-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.

Coloque abaixo o seu melhor email e fique atualizado:

Delivered by FeedBurner


Como contratar um redator freelancer para blogs – Guia Completo

Á medida que nosso negócio cresce, vamos tendo mais e mais questões a resolver. Tratar de uma centena de artigos se torna uma tarefa difícil com o passar do tempo. A melhor solução é contratar um redator freelancer para blogs para escrever alguns artigos para você.

Vai te liberar tempo, vai fazer seu trabalho render e vai gerar conteúdo de qualidade.

E a boa notícia é que é mais fácil do que parece. Os redatores estão disponíveis a um valor acessível, apenas esperando para serem contratados. Vamos a um guia para facilitar seus planos para contratar um redator freelancer para blogs.

Quanto paga por um redator freelancer para blogs

Como esse é geralmente o principal gerador de dúvidas, vamos começar pelo valor de um artigo. Na verdade, você pode contratar no preço que puder. Sejam Cinco Reais, Dez Reais ou Vinte Reais. Você pode pensar que a isso vai afetar qualidade e o tamanho do texto. Mas dois outros fatores são mais importantes para formatar o valor do texto, que são quantidade de palavras e pesquisa.

Quanto mais tempo de pesquisa, mais caro fica o artigo. Se o assunto tiver que contar com fontes muito específicas, vai exigir total concentração do redator. Assuntos ligados á ciência e política, por exemplo, geram controvérsias o tempo todo. Tentar economizar demais pode refletir em perda de qualidade no seu artigo.

Quanto mais palavras, mais tempo para escrever o artigo. Um artigo de 1.500 palavras, bem feito e estruturado, pode levar pelo menos três horas para ser pesquisado, escrito, revisado e finalizado. Não são todos os redatores que conseguem escrever longos artigos em pouco tempo. E o tempo é a principal moeda do empreendedor digital. Exigir prazos muito curtos pode prejudicar a qualidade.

COMO SABER SOBRE A QUALIDADE DO REDATOR

No processo de seleção de um redator freelancer para blogs, pergunte se ele sabe bem do assunto que você está pedindo. Alguns redatores vão te recusar por causa disso, pois escrevem só sobre determinados assuntos.

Um exemplo: Se um redator tem foco em esportes e em música, pode recusar um artigo sobre política. E ele está certo, pois assim preserva os dois lados. Mas sempre pode pedir por indicações.

Quando um redator se dispõe a escrever, basta pedir o portfólio com alguns artigos que ele já escreveu. É prática comum a chamada “refação”, que nada mais é que voltar o artigo para o redator e pedir mudanças.

Geralmente já está garantida uma refação inclusa, e as demais cobradas a parte. Se você acha que vai precisar de mais de uma refação, diga isso no momento da contratação, para ficar tudo certo desde o início.

Também vale ler o blog pessoal ou outros em que ele colabora. Pode se surpreender com o que acha. Certa vez eu estava em um blog de uma menina que se denominava redatora. Estava lendo um tutorial, com muitos erros de português.

De uma parte em diante as frases estavam todas corretas. Eu estava pesquisando sobre uma empresa, e abri o site da própria empresa e encontrei o que queria, mas percebi que aquele era o texto que tinha acabado de ler no outro blog.

Simplesmente ela copiou o texto, pôs algumas palavras a mais e não revisou o próprio texto. (P.S. Realmente eu não me lembro quem era)

redator-freelancer-para-blogs
Contratar redator freelancer

COMO MELHORAR OS ARTIGOS QUE CONTRATO

Você é responsável por 50% do trabalho do seu redator. Cada redator tem um número de clientes que atende por dia, e um número limitado de artigos para criar. Por isso os clientes que sempre dão informações confusas são afetados.

Mas você pode melhorar a qualidade e o relacionamento com seu redator com um bom Briefing.

Para isso, você tem que ter em mente o seguinte:

  • Tipo do artigo
  • Pauta
  • Número de palavras
  • Palavra-chave de destaque
  • Tempo

TIPO DO ARTIGO

  • Noticioso: Esse tipo tem cunho informativo, servindo para informar de algum fato. As fontes geralmente são a imprensa especializada ou assessorias de imprensa. Se já tem um redator com acesso a essas informações, a criação deste artigo fica muito mais rápida. As assessorias filtram seus contatos, visando pela qualidade, e novatos as vezes não são tão bem recebidos;
  • Landing Page: Artigo super otimizado para vender algum produto próprio ou de afiliado. Explica tudo do produto faz, das dores e das soluções oferecidas, com todos os detalhes. Nesse tipo, basta apenas por o link de compra no final do artigo e pronto.
  • Tutorial: Um passo-a-passo, listas diversas ou mapas mentais. Acredito que seja o pedido mais comum, pois precisa de uma pesquisa bem feita, e redatores preparados para isso são sempre os melhores na criação desses conteúdos.
  • Série: Nada mais que um artigo muito grande, dividido em vários menores. Um artigo que fala sobre as seleções da Copa é muito grande. Pode ser dividido em 6 partes, por exemplo, sendo cada um para um continente;
  • Link Bait: Esse artigo tem a função de criar uma grande polêmica em cima de qualquer assunto. Sua função é criar ira nas pessoas e fazer com que elas compartilhem nas redes sociais e criem links apontando para esse artigo. Exemplos são artigos falando mal de políticos, artigos que expõem algum tipo de escândalo de famosos, fotos que ninguém mais tem. Como esse é um tipo muito específico de artigo, precisa contar com uma série de fatores, o valor pode ser bem mais alto;

PAUTA

Definido o tipo de artigo que você quer, hora de definir sobre o que você quer escrito. Aqui é que o trabalho emperra ás vezes. Você deve detalhar bem o que quer escrito, definindo os limites do assunto. É assim que um redator define o foco do artigo.

Para criar uma boa pauta, pense no que você procuraria para falar do assunto, em tudo aquilo que você iria procurar. Escreva isso e envie para seu redator.

Mais detalhes vão impedir que seu redator acabe viajando na ideia, buscando informações desnecessárias, ou enchendo o artigo com informações pouco importantes para o seu leitor. Saiba que ele vai usar isso como a principal referência, mas nem sempre como a regra.

Algumas coisas podem ficar de fora, pois podem não fazer sentido dentro daquele artigo. Outras podem ser acrescentadas. Não se esqueça de tratar desse ponto, sobre inclusão de assuntos. Qualquer coisa peça para refazer.

Escritor freelancer online

NUMERO DE PALAVRAS

Dentro de um determinado formato, você pode pedir por mais palavras ou por menos. Lembre-se do que eu disse sobre o valor do artigo. Os formatos que mais tem palavras tendem a ser mais bem escritos, pois tem mais espaço para tratar do assunto. Os tutoriais são o melhor exemplo.

Quanto maiores e mais detalhados eles são, melhor são vistos e mais compartilhados também. O mesmo vale para seu artigo.

PALAVRA-CHAVE DE DESTAQUE

Se seu artigo está sendo otimizado para campanhas de Adsense, por exemplo, usar uma determinada palavra chave é fundamental. E ás vezes até em um artigo de afiliado você quer que a pessoa fique ciente de um determinado termo. Ou então o contrário. Se quiser evitar algum termo, avise também. Não é um ponto central para seus artigos, mas sempre vale lembrar.

TEMPO

Deixe claro em quanto tempo você quer o artigo pronto. Quanto mais rápido, mais caro. Geralmente um prazo de sete dias é suficiente. Lembre-se que pode receber um pouco antes do prazo. E já fique com o prazo da refação em mente junto do prazo de entrega.

Se está planejando alguma coisa para exatamente sete dias, diminua o tempo de entrega para três dias e de refação para três também. Se quiser o prazo de sete dias de criação, adicione mais sete para refação. Isso vai criar um condicionamento para publicação do conteúdo dos redatores.

A medida do tempo você vai se acostumando com seus redatores, eles se acostumam com você. Vai criando e mantendo uma lista fixa em que você confia e que eles confiam em você. Vai criando ritmo com eles, e pode tentar negociar algumas coisas com eles.

MONTANDO UMA EQUIPE DE REDATORES

Depois de alguns meses de trabalho, você pode, por exemplo, criar um contrato com seu redator ou redatores. Por exemplo, combinar um determinado número de artigos por um preço fixo no fim do mês. Uma das vantagens é que passará a, saber quanto investir por mês exatamente.

Outra vantagem é negociar uma flexibilização dos valores ou dos termos do contrato. Por exemplo, se você contrata 7 artigos a 20 reais cada, pode negociar 10 artigos a 15 cada, com pagamentos e prazos fixos. Ou então um aumento do número de refações, por segurança. Cessão de acesso ao seu blog. Isso pode ou não ser aceito pelos redatores e cabe negociação.

Ganhar Dinheiro Como Freelancer Na Internet

Olha, não é uma atividade que sirva para todos, indiscriminadamente, ela tem suas restrições. Mas cada vez mais tem gente se qualificando e buscando este caminho. Está se tornando uma opção há se considerar. Além do mais as empresas, também e em geral, estão buscando cada vez mais profissionais com estas características. Elas, as empresa, estão cada vez mais priorizando terceirizar seus serviços. Hoje há mais oportunidades para quem tem qualificação para trabalhar como freelancer.

Habilidades – Aprenda Como Contratar Redator Freelancer

Se você está procurando maneiras de aumentar sua renda, e não quer deixar o conforto de sua casa, talvez você possa tentar um trabalho de freelancer.

Mas é bom já ir pensando que você tem que “distinguir-se” entre milhões de pessoas que se inscrevem todos os dias. Primeiro bole uma ótima descrição dos serviços que você sabe e prove suas habilidades através dos sites de oportunidades para freelances que estão espalhados pela internet. Depois…

Aqui Vai As Melhores Dicas Para Escritor Freelancer Online:

1. Não faça isso

Você está trabalhando atualmente, está feliz? Então não se arrisque. Não saia do seu emprego num rompante. Pense bem. Já parou para pensar se você tem algumas habilidades que sejam realmente comercializáveis?

Muitas vezes é preferível insistir no mercado formal de trabalho, mesmo que esteja demorando um pouco mais, do que se aventurar neste mercado, sem ter qualificações para oferecer.

2. Existe um mercado para o que você sabe fazer? Trabalhar como redator online

Você é um dos muitos tentando fazer, ou um dos poucos que realmente sabe fazer, e faz bem? Eis a questão.

Atualmente estão todos pensando em criar um “negócio”, criar um emprego, em vez de ter um emprego. Ser um freelancer não é nada disto. Seu compromisso é em primeiro lugar com você mesmo. Profissionalismo, acima de tudo.

3. Seriedade. Você é uma pequena empresa

Para entrar neste mercado, você tem que ter, no mínimo, noções básicas de marketing, publicidade e todas as outras noções um pouco mais que avançadas de navegação pela internet.

Outras Dicas Importantes Para Redatores Freelancers:

– Agora você é o RH e o Financeiro. Cuidado com a folha de pagamento no final do mês;

– Se estiver num dia ruim não se aborreça. Aprenda a aceitar que todos nós temos momentos como este, e o amanhã é outro dia;

– Visite alguns sites de freelances, existem vários, brasileiros e internacionais. Descubra quais os tipos de serviços que estão em alta no mercado.

Ofertas Recorrentes

Normalmente o que mais se acha e o que mais se busca no mercado são:

– Área de programação de computadores.

– Ghost Writers, redação de artigos, textos, teses, trabalhos de edição jornalística e Marketing.

– Consultorias Especializadas relativas à WEB.

– Web Designers.

– Designers gráficos.

Veja em que área você é realmente competente e vendável.

Os sites voltados a apresentar os projetos permitem que as empresas que precisam de ajuda descrevam seus projetos.

Em seguida, os freelancers e pequenas empresas da web, oferecem lances, propostas ou ideias e a partir daí os compradores fazem suas escolhas.

Sua renda vai começar devagar, mas vai melhorar com trabalho e determinação. Lembre-se ganhar dinheiro na internet não é fácil e nada vai acontecer se você não agir. Não há dinheiro grátis na internet, tudo na internet sempre envolve muito trabalho, principalmente, criativo.

Quem sabe você tenha habilidade com as palavras e está desperdiçando esse dom.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Lembre-se que você está lidando com um ser humano, que acorda com dor de cabeça ás vezes, que pode atrasar um prazo, e que você não é o patrão dessa pessoa. Por isso, paciência, profissionalismo e respeito são as regras básicas e agora que aprendeu procure o seu redator freelancer para blogs.

27 comentários em “Como contratar um redator freelancer para blogs – Guia Completo”

  1. Acredito que essa seria a maior dificuldade para a maioria do blogueiros que estão iniciando e precisa de conteúdo, muitos barram nesta dificuldades, e um freelancer seria uma saída interessante.

  2. Otimo artigo, tmb ja fui freelancer e gostaria de compartilhar um pouco de como eu me organizava na época!

    Ser seu próprio chefe tem lá seus desafios, mas é só organizar o dinheiro e a rotina que tudo fica mais fácil. O objetivo de ter mais liberdade só se concretizará se você se planejar para que a instabilidade financeira, típica da carreira de freelancer, não impacte sua vida de forma negativa.

    >>Prepare a mudança de vida

    Faça a transição da vida de assalariado para a de freelancer da forma menos radical possível, pois você não sabe exatamente qual será sua renda.

    >>Calcule sua renda de um novo jeito

    A vida de freelancer pode ser uma gangorra. Em alguns meses você pode acumular vários projetos e ganhar muito, mas em outros pode correr o risco de ter menos trabalhos do que gostaria. Por isso, é mais seguro estipular uma meta de quanto você precisa ganhar por ano, e não por mês

    >>Saiba quanto custa sua hora de trabalho

    Precificar seu tempo é indispensável. Para saber quanto custa sua hora de trabalho, olhe para os concorrentes e para o seu público. “Sinta quanto seu cliente está disposto a pagar”. Se o tempo estiver escasso ou o prazo de entrega for muito apertado, aumente o preço.

    >>Pague um salário para si mesmo

    Para trabalhar por conta própria, você terá gastos que não tinha antes, como a conta de telefone, custos de deslocamento e impostos que antes eram descontados do salário. Some todas essas despesas e as exclua do seu faturamento líquido.

    >>Prepare um ambiente de trabalho

    Você não quer que o telefone ou a campainha da sua casa atrapalhem o fluxo de trabalho, mas ao mesmo tempo quer poder sair para buscar os filhos na escola ou ir à academia no meio da tarde? Para equilibrar produtividade com flexibilidade, estabeleça metas diárias. Por exemplo, cumprir 50% das tarefas até o horário do almoço para poder sair e tomar um café.

  3. Já contratei muitos freelancers alguns bons e outros ruins e não tem como saber tudo antes de contratar.

    1. Barbara infelizmente é desse jeito mesmo precisa contratar e confiar para depois ver como vai ser o resultado.

  4. Encontrar um bom redator é o mais complicado nesse sentido. Mas ainda assim quando encontra alguém com quem contar é muito bom. Afinal é um crescimento mútuo na parceria! Muito bom o texto, de verdade!

  5. Primeiramente parabéns pelo seu blog.Ótimo o seu conteúdo.
    E a dica do seu artigo é muito boa, hoje em dia as pessoas que precisam de qualquer ajuda recorrem a internet e pode ser uma oportunidade de oferecer um serviço e ganhar dinheiro.

    Abraço.

  6. Excelente dica. Eu utilizo outros sites do mesmo modo, como Workana, ProLancer e alguns outros da área que trabalho, redação e social media.

    Vou testar o Freelancer agora mesmo. Ainda não o conhecia.

    Trabalhar como Freelancer é muito interessante. Assim como você, sou novo, tenho 21 anos, e estou começando a trabalhar em casa, agora.

  7. Vou conhecer o Freelancer e criar conta lá.

    Trabalhar hoje em dia pela internet é uma oportunidade incrível para todas as pessoas criativas, e que têm paciência de esperar pelos resultados.

    Afinal, nada sai de um dia para outro. Só se a pessoa tiver excesso de sorte.

    Diferente de um emprego formal, trabalhar na internet exige habilidade e facilidade para escrever artigos.

  8. Olá, parceiro arrebentou nas dicas! Quero conhecer melhor o freelancer vou fazer meu cadastro hoje mesmo achei bastante interessante. Sucesso sempre!
    Forte abraço.

  9. Excelente artigo!! Parabéns mesmo..
    Trabalho como redatora freelancer há 6 anos e como todo iniciante comecei fazendo errado: a fim de conseguir novos jobs aceitei trabalhar por preços irrisórios, que apenas desvaloriza o trabalho de um bom redator. Digo isso porque mais perdi do que ganhei naquela época. Gastava tempo de pesquisa, internet, energia elétrica, criatividade,etc e por fim ganhava apenas 5 ou 10 reais por artigo. Claro, ganhei experiência…o que é ótimo, porém estava desmotivada e por ganhar pouco mesmo entregando um trabalho bem feito, afinal eu não era do tipo de redator que “enche linguiça ” com as palavras apenas para atingir a meta de palavras solicitadas ou apenas fazia trocadilhos com as palvras de um outro site para evitar o plágio explícito. Não, eu não fazia isso…eu pesquisava mesmo, queria um texto inédito, criativo, livre de plágio e sempre atenta a boa grafia, gramática e entrega dentro do prazo. Logo, agindo de maneira tao profissional, porque não me valorizar e cobrar aquilo que seria justo para um trabalho bem feito?
    Foi ai que pesquisando muito entrando em contato com alguns redatores profissionais que já estavam na carreira também há algum tempo, resolvi basear os valores que cobro de acordo com aquilo que pretendia como média salarial, mercado de trabalho e individualidade de cada artigo. Digo isso porque cada artigo é único. Se um cliente me pede um artigo de 500 palavras sobre comportamento feminino (que é um tema que domino) e me pede para entregar em três dias, não posso cobrar o mesmo valor por um artigo também de 500 palavras, mas sobre genética (artigo que tenho pouco domínio) para entregar em apenas um dia. Para se cobrar corretamente o redator tem que ter em mente sim um valor justo da sua hora de trabalho, mas também analisar esses por menores de habilidade com o tema, numero de palavras, prazo para entrega.
    Atualmente estou pegando novos freelas para artigos porque resolvi tornar meu trabalho como redatora como fonte principal da minha renda, já que preciso ficar mais tempo trabalhando no meu home office (agora sou mãe de 3 childrens) e vi que dá sim para ganhar dinheiro como redatora, mas como disse ao artigo acima, não haja de forma precipitada, largando hoje o seu emprego atual…estou fazendo isso porque já trabalho há 6 anos na área e já tenho clientes fixos que garantem meu salario no final do mês.
    Espero ter ajudado de alguma forma os interessados em serem redatores freelancer. E quem desejar contratar meus serviços, entre em contato pelo email: [email protected] ou 17996495986
    Abraços e sorte para nós escritores
    Flávia

  10. Trabalhar em casa como freelancer é uma ótima maneira de ganhar dinheiro pela internet sem sair de casa, muito bom! Parabéns pelo vídeo Silvane, amei. O lugar também é muito bonito rsr.. Sucesso pra você!

  11. Trabalhar como redator freelancer é uma ótima oportunidade de negocio. Esse trabalho pode levar como renda extra nas horas vagas ou levar esse negocio a outro nível e trabalhar profissionalmente.

    Gostei muito da ideia. Obrigado pelas as dicas Claudio,

  12. Umas das oportunidades que surgiu nos últimos tempos, foi a procura por redatores freelancers, para produção de conteúdo de qualidade. Quem tem interesse em ingressar neste mercado, vai ganhar muito dinheiro, já que praticamente todo blogueiro profissional precisa de textos para seu blog.

    Ótimas dicas, Claudio. Abraço e sucesso!

  13. Oi Claudinho!

    Excelente a sua recomendação, inclusive eu trabalho como redatora freelancer também!

    É uma área muito promissora, está crescendo bastante. Muitas pessoas estão investindo nesse tipo de conteúdo, pelo fato, de sempre precisarem atualizar os seus Blogs.

    Quando se contrata um redator para escrever os artigos de seu Blog, você ganha mais tempo para colocar em prática outras estratégias para o seu negócio.

    Mais uma vez você compartilhando para gente uma excelente conteúdo!

    Sucesso para você e todos nós nessa trajetória digital! 🙂

  14. eu atualmente não trabalho mais como redator freelancer, mas ja trabalhei e era muito bom a demanda de serviços era muito grande e eu não dava conta por isso que parei,.. realmente é uma ótima profissão

  15. Olá, realmente essa é uma ótima dica. Falo com propriedade pois sou redator e tenho boa renda através disso também. Fiz alguns cursos do Victor e alguns outros e realmente aprendi bastante coisa. Como disse, tenho ótima renda hoje graças ao meu trabalho como redator freelancer.
    Bela sacada. Sucesso!

Deixe uma resposta