Entrevista Com Johnny Vernin Um Grande Empresário

Se preparem para mais uma mega entrevista com o empresário Johnny Vernin. Consegui várias informações bem interessantes para você leitor. Não perca leia tudo.

Algo que eu aprendi e faço até hoje é o famoso contato. Converso muito nas redes sociais nos grupos e no zap. O Johnny Vernin eu conheci o trabalho dele em um grupo no zap de SEO. Achei muito interessante o trabalho dele e vou compartilhar hoje com vocês.

Conteúdo

Entrevista Com Johnny Vernin

1 – Johnny Vernin fale sobre o seu trabalho e como chegou ao mundo digital.

Hoje temos uma startup que é ferramenta de apoio para gestão, automação de tarefas, benchmarking e analytics para Instagram.

Além de uma Agência especializada em Instagram para Negócios.

Comecei no digital como a grande maioria:

  • Um objetivo maior me motivando (no meu caso, minha filha tinha acabado de nascer em 2014 e eu queria mais tempo de qualidade com ela)
  • Caindo na ilusão de ser afiliado e de que tudo eram flores em um jardim lindo e maravilhoso (ou no caso, notebook na praia).

Sempre tive essa veia de inovação, empreendedorismo, solucionar problemas e ajudar o próximo desde cedo, tanto que na minha carreira como CLT sempre cresci nas empresas e fui sendo promovido e/ou recebendo convites de outras empresas, praticando muito do que hoje é modinha pregar por aí e chamam de intraempreendedorismo.

2 – Conte uma das suas histórias de sucesso em SEO que sente orgulho e o que fez.

Minha melhor história é a atual, investimento em SEO Local no meu site pessoal (cujo domínio é beeem antigo e tem métricas razoáveis), onde posiciono o meu branding pessoal como consultor de negócios online, e mesmo em cidades que não têm volume elevado de buscas, têm trazido leads qualificados (empresas locais) e que muitas vezes se convertem em bons contratos para a agência.

3 – Realmente existe essa história do melhor nicho para trabalhar? E como achar?

Na minha visão,  o melhor nicho é aquele que você pesquisou e estudou suficientemente bem o público alvo para entender não só o básico que ensinam por aí (faixa etária, gênero, estado civil), mas entender de fato as motivações, medos, paradigmas, comportamento, objeções, etc daquele grupo de pessoas (antes de sermos leads/clientes/visitantes de site, somos PESSOAS).

Conhecer o seu público alvo é complexo, trabalhoso e chato, por isso muita gente não faz esse “dever de casa” e acaba perdendo tempo, dinheiro e energia. Porém quanto mais tempo e esforço você investe em conhecer o seu público alvo, identificar as personas dentro desse público, obter o máximo de informações e feedbacks desse público, mapear o que realmente eles enxergam e o que não enxergam como uma necessidade, entre outros fatores, mais assertivo será o seu marketing, menos custo você terá com campanhas, etc etc.

A melhor forma de achar e desenvolver o nicho e/ou o público alvo, é com muita pesquisa e perguntando pra eles!

Exemplo prático: em Setembro/2018 rodei uma pesquisa de público alvo em alguns grupos de WhatsApp pra mapear qual “norte” deveríamos seguir, com aquela parcela de público que queríamos “atacar” naquele momento para uma das nossas startups: agências, consultores e autônomos (freelas) de marketing digital.

Leia também:  Entrevista Com Artur Rangel Um Brasileiro Na Itália - Marketing Digital Levado A Sério

Uma das perguntas era simples: “Já usa/ouviu falar em ferramentas de automação para Instagram?”

Cerca de 70% das respostas apontou a direção da seguinte resposta: “já ouvi falar mas ainda não uso”

Bingo! Praticamente 50% do material gerado a partir dali, com foco naquela parcela daquele público, seja vídeo, artigo de blog, post nas redes sociais, etc, passou a ser direcionado a educar essas pessoas sobre ferramentas de automação, solicitar dúvidas e feedbacks nos comentários, interações, no intuito de quebrar as objeções, de instruir ao uso correto dessas ferramentas, da importância da estratégia, etc etc, pra só depois aí sim “ei, por acaso, nós temos aqui a nossa ferramenta que atende a tudo isso”

Nesse exemplo pequeno e simples, acho que já deu pra entender a importância da coisa. Agora é só levantar a bunda da cadeira, fazer as perguntas certas e ir atrás das respostas em grupos de Facebook, whatsapp, rode anúncios se preciso, enfim, faz parte do trabalho.

4 – Quem trabalha como afiliado como saber qual é o produto certo? Primeiro olha o preço?

Ainda tenho hoje alguns projetos de teste como afiliado, na minha visão depende da estratégia que o afiliado vai usar e quais canais vai usar pra divulgar.

Por exemplo, se for trabalhar 100% com anúncios patrocinados, seja Facebook, Instagram, Google, não importa… ele precisa se atentar também para o valor da comissão. Nesse cenário, produtos com comissão abaixo de R$ 50 fica difícil pensar em um ROI razoavelmente bom, devido aos custos das campanhas.

Já se for trabalhar com SEO, dependendo do nicho e da concorrência, pode ser tão custoso ou mais do que com patrocinados, porque montar uma boa infra estrutura, contratar redator, ir atrás da obtenção de links relevantes, estar presente nas redes sociais (sinais sociais), etc nem sempre é “de graça” ou barato, como pregam por aí.

Além disso, é importantíssimo avaliar o produto em si, é um produto que você compraria com plena confiança pra sua mãe, pai, esposa, marido, filhos? O mercado está inundado do que chamo de “produtos merda”, tem que ter um olhar bem crítico quanto a isso.

Além disso, também acho importante avaliar o produtor, como é o suporte para os afiliados? E como é o suporte e pós venda dele com os clientes finais? Ele fornece o mínimo de material para começar a trabalhar? Ele investe em treinamento dos afiliados? Etc.

5 – Quem trabalha como afiliado precisa entender de SEO? E o que aplicar?

Mesmo um afiliado que trabalha exclusivamente comprando tráfego, precisa ter o mínimo de conhecimento de SEO, nem que seja para saber que ele pode perder algumas vendas porque as pessoas vêem seus anúncios e depois vão para o Google pesquisar sobre o produto.

6 – Quais são os erros que se deve evitar ao criar links?

Só usar âncoras com a palavra chave exata.

Achar que links fáceis (principalmente de sites .edu spammeados) vão com certeza absoluta contribuir.

Linkar absurdamente somente a home do seu site

Esses são os 3 erros que acho beem críticos no linkbuilding porque já fiz muito no passado hahahah

7 – Qual a estratégia em termos de SEO para classificar qualquer palavra chave?

Responder à pergunta da busca.

Se uma pessoa pergunta “que horas são no Tibet”, (supondo que o Google ainda não tenha “abocanhado” esse resultado com algum widget dele no topo), ela só quer saber o horário no Tibet, ela não quer ler um artigo de 1.000 palavras explicando todas as tecnicidades da diferença do fuso horário lá.

8 – Conteúdo grande ou pequeno qual realmente é o ideal? Como definir?

Depende. Se sua concorrência só usa conteúdos gigantes, é provável que você não consiga ranquear com conteúdo pequeno.

Eu faço um estudo da concorrência e analiso como posso responder a pergunta da busca da forma mais direta possível logo nos primeiros parágrafos, para depois sim dar mais explicações e conteúdo relacionado, caso necessário.

9 – O que realmente deve evitar fazer para não ser punido pela Google?

Black Hat rs

10 – Existe algum principio para construir um negócio lucrativo?

Resolver um problema real, com vontade de resolvê-lo.

11 – Qual o detalhe ou segredo para construir um negócio imparável?

Acreditar com todas as forças que você está fazendo aquilo pra mudar/melhorar (nem que seja um pouquinho de nada) a vida de alguém.

12 – Como estruturar um site de nicho em um mundo cheio de sites de autoridade?

Deixando de preguiça e investindo tempo na pesquisa, de nicho, de palavras chave, etc.

Quanto mais você pesquisa, melhor fica sua análise e apuração de dados, e com isso você abre sua mente pra enxergar oportunidades, micronichos, que estão aí, dando sopa só esperando alguém achá-los e investir neles.

Leia também:  Lorena Alves - Mundo feminino em ação mega entrevista

13 – Tráfego bom é somente da Google? Qual tipo de tráfego você recebe e de onde?

Ultimamente trabalhamos com 90% do nosso tráfego vindo de Ads no Facebook e Instagram.

Todo tráfego é bom, desde que você tenha plena certeza através do seu estudo de público alvo, que está atingindo as pessoas certas, na hora certa, com a copy certa e no canal certo.

Tráfego da Google é maravilhoso, mas estamos em um momento aqui onde precisamos de escala rápida, é uma questão de estratégia apenas pro nosso momento.

14 – SEO local realmente gera resultado? Como agir da forma certa para SEO local? E o que fazer?

Sim. Principalmente se você combinar site com o Google Meu Negócio. Hoje em dia estar posicionado no widget (mapinha) do GMN + topo da SERP (com site), para negócios locais, é realmente um potencializador de resultados.

Ah, e vale a pena escolher MUITO BEM o(s) nicho(s) a atacar, pois dependendo do nicho vai ser uma tarefa difícil-quase-impossível convencer o cliente (dono do negócio local) que aquilo ali dá resultados reais.

15 – Em sua opinião hoje qual é a melhor rede social para trabalhar? É necessário usar mais

Depende. Se for um nicho extremamente “visual”, como fitness, fotografia, receitas, etc, com certeza absoluta o Instagram reina.

Existem nichos onde o público alvo está predominantemente mais disposto a “comprar” no Facebook, outros no Twitter, outros no Linkedin, etc etc

Mais uma vez, o importante é conhecer o público alvo muito bem, pois assim você consegue identificar claramente o melhor canal para “atacá-lo”.

16 – Para realmente dizer que é bom no mercado precisa ter cases de sucesso? Como definir isso?

Com certeza! E o case de sucesso pode inclusive ser o “eu-case”. Se você está começando agora e não tem cases para apresentar, faça de você mesmo o seu case de sucesso!

Exemplificando: se você deseja ser um Consultor de SEO e não tem cases ainda, posicione o seu site pessoal localmente na sua cidade, posicione seus serviços, posicione seu Google Meu Negócio, assim com o seu case, você já não está mais no zero.

17 – Qual a melhor rede social para trabalhar? Como definir isso? Depende do nicho?

Sou suspeito pra falar. Preferir obviamente eu prefiro o Instagram. Nos últimos 2 anos eu praticamente tenho dormido, acordado, almoçado e jantado com o Instagram do lado.

Mas mantenho aqui a minha resposta do “depende de onde seu público alvo está”.

18 – Qual o melhor tráfego da Google ou das redes sociais?

O melhor tráfego é aquele que converte! Zero apego aqui a um canal ou outro em específico, eu vou onde meu público alvo está e invisto ali.

19 – Fale um pouco mais da sua ferramenta instaplex o que ela faz, atende e resolve.

O Instaplex surgiu da necessidade de um gerenciamento 360° de perfis do Instagram, principalmente para freelancers, consultores de marketing e pequenas agências de marketing.

A princípio ele foi desenvolvido para próprio uso, porém alguns dos nossos alunos sempre solicitavam ao final das turmas de mentoria indicações de ferramentas, e começamos a enxergar um mercado aí, onde os grandes do setor deixam a desejar, principalmente no suporte e ouvir o que os “pequenos” têm a dizer das suas necessidades.

Hoje, ele é responsável pela Gestão 360°, Automação e Analytics para Instagram, ou seja, nossos assinantes têm acesso a agendamento de posts e stories, responder directs, realizar sorteios, automação completa, editar dados dos perfis e um dashboard com informações, gráficos e projeções sobre os seus perfis e/ou perfis que gerenciam, e mais um monte de outras funcionalidades que não caberia neste espaço. Tudo isso em um app web (em breve mobile também) e com um diferencial: nós usamos ele aqui, pros nossos perfis e de nossos clientes particulares.

20 – Para terminar, que mensagem você gostaria deixar para os blogueiros que estão começando e informe os seus projetos online.

Parem de estudar e vão colocar a mão na massa! Tão importante quanto o estudo, é levantar a bunda da cadeira e executar. Estudos são importantes mas você pode ficar viciado nisso e virar um eterno “fazedor de exercícios de escola”, ou um “viciado em testes”, sabe aquele tipo de pessoa que só sabe testar e validar e depois não dá continuidade? Vai fazer acontecer meu!

Deixo aqui meus principais projetos:

Instaplex: https://instaplex.com.br

Benchmarking Instagram: https://xnove.club

Site/Blog Pessoal: https://johnnyvernin.com.br

Entrevista Com Johnny Vernin Um Grande Empresário
5 (100%) 23 votes
-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.<--

Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

Deixe uma resposta