Gamificar para multiplicar – Dicas para sites vencedores

O marketing digital tem como objetivo primário capturar a atenção de um determinado público-alvo ao mesmo tempo em que o envolve criar uma fidelização por meio da utilização de ferramentas online.

Como Gamificar uma atividade?

A frase acima é uma definição acadêmica que, na prática, pode ser expressa de várias formas.  Uma delas – e talvez a mais interessante – é através da gamificação de websites e aplicativos.

Gamificar é incorporar elementos de jogos eletrônicos na navegabilidade de uma plataforma digital. Em outras palavras, é tentar aproximar, tanto quanto possível, um site ou app da linguagem de um videogame para, assim, envolver o usuário e fidelizá-lo, tal como preconiza o conceito acadêmico.

Não é uma tarefa tão simples, afinal, por mais gamificado que um app seja, ele não é um videogame. Ele tem uma finalidade prática, quer seja vender, informar ou prestar um serviço, e ela deve ser o principal ponto do desenvolvimento.

Nesse sentido, a gamificação é apenas uma forma mais agradável de conduzir a experiência do usuário (a famosa UX), mas não é um fim em si. A seguir, alguns pontos onde a gamificação pode ajudar no marketing digital.

Porém, uma palavra de advertência antes de começar a gamificar o seu site. Na medida em que ele se aproxima de um videogame, surgem certas expectativas, entre elas a de um final condizente para todo o processo. Há casos bem relatados de finais discutíveis para os fãs, como nos jogos da série Halo ou Final Fantasy VII.  E você certamente não quer perder o internauta no último momento, deixando uma má impressão. 

Por isso, pense em todo o processo, e não esqueça de colocar um gran finale.

Storytelling

Nada é mais envolvente do que contar uma história. Aplicativos bem gamificados tem um copywriting com um bom storytelling por trás. Essa narrativa ajuda a contextualizar o usuário, mostrando que ele está participando de uma marca, e não apenas comprando.  

Vale mencionar que isso não apenas agrega valor ao produto, mas  também permite que os standards de branding sejam mais facilmente transmitidos para os consumidores.

Progressão e resultado

Se seu aplicativo precisa coletar diversas informações do usuário, a gamificação recomenda fazer isso em fases. Pequenas doses de interação são muito mais palatáveis que um grande formulário maçante. 

O que é gamificação em marketing
O que é gamificação digital

Ao final de cada fase, mostre de maneira visualmente agradável que ele foi bem sucedido. Esse reforço positivo a cada etapa aumenta as chances de o usuário seguir para a próxima. 

Outro ponto importante que pode ser adicionado é que conforme o usuário preenche o requisito de cada fase, você pode ir mostrando a progressão. Ver a progressão enquanto ela ocorre promove um sentimento de realização e produtividade para o usuário, fora o fato de que isso cria uma sensação de recompensa ao chegar ao final do processo.

Recompensas

Sempre que possível, crie um plano de recompensas para seus consumidores recorrentes. Como nos videogames, que dão uma medalha ou troféu para conquistas especiais, ou destravam fases extras para quem atinge metas ou simplesmente volta a jogar regularmente.

Nos aplicativos e e-commerce, as recompensas podem ser descontos especiais, bônus atrelados a compras ou frete grátis. Nos aplicativos institucionais, podem ser pré-lançamentos, níveis de associação mais altos (silver, gold, platinum e outros) ou mimos em ocasiões especiais, como no aniversário.

Linguagem

Não há motivo para manter uma linguagem formal e distante dos clientes. Se o objetivo é envolvê-los, use a linguagem do dia a dia. Tente fazer com que o consumidor se identifique com a plataforma e se sinta à vontade para interagir.

Na medida em que o usuário percebe que uma determinada companhia literalmente fala sua língua, as chances de estabelecer o diálogo aumentam e o processo inteiro fica muito mais fácil.

Avatar

Quando seu aplicativo precisar mostrar uma figura humana, sempre considere usar um avatar. Há dois bons motivos para isso: primeiro, avatares são parte importante da estética gamer e seu uso vai remeter a uma experiência gamificada. E, segundo, as pessoas contam com uma preferência ancestral pela personificação, de modo que um avatar vai encontrar menos julgamento e resistência do que um mero símbolo.

Feedback

Por fim, garanta que sua plataforma digital ofereça um feedback imediato aos usuários, contando exatamente aonde chegaram e quais são os próximos passos. 

Se o usuário precisa esperar uma ação de sua parte, garanta que vai informá-lo quando isso acontecer. E, se a jornada do usuário acaba ali, lembre-se de agradecer e encerrar de maneira simpática, especialmente para conseguir garantir que ele volte e talvez até mesmo indique o site aos amigos.

5/5 - (8 votes)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Consulte mais informações