Aprenda como escrever um texto conclusivo com qualidade

Como escrever com qualidade em seu blog, mesmo sem tempo. Ultimamente estou forrado de compromissos o dia inteiro, dormindo no máximo 6 horas por dia e ficando morto à noite. Hoje vamos conversar como escrever um texto conclusivo com qualidade.

Aprenda como escrever um texto de qualidade

Quando temos uma rotina assim, precisamos encontrar tempo para se divertir. Portanto, as coisas devem ser feitas mais rápidas, mas não podemos tirar a qualidade de nosso trabalho, mesmo sem tempo e hoje vamos conversar sobre como escrever um texto conclusivo com qualidade. Na blogagem, precisamos otimizar nossas tarefas, fazendo com que elas tomem menos o nosso tempo, mas mantendo a perfeição.

Aprenda como escrever um texto conclusivo com qualidade

Todos procuram poupar seu tempo. Todos querem um dia com mais de 24 horas, para poder fazer tudo o que se deve. Mas existem momentos em que não se deve lutar CONTRA o tempo, e sim a favor dele! Isso não é uma tarefa fácil, mas existem métodos que devem ser criados para correr junto com o tempo, sem “brigar” com ele. E isso se dá com o que eu chamo de “racionamento de tempo ineficiente”. E por fim, peço também a opinião de vocês, leitores, sobre um assunto importante.

A rotina de um blogueiro pode tornar-se estressante quando o ritmo de postagem não é o ideal.  O conceito básico por trás do racionamento de tempo é buscar acabar com o tempo perdido ineficientemente. Isso pode ser feito de várias maneiras, muito interessantes de se analisar:

1 – Quando começar a fazer algo termine

Ou deixe o que restou totalmente esquematizado para continuar rapidamente depois. Essa é a tarefa que mais traz potencial à uma pessoa que precise de tempo sobrando. Quando você começa a fazer algo hoje (editar seu novo tema do WordPress, por exemplo), tente completar isso o máximo possível. Assim, você não terá o mesmo trabalho amanhã. Mas, se o trabalho não pode ser completado apenas em um dia, crie um sistema que te ajude a voltar de onde parou rapidamente.

Suponhamos que você realmente esteja editando um tema do WordPress. Você não conseguiu colocar seu novo logotipo no topo, se estressou, e parou para “terminar depois”. O que você deve fazer antes de largar tudo, é criar toda uma metodologia que te faça voltar do saved game. Isso funciona melhor quanto maior for o problema com que você está lidando.

No caso do tema WordPress, você provavelmente já tinha criado um método de edição: “primeiro vou começar pelo header.php, depois passo para a sidebar.php, depois para o single.php e index.php, e depois o resto”. Assim, se você está editando seu header para colocar o novo logotipo e parou, saiba a parte do código exata em que parou. Tente anotar o que estava planejando fazer, para amanhã retomar daí mesmo.

Eu peguei este exemplo do tema WordPress porque atualmente estou editando um novo, para o blog, e costumo mexer em tudo ao mesmo tempo. Assim, eu me perco com facilidade, e a única coisa que costuma me salvar são estas anotações que funcionam como um “saved game“.

2 – Exclua espaços de tempo

Aqui, eu chamo de espaços de tempo àquela hora em que você irá fazer algo, mas ainda não começou. Vamos tomar como exemplo uma casa. Quando um estudante acorda para ir ao colégio, a primeira coisa que ele faz (depois de abrir olhos e acordar) é arrumar a mochila com os materiais. Depois vai para o banho e, depois, para a cozinha tomar o café da manhã.

O banheiro fica no caminho entre a cozinha e o quarto. A melhor coisa para otimizar seu tempo é fazer tudo o que é necessário e está no quarto, depois passar para o banheiro e, depois, para a cozinha. Posteriormente pode-se sair da cozinha e ir para o banheiro, e depois para o quarto. Isso poupa aquelas idas e voltas à toa, que podem gastar um bom tempo.

Este é um exemplo muito pequeno do que você pode fazer na hora de blogar, por exemplo. Crie uma metodologia do tempo. Ao ligar o computador, o que eu vou fazer? Tenha sempre a resposta para esta pergunta: “primeiro eu acesso minha caixa de entrada de e-mail, depois passo para os contatos nas minhas Redes Sociais principais, depois escrevo, publico e lido com outras coisas”, e assim a coisa vai andando.

O grande problema quando esta metodologia não existe é que você mexe com as Redes Sociais um pouco, depois lê metade das mensagens de e-mail novas, depois passa para as Redes Sociais de novo, e assim vai. E quando isso acontece, não se pode definir um “save game” perfeito. Você nunca vai largar sua caixa de entrada de e-mail e voltar de onde parou nas Redes Sociais. Sua cabeça vai realmente embrulhar.

 3 – Se não aguenta a rotina alivie

Este é o grande ensinamento que deixo à vocês e passei a utilizar em meus blogs. Eu sinto que tenho muito a escrever e passar aos meus queridos leitores, mas minha rotina de escrita (um artigo por dia) está me deixando realmente louco, e vejo que a qualidade de meus artigos está caindo.

Na blogagem, o mais interessante é poder destrinchar um conteúdo totalmente, com qualidade. Eu gosto muito disso. Quando escrevo algo, gosto de ir até o fim, mostrando ao leitor tudo o que ele deve saber sobre o assunto que está sendo escrito. E isso não pode acontecer se eu escrever uma vez por dia. Meus conhecimentos vão ser lidos fracionadamente pelos leitores. E creio que isso não é bom.

Se eu começar a escrever um artigo por semana, no primeiro dia da semana eu já sei sobre o que vou escrever, e trabalho a semana toda no mesmo assunto, criando uma qualidade muito maior do que a existente em blogs que escrevem um artigo/dia.

Se você estiver com este problema de tempo, diminua sua rotina e aumente exponencialmente sua qualidade de escrita.

4 – Dicas Gerais

  1. Desligue o chat do Facebook, desligue a televisão, pare com as conversas alheias na web, feche-se no quarto ou escritório e apenas faça o que precisar fazer. Assim você poupará um tempo enorme, pois o que geralmente nos faz perder tempo são as coisas sem importância que fazemos juntamente com a escrita.
  2. Você deve saber o que é um checklist: uma lista de coisas diárias a se fazer. Se você seguir uma rotina, tudo fica automatizado e você não precisa perder tempo pensando no que vai fazer, quando termina outra tarefa.
  3. Não tente escrever conteúdo de qualidade usando apenas curtos espaços de tempo entre o almoço e a academia, por exemplo. Neste tempo, eu trato é de fazer outra coisa.
  4. Reserve um tempo longo para escrever e blogar, pois assim você não precisará se preocupar em terminar de escrever sob um tempo predefinido. É por isso que você só vê artigos novos por aqui à noite (vou dormir apenas quando terminar todo o trabalho blogueiro).
  5. Assim você consegue descansar mesmo nos dias em que você precisa escrever. Quando estiver no ócio e com vontade de fazer algo, vá escrever artigos de sobra. Isso é o que todo blogueiro profissional faz.
  6. Não é tão difícil poupar tempo na hora de blogar, só precisamos ver onde podemos ser mais rápidos e, assim, conseguir dormir um pouco mais à noite, ou se divertir mais. Sente e pense em quais tarefas você pode otimizar seu tempo!
  7. Você pode enviar seu artigo para várias, mas gaste seu tempo criando conteúdo de fora (como comentários, votos e bate-papos) em apenas 3 ou 4 Redes Sociais, no máximo. Assim, você consegue fazer um branding pessoal mais rapidamente e com maior qualidade, já que seu foco será mais restrito.

Escrever artigos curtos é muito mais trabalhoso

Essa semana estava pesquisando sobre marketing de conteúdo e acabei encontrando dois ótimos posts do Copyblogger. O primeiro, intitulado “Are You Too Lazy to Write Less?” (“Você é Muito Preguiçoso para Escrever Menos?”), do Chris Garret, foi quem me induziu a escrever esse post com o título que você acabou de ler. E o segundo intitula-se “Two Techniques That Help You Embrace Brevity” (“Duas Técnicas Que Te Ajudam a Escrever Brevemente”), de Muhammad Saleem. Eu sempre tento encontrar um comprimento de artigo com o qual me sinta satisfeito, mas há tempos percebo na prática que os artigos longos dependendo do nicho atraem pouquíssimos leitores. Por isso, cada vez mais me torno adepto dos artigos curtos e da “brevidade”.

It takes more work to write a short post. You’ll spend twice as much time reviewing as you do writing. (Chris Garret)

Você pode perceber facilmente como quanto mais curto é seu post, mais tempo você gastará para editá-lo. E isso acaba se transformando em duas grandes vantagens para seus leitores:

  1. Eles gastam menos tempo para ler seu artigo se você se preocupou com o corte de texto desnecessário na revisão.
  2. Eles lerão um post muito bem feito e pouquíssimo poluído, levando-os a lerem outros artigos.

É possível escrever mais com menos

Quanto mais curto forem os seus artigos (mantendo a mesma quantidade de informação útil), mais os seus leitores o lerão. Vale muito mais a pena ler 3 ótimos artigos curtos de 300 palavras e obter 3 grandes ideias do que gastar o mesmo tempo lendo um único artigo de 1000 palavras. Eu peco muito nessa área, mas já estou começando a mudar essa atitude detestável.

Escreva artigos curtos você também

Seguem as melhores dicas para te ajudar a escrever artigos curtos e igualmente interessantes aos leitores, com base nos dois textos do Copyblogger linkados acima e nos meus conhecimentos de mais de um ano de escrita de conteúdo direcionado à web:

1 – Corte palavras desnecessárias

Sempre que você estiver editando uma frase ou parágrafo, pense que pode diminuí-lo de alguma forma, seja cortando palavras e/ou substituindo-as, seja retirando parágrafos desnecessários. Volte ao artigo de Muhammad e você poderá ver ótimos exemplos de como essa técnica é poderosa.

2 – Aproveite o poder dos links

Se você já falou sobre um assunto em um artigo diferente ou já existe algo na web sobre o que deseja falar naquele momento, linkar esse conteúdo ao invés de reabordar é a melhor forma de apresentar aos seus leitores uma leitura de qualidade e rápida. Para conferir isso acesse o Copyblogger e dedique 15 minutos para lê-lo com atenção e depois note onde você vai parar.

3 – Comece detonando

O título e a introdução de seus textos são sempre o que mais importa quando você quer converter um leitor. Por isso, seja rápido e conciso nesse momento e ao longo do tempo você certamente notará o aumento do número de páginas lidas por visitantes e do tempo de permanência dentro de seu blog.

4 – Evite as vírgulas em excesso

Um dos problemas que mais demorei a driblar foi o uso de vírgulas em excesso. Pessoas que leem numa velocidade normal também fazem paradas quando existem vírgulas e isso aumenta assustadoramente o tempo que estes levam para ler um artigo. Por isso, nada de vírgulas excessivas!

5 – Escreve o que deve ser escrito

Às vezes, o grande problema não está na própria escrita excessiva e sim no conteúdo que você insiste em escrever: não tenha dó de cortar algumas dicas ou informações em excesso em relação àquilo que está escrevendo.

Consegui escrever esse artigo repleto de dicas com menos de 700 palavras e fui acrescentando aos poucos até passar de 1900 palavras. Com certeza levei mais tempo para escrever do que levei para escrever posts maiores. Mas já é um ótimo começo!

Quando você termina um post de 2400 palavras e percebe que ainda precisa capturar imagens você pensa ixi esqueci kkk… Preciso que exista um bot que capture automaticamente as imagens enquanto escrevo.

Agora que você sabe como escrever um texto conclusivo com qualidade coloque em prática hoje mesmo e melhore a sua escrita aos poucos.

Aprenda como escrever um texto conclusivo com qualidade
5 (100%) 52 votes
-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.<--

Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

16 Comentários

  1. Lia
  2. Thiago Blauth Ferreira
  3. Ana Karenina
  4. endim mawess
  5. André Porto

Deixe uma resposta