona:

Um funil de vendas online é  campanha com múltiplos caminhos, com o objetivo de chamar atenção, criar o desejo e direcionar o seu público para uma ação específica. Resumidamente tem as seguintes fases:

Etapa #1 – Prospectar o cliente ou chamar atenção do cliente – Escolher o público alvo através de ferramentas para geração de leads;
Etapa #2 – Desejo do cliente – Construir a mensagem de uma forma que o receptor (potencial cliente) sinta vontade de aproveitar os benefícios do seu produto/serviço;
Etapa #3 – Quebrar as objeções – Tirar todas as dúvidas que impedem o cliente de tomar a decisão de compra;
Etapa #4 – Fechar o negócio -Agora que a pessoa tem o desejo, ela seguirá suas instruções para obter aquilo que quer, ou seja, o seu produto. A pessoa não sentirá desejo pelo seu produto se ela nem mesmo o conhece.

O mesmo acontece com a chamada para a ação. Se você tenta vender para alguém que ainda não tem o desejo, suas chances de sucesso são muito baixas. O funil de vendas tem a missão de criar diversos caminhos para garantir que você conseguirá cumprir essas 4 etapas necessárias para a conclusão de uma venda.

E, durante a trajetórias por esses mais diversos caminhos, você cria um relacionamento de longo prazo com o seu público. É aí que entra em ação a “mágica” do funil de vendas. Ele só consegue estabelecer um relacionamento com o seu público por conta desses 4 motivos:

– Um Funil: Não é um ato isolado
– Um Funil: Não é uma única tentativa
– Um Funil: Não vende para todos
–Um Funil: Não é uma versão final

Esse modelo tem se mostrado muito eficiente, pois gera uma aproximação grande entre o cliente e vendedor, possibilitando um relacionamento que possibilita a aplicação de uma processo de venda chamado upsell, onde o vendedor assim que realiza a venda, faz a oferta de um novo produto devido ter conhecimento do cliente devido ao relacionamento formado pelo funil de vendas.

Todos funil de vendas online deve ser monitorado constantemente, assim como no relacionamento de um casal, fazendo um paralelo, você deve cuidar da sua esposa e vice versa. Nenhum relacionamento é estático, você precisa dar manutenção. Mudar alguma coisa que não agrada o outro e por ai vai. Assim também acontece no funil de vendas online, você deve cuidar dos seus leads, conversar com eles.

A vantagem de seguir esse modelo é:

– Ter vários caminhos para conseguir a atenção, o desejo e a ação do público, aumentando até a chance de vender para quem te disse “não”.

– Estabelecer, através da jornada pelos caminhos do funil, um relacionamento de longo prazo que terá como resultado clientes recorrentes.

E como é que, na prática, você pode construir um Funil de Vendas Inteligente capaz de fazer tudo isso?

Aproveitando o Verdadeiro Potencial de um Funil de Vendas

Muitas empresas cometem o deslize de focar apenas nas pessoas que dizem “sim, quero comprar o seu produto”.

No entanto, elas não percebem que com uma estratégia diferente seria possível transformar muitos um “não” em um “sim”. Um Funil de Vendas Inteligente, com visão de negócios, é capaz de executar essa transformação.

Para fazer isso você precisa entender por que as pessoas dizem não.

Por Que As Pessoas Dizem “Não”?

As pessoas dizem não por causa do MEDO. Ele é o fator que mais influencia as suas vendas, e talvez você nem tenha percebido isso ainda.

Quando uma pessoa diz que não sabe se é um bom investimento ou se aquilo vai gerar o resultado que ela precisa, não é outra coisa senão o medo.

Isso acontece porque o medo de perder é muito maior do que a vontade de ganhar, isto é, sempre que a possibilidade de risco for maior ou igual a de ganho, é comum que as pessoas foquem mais nela no que na chance de dar certo.

É muito mais fácil entrar para um time que está ganhando por 4 X 0 nos minutos finais do jogo do que em um time que está empatado de 2 X 2 no início do segundo tempo.

O motivo é um só: confiança, ou seja, a sensação de segurança que é gerada quando acreditamos que “está tudo sob controle”.

No exemplo do jogo de 4 x 0 o placar e o tempo restante para o final da partida são os responsáveis por gerar a sensação de segurança, e você pode fazer o mesmo em seu negócio, através de um funil de vendas.

É isso que vou te mostrar agora…

Gerando Confiança no Funil de Vendas

Existem dois tipos de medo, e você precisa neutralizá-los.

– Medo do problema

Ao montar um avatar (também conhecido como persona), ou seja, um perfil do público-alvo, você identifica quais são os problemas do seu público e como ele se sente em relação a isso.

Uma pessoa que quer emagrecer, por exemplo, pode estar preocupada com problemas de saúde, com a aparência…

Se você está lendo este texto e é um empresário, é provável que você esteja sentido dificuldade para gerar vendas na internet. O seu problema, assim como no caso de quem quer emagrecer, é o seu medo.

– Medo da solução (Risco)

O segundo tipo de medo é o do risco. Você não sabe se aquela dieta ou aquele exercício é a solução ideal para você, ou pior, se ela realmente funciona.

O empresário pode pensar a mesma coisa sobre o Funil de Vendas Inteligente…

Então temos aqui os dois medos: o problema, que gera uma preocupação, e a solução, que não sabemos se vai funcionar de fato, ou se é a mais indicada para você neste momento. O mesmo acontece com os seus clientes.

Eles sentem medo de fazer um investimento errado, e isso os paralisa.

A partir daí, conseguimos ver claramente qual é o objetivo de um Funil de Vendas Inteligente.

Não é vender no automático
Não é vender mais e mais

É diminuir os riscos, ou seja, diminuir o medo e aumentar a confiança do seu público em relação ao seu negócio.

Você precisa mostrar para a mente do seu consumidor que:

1- Você é a melhor solução
2- Você realmente entende do problema específico que o seu público tem
3- Você não só é a melhor solução, como é a solução com o menor risco

A partir do momento que você consegue diminuir as possibilidades de risco de uma transação, o público se sentirá mais confiante para agir. É nessa hora que você pode fazer a chamada para a ação.

Agora, vamos atualizar as nossas definições sobre o que é um Funil de Vendas:

O objetivo do Funil de Vendas Inteligente é mostrar que a sua empresa, produto ou serviço é a melhor solução para superar um problema específico com o menor risco possível.

E ele faz isso através de uma campanha com múltiplos caminhos, com o objetivo de chamar atenção, criar o desejo e direcionar o seu público para uma ação específica.

Isso sim que é enxergar um Funil de Vendas com visão de negócio.

Como usar a internet para aumentar as vendas e o que é um funil de vendas online

Agora você entendeu o que é funil de vendas online. Pensa comigo… Você aprendeu um método que é capaz de transformar seu negócio online.

Esse método, muitas empresas estão usando e estão obtendo resultados incríveis. Isso não é uma história contada são fatos que comprovam que esse método funciona, o funil de vendas na verdade já responde a pergunta como você deve usar a internet para aumentar as vendas…. rs.

Não tem segredo. Estude esse método e aplique no seu negócio online.

Ham já ia esquecendo, se você tem um negócio e você tem clientes, então você tem algum tipo de funil (mesmo se você chama de outra coisa).

Você pode chamá-lo de um “funil de marketing”, “funil de conversão”, “pipeline marketing”, “funil de vendas”, “pipeline de vendas”, “processo de vendas”, “ciclo de vendas” … ou qualquer um outro termo você esta descrevendo exatamente a mesma coisa.

Resumindo, se você tem uma empresa então você tem processos por exemplo.

  • Adquirir novos prospectos (futuro cliente)…
  • Converter esses prospectos em leads (compradores)…
  • Transformar os leads em compradores e depois  disso incentivar eles a comprar mais vezes…

Agora,  pode não ser um processo otimizado (ainda), mas cada empresa tem alguma maneira de fazer todas as coisas listadas acima! Então, eu vou dizer outra vez … cada empresa tem um “funil”.

Como aumentar as vendas usando as Redes Sociais?

Garanto a você se colocar tudo isso em prática o resultado não vai ser outro se não o aumento nas suas vendas e aumento de tráfego no seu site.

Bem vamos lá: Você já ouviu falar em marketing de conteúdo? Isso mesmo, hoje as empresas estão parando de fazer publicidade do jeito tradicional porque o resultado não tem sido satisfatório, as pessoas estão cansadas de ver anúncios na internet. Vou provar para você que o que estou falando tem fundamento.

Lembra daquele momento que você está se distraindo vendo fotos no Facebook de sua família, seus amigos, ou assistindo um vídeo motivacional, lembrou? E se de repente surge um anúncio do nada? Como você sente?

Pelo menos eu me sinto invadido na hora fecho o anúncio sem pensar 2x. Com você acontece o mesmo? Por esse motivo as empresas cada vez mais estão parando de fazer esse tipo de anúncio.

Entendi mas o que isso tem a ver com o marketing de conteúdo e vendas usando as Redes Sociais?

Calma vamos chegar lá rs. Agora e se no momento em que você está vendo fotos dos seus familiares, vídeos de repente aparece um conteúdo assim: “Como ajudar o seu filho a dar os primeiro passos com 8 meses de idade?”

Para você que quer ser mãe ou tem um filho recém nascido.

Você clicaria nesse conteúdo? Sim ou não?

Aposto que sim.

Por que?

Porque o conteúdo que está sendo apresentado a você é relevante vai fazer você tomar uma ação de clicar. Nós seres humanos somos curiosos. Esse conteúdo chamaria sua atenção e gera uma ação de você.

Quando você clica na informação você cairia num blog sobre esse conteúdo.

Mas pensa comigo, que tipo de pessoas clicariam nesse post?

Eu penso que seriam as futuras mamães, mães com filhos recém nascido, as titias coruja ou seja o público que acessaria essa informação seria um público específico na sua maioria. Essa é a grande “SACADA”, atrair as pessoas pelo conteúdo relevante.

Essa técnica de chamar atenção das pessoas pelo conteúdo rumores dizem que nasceu nos EUA como conta o pessoal do Digital Marketer. Você já se perguntou porque é que o Google faz tanto sucesso no Mundo todo? A resposta é simples, conteúdo. O Google só é o que é porque os internautas consegue achar o que buscam com muita facilidade.

Então como aumentar as vendas usando as Redes Sociais?

Atraia seus possíveis compradores através de conteúdo relevante, não ofereça de cara seu produto. Mais de  70% das pessoas que visitam seu site pela primeira vez não compram na hora.

E onde entra as redes sociais? As redes sociais como o Facebook, Twitter, Google+, Instagram entre outras vão servir para você anunciar o seu conteúdo relevante ou seja trazer tráfego para o seu site. Por exemplo, eu tenho uma loja de planejados e preciso vender para aquelas pessoas que querem reformar seu apartamento.

Pessoas que reformam apartamento normalmente pesquisam muito preços, pesquisam cores e tendências de decoração certo?

E eu como já entendi o que é o marketing de conteúdo vou escrever um post no meu site ensinando a esses pessoas como escolher a cor certa para cada tipo de ambiente no seu apartamento. Depois de escrever o post eu posso divulgar nas redes sócias, para quem usa o Facebook pode impulsionar o seu post para alcançar o maior número de pessoas.

Só que quando essas pessoas acessassem o conteúdo dentro do blog no final do post eu poderia escrever Caso você tenha gostado do conteúdo se cadastre na nossa lista para receber conteúdo que pode te ajudar, e o melhor de graça. Essa é a ideia atrair pessoas pelo seu conteúdo e não pelo seu produto.

O seu conteúdo vai fazer com que a pessoa/lead conheça a sua loja. Pessoas não gostam de ser obrigadas a comprar. Ofereça conteúdo de valor para elas que quando elas precisarem comprar vão se lembrar da sua empresa.

Isso é marketing de conteúdo. Atrai seu cliente pelo seu conteúdo e depois faz uma venda. Isso dá mais certo do você sair por aí anunciando nas Redes Sociais os seu produtos.

O que você pode fazer agora depois de saber disso?

Você que vende sapatos crie conteúdo por exemplo, quais os melhores sapatos para ir as festas de casamento, balada e no final do conteúdo do blog sugira alguns sapatos que a sua loja tem que poderia ser usados na noite. Essa dica serve para qualquer mercado de vendas online.

Espero que esse conteúdo ajude de alguma forma e coloque em prática as dicas de como turbinar vendas pela internet.

Aprenda hoje como turbinar vendas pela internet com as minhas dicas
5 (100%) 34 votes
-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.<--

Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

15 Comentários

  1. Everton dezembro 6, 2017
    • Claudio Gomes dezembro 6, 2017
  2. Carlito março 3, 2018
    • Claudio Gomes março 3, 2018
  3. André Melo março 3, 2018
    • Claudio Gomes março 3, 2018
  4. Paulo Partezani março 3, 2018
  5. Ellen março 3, 2018
  6. Evertom Henrique março 3, 2018
  7. Raphael Miranda março 3, 2018
    • Claudio Gomes março 3, 2018
  8. Maria Campos março 3, 2018

Deixe uma resposta