-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.

Coloque abaixo o seu melhor email e fique atualizado:

Delivered by FeedBurner


Entrevista com o famoso blogueiro Darkent – O cara é fera

Confira agora como foi a entrevista concedida pelo blogueiro Darkent – Alejandro com algumas dicas valiosas. Se você deseja conhecer um pouco mais sobre o mundo black hat leia até o final.

Hoje estou fazendo algo bem diferente que é uma entrevista com um blogueiro super fera na sua área Black Hat e já fiz negócios com ele.

darkent

Esse grande blogueiro não é brasileiro, porém mora no Brasil eita coisa doida. Eu conheci na internet e fiquei surpreso com o seu conhecimento.

Aproveite todas as dicas.

Conteúdo

Vamos a entrevista com o famoso darkent

1 – Por favor, poderia informa o seu nome ou nick na internet?

Darkent – Alejandro

Como despertou ou conheceu o mundo black hat?

Depois de passar um ano sem resultados na internet, resolvi aproveitar meu conhecimento em outros idiomas (Espanhol, Inglês e sobre todo Alemão) foi ai que descobri que o SEO não era aquela coisa que ensinavam em Português e existiam muitas informações que ninguém compartilhava aqui.

2 – Quando você começou o seu fórum ou projeto online, e por que você criou?

O blog darkent foi criado em Abril 2015 e o fórum em Agosto 2015.

Criei esses projetos porque o mercado Brasileiro não tinha acesso a informações de qualidade sobre SEO e Black Hat e percebi que eu podia trazer conteúdo e conhecimento nessa área para o mercado português.

3 – Lembra qual foi o seu primeiro projeto online? O que tirou de proveito?

Sim claro, foi um blog de empreendedorismo digital (como a maioria, comecei assim). Aprendi que não precisava me matar produzindo conteúdo para ganhar dinheiro na internet.

4 – Poderia informa os seus primeiros erros como blogueiro? E como acertou?

Estudar, estudar e estudar, não tinha tempo para aplicar. Consertei isso colocando em prática o que estudava.

5 – Poderia citar algum case que não deu certo e achou que poderia ganhar dinheiro?

Hamsterchines.tk

Esse foi um domínio que tinha 1 200 000 pesquisas mensais (um milhão duzentas mil) e posicionei no top um, mas não me gerou nenhuma venda do produto que estava promovendo. Os alunos do darkentopolis sabem a estratégia que usei para posicionar esse site.

Terminei perdendo ele porque era um domínio gratuito. Mas serviu para quebrar o mito de que um TK não posiciona.

Eu sempre fiz questão de mostrar resultados de posicionamento e financeiros porque existem muitos SEO que vivem só de palavras bonitas e técnicas, mas na real não posicionam nem a cadeira abaixo da mesa de jantar J

6 – Qual a ideia do seu blog/fórum?

Compartilhar o conhecimento que tenho e minhas experiências no SEO e Black Hat.

7 – De onde ou como tira ideias para os artigos do seu blog?

Eu leio muito sobre a temática em outros idiomas, inglês, espanhol e alemão. Acompanho o grupo de Facebook onde as pessoas tem muitas perguntas, junto as duas coisas e crio os artigos.

8 – Qual o motivo para escolher esse nicho.

Me sinto a vontade. Só isso. Sou eu mesmo e posso compartilhar o que faço no meu dia a dia.

9 – Alguma coisa surpreendeu quando começou com um fórum ou blog de nicho?

Na verdade por ser um tema tabu no Brasil, o recebimento que teve o blog e o fórum me deixou surpreendido sim.

10 – Quais são alguns dos temas quentes que aparecem sempre ser discutidos no seu blog ou fórum?

Ganhar dinheiro e posicionamento.

11 – O que é black hat? Para que serve?

Na maioria dos casos o Black Hat tem a ver com automatização de tarefas por médio de bots, programas, scrapers ou qualquer tipo de script para automatizar os afazeres dos webmasters. Estamos falando de tarefas que vão desde a criação de links até a capacidade de encontrar um lugar que seja eficiente para deixar links.

Black hat tem a ver muito com automatização e não com ilegalidade. Por isso acho algo muito idiota que alguém se ache o fodão porque faz black hat ou fico irritado quando alguém fala que black hat é de pessoas sem caráter. Infelizmente essa opinião é formada porque existem falsos blackhateiros que falam de roubos, de ser fodas, de ser espertos porque aproveitam tal coisa, etc.

12 – Quais são os programas necessários para quem esta começando com black hat? Média de gasto para manter os programas?

Quando eu comecei não tinha programas e me virava manualmente, o conhecimento que tinha me ajudou muito.

Hoje eu diria que meu arsenal de SEO Black hat tem as seguintes ferramentas:

Ahrefs, Majestic, Moz, Semrush, Screaming Frog (para analise).

GSA Ser e todo o necessário para tê-lo rodando, Scrapebox, e alguns bots.

Para manter o GSA eu gasto em torno de R$ 1000 mensal mais ou menos.

13 – Para que serve uma pbn? Isso é ilegal (google)? Quais são os cuidados necessários?

PBN é uma rede de blogs feita com domínios expirados e é uma estratégia de link building que se bem utilizada pode dar um excelente retorno.

Não tem nada a ver com a ilegalidade. Os cuidados necessários podem ser lidos nesse artigo: http://www.darkent.com/o-que-e-pbn-e-porque-deve-construir-uma/

14 – Web 2.0 ainda tem utilidade? Usar em que momento?

Cada vez tem menos valor, essa é a minha opinião. Acontece que o pessoal se limita as webs conhecidas e não pensam além. Ainda existem excelentes webs 2.0, mas tem que pensar além dos blogspot, Tumblr ou wordpress.

Eu usei muita web 2.0 quando iniciei.

15 – Para que ser tiers? Em que momento usar?

Tiers são camadas de links, aonde cada camada vai dando força a seguinte até chegar ao Money site http://www.darkent.com/tiered-link-building-guia-em-portugues/

16 – Sinais sociais ajuda posicionar ou não?

Sim, ajudam e muito. Mas tem que saber fazer e esperar o momento certo para isso.

Sinais sociais se você esta na página 10 de Google não vai fazer diferença.

17 – Qual a média de gastos para posicionar um site na primeira página?

Isso não da para responder assim só. Depende muito do nicho e do tempo em que deseja ranquear. Tem muita gente que não quer gastar mais de 500 e quer posicionar em 3 meses.  Esses são os que desistem.

18 – Qual seria o mais indicado para quem esta começando e pretende trabalhar como afiliado. Criar mini site ou blog com artigos?

Se eu tivesse que começar hoje, faria as duas coisas. Um para curto prazo e outro para longo prazo.

19 – Se você pudesse magicamente dar aos leitores desse blog algumas dicas quais seriam e por quê?

O falado anteriormente, colocar em prática o que aprendem. Não existe uma estratégia que da certo, existem centenas que dão certo. Mas se você não vai aplicar nada vai acontecer.

20 – Se você pudesse pedir aos leitores uma coisa para obter uma resposta de todos eles, qual seria a pergunta?

O blog e o fórum está fazendo diferença em seus projetos?

21 – Deixe a sua mensagem para os leitores.

Seja blackhateiro com você mesmo, não mexa nem arrisque os projetos dos outros. Assuma o seu próprio risco e vai pra em frente.

21 comentários em “Entrevista com o famoso blogueiro Darkent – O cara é fera”

  1. Sou um cara que entrou no SEO por acaso, já cruzei com essa figura na internet, digo que foi uma mistura de sentimentos. O cara é fera e ainda estava com outros dois grandes do SEO: Vicente Sampaio e Rafael de Souza, conheci eles através de um Webnário.
    A ajuda que tive do Alejandro, foi o entendimento de como o Google faz com as buscas, vi o posicionamento cair de um de meus projetos, mas uma queda brusca. Foi através blog Darkent que entendi que foi após a nova atualização do Google Possum (gambá).
    O trabalho que ele desenvolve é para fazer com que possamos nos preparar para mudanças que ocorrem na internet e melhoram ou pioram a visibilidade de um site.

    1. Luciano hoje temos grandes nomes no Brasil em termos de SEO revolucionário e os 3 que citou hoje fazem toda diferença nesse mercado.

  2. O Trabalho do Alejandro de fato é espetacular. Esse Peruano tem alvoroçado o Brasil com suas Técnicas de Black Rat. Parabéns pela entrevista!

  3. Fala Claudio tudo bem?

    Esqueci de perguntar. É um plugin que você está utilizando para esses postes relacionados no topo,
    Conteúdo [Ocultar] ?

    1. Moisés no topo não tenho posts relacionados somente no final dos artigos. Não entendi -> Conteúdo [Ocultar] <- ????

  4. Me refiro a essa caixa com todos esses links numerados que está no topo do artigo.

    Conteúdo [Ocultar]
    1 Vamos a entrevista com o famoso darkent
    1.0.1 1 – Por favor poderia informa o seu nome ou nick na internet?

      1. Muito obrigado pela resposta Claudio, já estou utilizando em meu blog. Abraços e parabéns pelo conteúdo do seu blog. Ganhou um visitante assíduo.

  5. Sou muito fã e gosto muito de SEO e admiro muito algumas pessoas do seo com que me ensina muito no dia a dia como: Alejandro Salinas, Daniel Grecco, Vicente Sampaio e vários outros.. Foi muito bom ler este seu artigo.. e acho que mais pessoas precisavam pesquisar mais sobre SEO, vou compartilhar este artigo para que mais pessoas possam ver.

  6. Esse cara ai me ensinou muita coisa, diretamente e indiretamente… O curso dele e as postagens me fizeram entender realmente de SEO.. so tenho a agradecer!

  7. Não só o Alejandro mas outros que estão aqui nesse blog me ajudaram muito e ainda me ajudam com seus conhecimentos e conteúdos compartilhados gratuitamente e em cursos.
    Belas entrevistas parabéns

  8. Que bacana! Comecei a estudar SEO agora e fiquei um pouco insegura. Estou usando a estratégia de web 2.0 e ele disse que vem perdendo força. Vou me aprofundar mais e ver como posso melhorar. Parabéns pelo conteúdo.

    1. Tatiane faça várias web 2.0 não fique presa somente a uma plataforma. Tenho vários artigos sobre web 2.9 da uma lida para aprender como diversificar.

  9. muita gente boa no marketing digital fala muito bem do Alejandro salinas eu também acho um grande profissional

  10. Muita coisa que eu realmente não sabia… principalmente web 2.0…

  11. Conteúdo muito bom.
    Fiz um mini site recentemente e agora estou estudando técnicas de SEO para posicionar, encontrei essa entrevista que me ajudou muito.
    Obrigada!

Deixe uma resposta