Porque o guest posting é uma ideia tão boa? Crie backlinks de graça

O guest posting funciona de duas maneiras, escrever um post no blog de outra pessoa, ou ter um artigo dessa pessoa no seu blog.

Há grandes benefícios para o proprietário do blog e os que escrevem os posts, mas há também algum trabalho associado. Então, a não ser que queira realizar a tarefa toda, não o faça, porque no final só vai prejudicar-se a si mesmo!

guest-posting

Guest posting no blog de outro

Obter permissão para escrever um post no blog de outros é bastante fácil, mas geralmente há algumas regras a serem respeitadas para que obtenha o seu tema aprovado.

As regras/diretrizes são principalmente estas:

• O texto é único, o que significa que não publicou em nenhum outro lugar
• Preencha o perfil do autor, aonde será normalmente autorizado postar alguns links
• O e-mail que usa está conectado a um perfil Gravatar
• Tem um X número de palavras
• Pode fazer um X número de links no texto
• Deve responder aos comentários que vão aparecer

E é aqui nesta última regra que terá mais trabalho, mas também onde criará as conexões e relações com bloggers que visitam esse blog, o que também irá beneficiar o seu próprio blog.

Mas por que escrever um post em outro blog?

Porque recebe:

• Backlinks
• Visitas orientadas para seu blog/site
• O seu blog torna-se conhecido
• Melhora as suas habilidades de escrita
• Torna-se mais conhecido dentro do seu nicho
• Aumenta o seu link building e SEO

Existem diversas e boas razões pelas quais deve permitir guest posts no seu blog. Pode ser porque está com falta de ideias, mas a principal razão deve ser que ele cria o tráfego adicional para o seu blog, porque o escritor vai espalhar a palavra sobre o seu blog.

E o fato de obter texto de qualidade pode ajudar a melhorar o seu SEO do seu blog.

Isto significa que tem:

• Backlinks
• Novos usuários no seu blog / site
• Conteúdo de qualidade
• Novo tráfego
• O seu blog tornar-se mais conhecido
• Para aumentar o link building e SEO

Mas é importante que defina algumas exigências sobre o que o texto pode e deve ser como SEO, link building, temas WordPress, taxas de câmbio ou receitas. Em resumo, define as diretrizes. É importante que as defina antes de começar para que saiba o que está a procurar, e é igualmente importante que as mantenha e as siga, porque um post sobre grelhar costeletas não é relevante se o seu blog é um blog de SEO. A fim de definir os requisitos certos para o seu blog, pode querer encontrar alguma inspiração. Isto pode conseguir a partir de outros blogs que permitem guest posts.

Existem, obviamente, diferenças em quão fácil é começar com guest posts no seu blog e conseguir um post noutro blog. Obter um post publicado noutro blog deve ser a primeira coisa, porque isso também vai espalhar a palavra sobre o seu blog, daí sua popularidade.

Pode encontrar blogs mais relevantes de pesquisa em “guest post” ou “guest posting“. Onde esta escrito NICHO e KW mude para o que deseja procurar.

NICHO + “guest post”
NICHO + “contribuir para”
NICHO + “contribuintes”
NICHO + “escritor convidado”
NICHO + “guest post”

“% Kw%” + escritor convidado
“% Kw%” + blog convidado
“% Kw%” + “Enviar uma postagem no blog”
“% Kw%” + “Torne-se um colaborador”
“% Kw%” + “blogueiro convidado”
“% Kw%” + “Adicionar postagem no blog”
“% Kw%” + “postagem de convidado”
“% Kw%” + “Escreva para nós”
“% Kw%” + enviar post no blog
“% Kw%” + “coluna convidado”
“% Kw%” + “autor colaborador”
“% Kw%” + “Enviar postagem”
“% Kw%” + “enviar um post convidado”
“% Kw%” + “escreva para nós”
“% Kw%” + “Sugerir um post convidado”
“% Kw%” + “Enviar um post convidado”
“% Kw%” + “escritor contribuinte”
“% Kw%” + “Enviar postagem no blog”
“% Kw%” + inurl: contribuintes
“% Kw%” + “artigo de visita”
“% Kw%” + “enviar um post convidado”
“% Kw%” + “enviar seu próprio post convidado”
“% Kw%” + “Contribuir para o nosso site”
“% Kw%” + “Enviar um artigo”
“% Kw%” + “Adicionar uma postagem no blog”
“% Kw%” + “Enviar um post convidado”
“% Kw%” + “coluna convidado”
“% Kw%” + “enviar sua postagem de convidado”
“% Kw%” + “artigo convidado”
“% Kw%” + inurl: guest * posts
“% Kw%” + Torne-se escritor convidado
“% Kw%” + inurl: convidado * blogger
“% Kw%” + “tornar-se um colaborador”

Guest-Post em inglês:

Fitness

http://foodsense.is/contribute
http://www.thekitchn.com/submissions

Alguns tem em mente quando procura sites para posts convidados tem o foco no DA e PA do blog. O que eu procuro é a qualidade da ligação de entrada que esse artigo possa trazer. Eu não me importo com DA ou PA nesse momento ou aqueles outros fatores de métricas, eu me preocupo com o tráfego. Quero achar um link que direciona tráfego, que impulsiona o meu ranking a minha preocupação é o potencial do tráfego.

Uma dica que eu deixo: mesmo que o site tenha escrito que aceita posts de convidados faça contato com o editor em primeiro lugar perguntando. Já entrei em alguns sites que tinha escrito que aceitava, escrevi o artigo e quando mandei o editor/dono do blog disse que não aceitava mais.

Conseguir que outros escrevam um post no seu blog é mais difícil, porque aqueles que estão querendo escrever guest posts estão sempre à procura de algum valor para os seus textos. O blog deve ter alguns visitantes diários. E pela minha experiência pessoal, quanto mais alto for a sua autoridade será melhor, pois é mais fácil encontrar outras pessoas com interesse em postar no blog.

Porém, existem dois polos diferentes na hora de procurar guest post.

1 – Se o seu blog é novo e você procura um site grande de autoridade normalmente não vai querer linkar para você.

2 – Povão acha que precisa somente procurar sites de PA e DA altos para postar.

Guest post você pode usar para diversificar os seus links e textos âncoras e nesse caso principalmente para quem esta começando procure os sites grandes e os pequenos para diversificar os seus links e ganhar visitas de várias partes.

Existem situações em que ambas as partes se beneficiam, esta é uma delas.

4 maneiras de ter seu guest post rejeitado

1 – Ignorando as Diretrizes

Alguns blogs possuem diretrizes muito bem definidas. Algumas regras de postagem são simples, outras são mais complicadas de seguir. Muitos blogueiros, para conseguir mais vantagens, preferem achar uma brecha nas regras ao contrário de seguir. Porém os grandes sites e blogs seguem as diretrizes à risca e não aceitam postagens fora dessa linha.

Ler as diretrizes antes de começar a escrever é muito importante para evitar tomar seu tempo e o tempo do dono do site. Muitas vezes as explicações são muito claras e ficam bem à vista na página de guest post. Se tiver alguma dúvida, não hesite em perguntar. Esse simples ato evita que você passe uma imagem ruim e perca todas as chances de fazer um guest post para o site.

Ignorar as diretrizes é o primeiro grande erro cometido pelos autores. Basta apenas um deslize para que o texto seja rejeitado.

2 – Links Externos

É comprovado que o guest posting é uma das melhores formas de fazer linkbuilding e promover links patrocinados. Porém existem limites estabelecidos nas próprias diretrizes. Alguns sites aceitam links externos para seu site, outros para programas de afiliados e outros não aceitam links. Ignorar esse fato leva o post a ser rejeitado quase que automaticamente.

Não significa que o leitor não terá benefícios clicando em seu link de afiliado ou visitando o seu site, mas incluir links demais ou criar artigos apenas para promover afiliados não traz nenhum benefício para o dono do site ou para o leitor.

3 – Conteúdo não original

Vamos supor que você criou um artigo super elaborado que trouxe muitos comentários positivos ao seu site. Para aproveitar esse sucesso você resolve fazer uma promoção maior e o envia o post para um blog que aceita guest posts. Afinal, como trouxe muito tráfego para você, também trará para ele. Está certo isso?

Completamente errado. Ter um artigo copiado não traz nada de bom para o outro site. Além dele não ser tão bem posicionado nos mecanismos de busca, pode diminuir a credibilidade do site onde ele está postado. A maioria dos blogs não aceita cópias. Escreva sempre conteúdo original.

4 – Conteúdo não revisado

Qualquer artigo, assim que é criado, precisa de alguns ajustes antes de ser publicado. Normalmente alguns links precisam ser retirados ou mudados de lugar, imagens precisam ser incluídas, palavras negritadas. Além disso, algumas mudanças devem ser feitas para ter uma concordância entre os parágrafos do post.

Se as alterações forem pequenas ou irrelevantes, o próprio dono pode fazer. Porém o artigo no geral deve passar uma informação útil aos leitores. Isso é o básico esperado pelo dono do site que vai receber o guest post

Mas se as alterações forem grandes demais ou se o artigo tiver que ser reescrito de forma significativa, para que forneça conteúdo informativo, o autor do blog simplesmente vai rejeitar o post. Afinal, com o tempo que ele gastaria para corrigir é possível criar um artigo novo. Então, verifique se o artigo está bem escrito e editado antes de enviá-lo.

Porque o guest posting é uma ideia tão boa? Crie backlinks de graça
3.5 (70%) 2 votes
-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.<--

Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

4 Comentários

  1. Timóteo fevereiro 2, 2017
    • Claudio Gomes fevereiro 2, 2017
  2. Paulo fevereiro 4, 2017
  3. Toinho fevereiro 15, 2017

Deixe uma resposta

Digite abaixo a numeração *