O Google gosta de sites de afiliados? Verdades e mentiras sobre esse assunto

Com certeza você já ouviu alguém dizendo que o Google não gosta de sites afiliados, somente com vendas. Será verdade?

Já aviso é um assunto polêmico e não é tão simples explicar, pois existem várias opiniões sobre essa questão. E vou deixar a minha opinião do Claudio Gomes do Blog Marketing Online.

Para começar existe uma regrinha do próprio Google sobre esse assunto: https://support.google.com/adsense/answer/76465

O Google está trabalhando incansavelmente para garantir que sua experiência de pesquisa seja imparcial e de alta qualidade. Esse é o primeiro caminho, mas nem todos seguem e também podem ter bons resultados.

Google e sites afiliados
Google e sites afiliados

Por que o Google quer assim?

Muitas empresas ganham dinheiro colocando anúncios em seu projeto. Por exemplo, o Google obtém uma parte de sua receita dessa maneira.

O que o Google deseja de sites de afiliados?

Google deseja de sites de afiliados
Google deseja de sites de afiliados

O Google precisa de você. Isso mesmo não é mentira, pois quem cria o conteúdo é você para o usuário e o Google se “alimenta“ disso. O Google quer muitos sites e muitos conteúdos, é assim que funciona. Se é um site bom ou ruim é outra história.

Então para começar um site ou até mesmo sobre algum nicho siga algumas dicas.

Escolha um nicho que pretende ganhar dinheiro

Escolha do nicho de mercado
Escolha do nicho de mercado

Quando você inicia seu negócio, é vital escolher um nicho. Muitos dizem que tem que ser de algo que você conheça “domine“, mas na prática não é assim.

O Google gosta de classificar os resultados de pesquisa por relevância. É por isso que é importante ser relevante tanto para um nicho específico quanto para tópicos mais amplos.

Embora os sites com foco em um assunto sejam capazes de classificar um conjunto específico de palavras-chave, porém com vários assuntos, torna-se mais difícil classificar em muitas categorias diferentes. Porém não é impossível.

Escreva conteúdo otimizado e escolha bem as palavras-chave

Escreva conteúdo otimizado
Escreva conteúdo otimizado

Este é um ponto complementar ao anterior. É importante escolher um bom nicho e depois criar artigos bem otimizados para esse nicho.

Este é o objetivo do Google – fornecer a melhor resposta para cada pergunta que um usuário possa estar fazendo. Portanto, se você optar por escrever, por exemplo, um artigo sobre “onça-pintada” em seu blog de caminhada, é provável que ele se torne um dos candidatos ao ranking do Google.

Mesmo quando você atende aos critérios de classificação, ainda pode ser complicado classificar, pois o Google usa diversos fatores e não é somente escrever. Existem muitos fatores que atribuem a isso, mas ser relevante para o seu nicho é fundamental!

Inclua frases que correspondam à intenção do usuário que pesquisa

Intenção do usuário que pesquisa
Intenção do usuário que pesquisa

Como você deve ter notado, recentemente escrevi sobre como é essencial que os produtores de conteúdo desenvolvam boas táticas de otimização de palavras-chave.

Lembrando novamente que o seu conteúdo também depende da intenção de pesquisa digitada no Google.

Nesse momento é simples, antes de escrever faça uma busca no próprio Google para saber as intenções de pesquisas.

É verdade que há mais vídeos de “como dar nó na gravata” e a pessoa não quer ler sobre o assunto, pois o vídeo é mais fácil.

Depois de saber o que os usuários desejam, você pode criar conteúdo que atenda às solicitações deles. O Google mostrará a eles os resultados corretos.

Torne-se uma autoridade de um nicho específico

autoridade de um nicho
Autoridade de um nicho

Tornar-se uma autoridade de nicho significa ser capaz de fornecer conteúdo de alta qualidade suficiente ao seu público. Isso significa escrever e publicar artigos regularmente em vez de apenas ocasionalmente.

A regra do jogo muda e você precisa mudar. Antes era fácil classificar um site com uma única página e somente com 5 artigos. Você precisa ter conteúdo de qualidade em todas as páginas do seu site para fazer um SEO competitivo. Hoje o Google quer que você seja uma autoridade no seu nicho.

Isso não significa que você precisa de centenas de artigos também. Às vezes até mesmo com poucos artigos bem feitos você encontra bem posicionado no Google para aquele nicho.

Construir uma marca

Construir uma marca
Construir uma marca

Construir uma marca não significa simplesmente colocar seu nome e seu negócio na internet.

Até mesmo ser ativo nas redes sociais é necessário. No seu site faça links para as suas redes sociais para o Google identificar.

No futuro, você deve postar seu conteúdo e manter suas contas vivas.

Construir backlinks

Construir backlinks
Construir backlinks

Tecnicamente, o Google é contra qualquer links comprados ou manipulados. Eles querem que você escreva um ótimo conteúdo que atraia links naturalmente ao longo do tempo. Na prática dependendo do nicho não é tão simples assim.

No entanto, essa também pode ser utopia do Google que acontece bem pouco em alguns nichos.

Em muitos nichos não tem como escapar e será necessário ter bons backlinks comprados, guest post ou esperar por alguma caridade que alguém faça o link de graça para você.

Em alguns nichos mais sensíveis não adianta backlinks e muitos não sabem disso. Jogar backlinks não tem nada a ver com criar autoridade. Nesse caso indico que leia sobre “YMYL” e “EAT”.

YML e EAT – https://rodolfosabino.com/google-eat-e-ymyl-o-que-isso-significa-para-seu-site/

EAT – https://rodolfosabino.com/dados-estruturados-para-melhorar-seu-e-a-t/

Principalmente para nichos na área de saúde e finanças.

Ter um site de afiliado nichado

site de afiliado nichado
Site de afiliado nichado

Ter um site multi-nicho é apenas tornar as coisas mais complicadas para você.

Leva tempo para que novos domínios se tornem relevantes e com autoridade. E nesse caso com muitos assuntos diferentes o investimento em links poderá ser maior.

Um site que segmenta muitas palavras-chave diferentes pode ser bem-sucedido quando feito corretamente. No entanto, eles não são fáceis de montar e exigem muita paciência e persistência.

Ter um bom conteúdo

Ter um bom conteúdo
Ter um bom conteúdo

Resumo: um bom conteúdo forneça valor real para o usuário final. Nesse caso nem entro no assunto sobre a quantidade de palavras para o artigo. Existem sim artigos de 500 palavras bem posicionados e com muito tráfego. Também ao contrário tem serps somente com artigos extensos bem posicionados.

UX ruim

UX ruim
UX ruim

UX simplesmente significa “Experiência do Usuário” e nesse ponto sempre falo faça o melhor. Hoje em dia raramente ainda se encontram sites com UX ruim e bem posicionados. Nesses casos o Google usa outros fatores para posicionar e até mesmo a intenção de busca e as respostas.

O que eu também considero um UX ruim e não gosto de entrar em sites com esses padrões:

  • Milhares de anúncios pulando na tela
  • O tema do site não é responsivo
  • Popups irritantes pulando na tela
  • Site de leva horas para carregar
  • Fonte do site pequena para leitura
  • Imagens pesadas deixando o site lento
  • Menu confuso com várias categoria nada a ver

Isso eu vejo como apenas uma coisa básica sendo o bom e famoso senso comum Então sempre faça o seu diferencial mesmo que o seu concorrente o site seja ruim e tenha muitas visitas. Já vi muitos sites ruins com muitas visitas com as atualizações do Google perderem posições.

Páginas obrigatórias

Páginas obrigatórias
Páginas obrigatórias

Não existe uma regra ou manual para isso, mas eu vejo sempre como uma regra necessária.

Páginas como:

  • Sobre
  • Equipe
  • Contato
  • Política de privacidade
  • Isenção de responsabilidade de afiliado principalmente para quem trabalha como afiliado Amazon

Nessas páginas remova qualquer distrações ou anúncios.

Links nofollow para afiliados

Links nofollow
Links nofollow

Sim, você tem que fazer links nofollow para infoprodutos. Sim, isso está nas diretrizes do Google. E também você não deveria criar links dofollow do seu site para infoproduto, no qual você está vendendo para alguém.

E agora o Google odeia sites afiliados?

A maneira como o Google classifica seu site, ou se eles dão um sinal de positivo ou negativo para ser mais preciso, é completamente baseado em como você faz também. Bem, essa é a opinião do Blog Marketing Online e agora faça os seus testes.

Deixe o seu Voto
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Consulte mais informações