-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.

Coloque abaixo o seu melhor email e fique atualizado:

Delivered by FeedBurner


Qual o tamanho do texto nas páginas de categoria?

O que é uma categoria no WordPress

Este é um daqueles temas polêmicos e cada um tem a sua opinião ou nunca se fala. Precisa ou não escrever algo na categoria? Se precisa qual o tamanho?

Categoria com textão é necessário?

Oooo dúvida cruel…

Não é muito a minha área e-commerce, mas vejo em alguns um texto pequeno explicando e outros com textos um pouco mais extenso. O que dá resultado em cada um não é o ponto agora.

A quantidade de texto nas páginas de categoria de um e-commerce, vejo como sendo igual quando se escreve um blog claro e-commerce voltado para vendas. Deixar claro do que se trata e bem objetivo. Não vejo qual o motivo na categoria ter um textão ou um artigão, pois eu como leitor em um e-commerce ou blog não vou parar e ler um textão na categoria, pois não é o que me interessa.

Quando se faz uma auditoria SEO para analisar um e-commerce ou blog cada um tem uma forma de trabalhar. Alguns clientes ou até mesmo quem faz o checklist costuma meter no relatório, que é necessário “aumentar o texto nos artigos e alguns dizem nas categorias também” e prioriza, segundo o seu critério.

Deixar bem claro sobre WordPress é um sistema de gerenciamento de conteúdo muito bom, porém na parte sobre criar categoria WordPress isso é você quem faz e gerencia manualmente. Outro ponto existe as categorias WordPress posts precisa criar. Já vi em um template com limitações de texto na categoria.

Se é uma boa prática ou não é a forma de cada um trabalhar conforme a sua visão e experiência isso não vamos debater. Claro que é mais do que uma boa prática melhorar o texto, concordamos em que é benéfico, mas há que aplicar aqui um pouco de bom senso nas categorias.

Qual o tamanho de um texto na categoria para e-commerce?

E já afirmo e-commerce na prática tem grandes vantagens para vendas online, mas precisa gerenciar e com conhecimento para não fazer besteira. Eu já vi e-commerce de roupas femininas que ao entrar sai correndo o coisa feia e terrivelmente ruim em tudo.

Esse artigo já estava pensando em fazer e postei em um grupo no facebook e deu origem a esse artigo: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=3345884182110004&set=gm.633897597219720&type=3&theater&ifg=1

Nesse artigo eu vou falar a mesma coisa que fiz na publicação acima do facebook. O assunto foi sobre um cliente que escreveu quase um texto/artigão kkkk dentro, da categoria achando que isso era necessário devido um louco que falou isso, para ele dizendo que o Google teria certeza absoluta do que se tratava e quando eu olhei falei você é doido kkkk. No caso desse cliente não é um e-commerce é um blog.

Vamos aos exemplos:

Como criar categorias e subcategorias no WordPress
Como criar uma categoria

Então veja um pequeno resumo/descrição de uma categoria no WordPress que fiz como exemplo:

página category wordpress
o que é categoria no site

Como fica no blog/categoria:

o que e categoria do produto
Como definir categorias

Agora veja de outra forma com textão:

O que é administração por categoria de produtos
Como elaborar categorias

No blog como ficou:

categorias de loja virtual
o que é categoria

Veja que fica um texto grande, mas normalmente o leitor não vai ler. E esse é até pequeno que usei como exemplo. O cliente que atendi o texto era bem maior na categoria.

Mas também não vamos somente em opinião pessoal nesse artigo tem algumas explicações: https://www.seroundtable.com/too-much-content-e-commerce-category-google-29590.html

Então vamos ao que o JohnMu já falou.

O texto SEO das categorias de e-commerce é necessário para que o Google entenda a página, mas em excesso pode gerar confusão sobre a intenção da URL. Repare que agora não é o Claudio Gomes do Blog Marketing Online, que esta falando isso e sim o senhor das estrelas kkk ops do Google: https://www.seroundtable.com/too-much-content-e-commerce-category-google-29590.html.

Eu penso que as vezes Google gosta de fazer confusão na cabeça do povo e geral pira com teorias com meias verdades. Pensa se ele revelar toda verdade de como funciona o Google geral estaria se dando bem. Já sabemos que existem mais de 200 fatores que Google usa para posicionar.

Por que é importante conteúdo nas categorias?

Quando eu falo sobre o que é importante não pense que estou correto, conforme já disse cada um tem o seu conhecimento e testes e devemos, buscar um equilíbrio entre o que o é para o usuário e o que importa ao buscador.

Indico que assista completo essa entrevista é muito interessante sobre usuário e buscador.

Um texto gigante dentro da categoria (minha opinião) não é imprescindível do ponto de vista das pessoas. O que vai realmente fazer diferença é o que está no artigo (no caso blog/site), na imagem (descrição) e nas TAGS/Títulos.

Claro que precisa ter algo escrito na categoria e indico. Eu gosto muito de fazer na categoria uma copy explicativa para prender atenção, mas no ponto categoria é mais um, passo intermediário perante a compra de uma página e não necessita de um textão. Conforme falei o visitante não está ali para ler o que está escrito na categoria.

O que acontece com a pesquisa?

O visitante entra com uma dúvida/pergunta no tio Google que vai ler e tentar, entender o que tem no e-commerce ou blog como um todo e o texto no artigo da a possibilidade, de falar e mostrar para Google o que deseja e o bot acompanha isso. A ideia é tentar encaixar e posicionar para as palavras e intenções na pesquisa. Logicamente isso, entre outras coisas, podem ajudar.

Em resumo, estamos falando de ajudar ao buscador/Google principalmente entender o que tem para oferecer. Embora isso a cada dia custa menos para o Google.

Por quê?

Tio Google está cada vez mais inteligente. Google já sabe e identifica sem problema um CMS para e-commerce e até as tags, identifica sem problema até o que está sendo vendido como os preços e botões de compra.

Mais um ponto dependendo da autoridade/força do domínio as vezes nem precisa de um texto para posicionar Google sabe do que se trata.

Eu já vi sites com vendas de guitarras sem textos e bem posicionados e o Google entendeu muito bem e posicionou corretamente para o assunto.

Eu pessoalmente vejo a questão do texto na categoria + – para evitar duplicação de conteúdo.

Aaaa Claudio agora eu vou pegar você pelo pé kkkk. Wikipédia tem textão em algumas categorias. Eu Claudio respondo mesmo sem esse textão Google, sabe do que se trata na Wikipédia devido a sua autoridade e relevância dentro do texto.

O que diz o Google sobre textão nas categorias?

Esteticamente eu Claudio Gomes não gosto, mas isso não quer dizer que esteja mal feito.

Em uma entrevista recente John Mueller, que é autoridade quando se fala do Google, respondeu sobre essa questão da importância do conteúdo para SEO em e-commerce.

Disse que 90% ou 95% do texto nas categorias de lojas/e-commerce seja relevante, e esteja alinhado com a intenção de pesquisa/usuário.

O risco, segundo John Mueller que mude o assunto com textos na categoria fora do contexto e o algoritmo, se confunda na hora de interpretar o tipo de conteúdo na hora de indexar.

Então qual o tamanho correto na categoria?

Eu prefiro esquecer essa questão quantidade específica, nesse momento não tem algo para ajudar como faz o plug-in Yoast para ajudar se está legal ou não.

O e-commerce é o processo de compra e venda de bens e serviços pela internet, simplesmente isso então não pense que um textão na categoria vai fazer você vender mais.

Sugiro o seguinte escrever algo bem estruturado na categoria e se possível um pequeno branding/marca. Veja a sua categoria como uma chamada para ação do usuário ou mostrar diferencial para o seu visitante.

Volto a afirmar pagar um redator não é gasto é investimento. Se não consegue ver o seu negócio como investimento, será um naufrágio para o seu negócio online.

Quer ver bons exemplos e aconselho analisar tudo incluindo a categoria: e-commerce jequiti, e-commerce amazon, e-commerce havaianas e o e-commerce honda.

Posso afirmar existem grandes e-commerce nas empresas brasileiras, com um marketplace e comércio eletrônico fantástico e não tem textão na categoria e vendem horrores na internet.

Veja o que o seu concorrente está fazendo e na categoria o que está colocando. Teste, mas não quer dizer que tudo o que seu concorrente faz vai dar certo para você.

Deixe a sua opinião e se precisar pode pesquisar outros assuntos no https://blogmarketingonline.com.br/.

Deixe uma resposta