-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.

Coloque abaixo o seu melhor email e fique atualizado:

Delivered by FeedBurner



Thuany Silveira – Formada em administração e blogueira

mãe e blogueira

Aos poucos estou trazendo informativos de mulheres empreendedoras. Thuany silveira tem muita informação para vocês.

Adoro entrevistas com o público feminino e sempre agregando informações para você leitor. Thuany silveira tem uma linda história de vida.

Conteúdo

Thuany Silveira – Mãe e blogueira

Toda vez que eu consigo uma entrevista com uma mulher arrepio também nas perguntas. Sempre com a intenção de explorar ao máximo o conhecimento dessa pessoa para o visitante do Blog Marketing Online. Com a Thuany Silveira não foi diferente explorei ao máximo o conhecimento, dela para incentivar outras mulheres/mamães no mundo digital.

Por favor, fale sobre o seu trabalho e como chegou ao mundo digital.

Cursei Administração de Empresas na faculdade apesar de não ser uma aérea na qual tinha muito interesse. Trabalhei muito pouco na área administrativa na época, fora alguns estágios e um projeto social que desenvolvi com alguns colegas na época da faculdade. O curso é ótimo, mas na época não me via fazendo nada na área.

Pelo contrário, acabei me encontrando em outra área bem distinta da administração de empresas. Comecei aos 17 anos a dar aulas de inglês em uma escola de cursos livres da minha região. Estudar inglês sempre foi uma paixão muito grande.

Minha vida no mundo digital começou uns anos antes mesmo que eu ainda não tivesse me dado conta disso. Em meados de 2012/2013 minha mãe, que era professora de alfabetização precisou se afastar da profissão que tanto amava por motivos de saúde.

Foram dias complicados até que um dia uma das suas amigas sugeriu que ela criasse um blog, assim ela poderia continuar contribuindo para a profissão. Então ela criou o blog e na época não sabia nada desse mundo.

Comecei a aprender sobre isso quando os problemas começaram, era registro de domínio, apontamento, tipos de tráfego e muitas outras coisas que fui me familiarizando. Em 2014 fiquei sabendo que dava pra monetizar um blog, ficamos super felizes com a aprovação, mas ainda não tinha o conhecimento para fazer o Adsense render tudo que ele poderia.  Anos depois conhecemos a Jô, que se tornou uma amiga e como ela é super entendida de Adsense deu uma força.

E logo depois disso vimos o blog crescer ainda mais. Não é um projeto meu, mas tenho muito carinho por ele, pois foi transformador na vida da minha mãe e consequentemente na minha também. No ano passado iniciei alguns projetos meus e comecei a estudar mais sobre SEO. Aplicando alguns conhecimentos e fazendo testes.

Como você prepara/faz os seus conteúdos? Qual ferramenta usa? Preocupa-se com as palavras-chave?

Hoje em dia tenho outra visão de como tudo funciona, alguns anos atrás eu achava que era apenas escrever sem nenhum planejamento prévio, porém hoje em dia vejo a necessidade de se preparar para escrever um bom artigo.

Eu particularmente uso muito o Analytics, Ahrefs e o próprio google. Uso as ferramentas para planejar quanto às palavras chave e também algumas outras métricas. Por algum tempo usei o planejador de palavras chave do Google Ads.

Você faz uma analise das keywords da concorrência? Ou não se preocupa com isso?

Sim. Procuro sempre ficar antenada em palavras de concorrência e nos meus próprios concorrentes em si. Faço uma análise para ver quais palavras tenho melhor chance de ranquear com elas.

O que é ou como criar um conteúdo de qualidade? Dar ao Google o que você procura é uma parte essencial? Ou criar pensando no usuário e não para o robozinho?

Em minha opinião um bom conteúdo é aquele que entrega ao usuário aquilo que o usuário busca. Que ele entre na minha página e não volte para a página de busca. Temos que escrever pensando tanto no google, quanto no usuário. Apesar de se tratar de um robô ele sabe do nosso comportamento online e sabe se atingimos nosso objetivo de busca.

Sua opinião: artigo com 500 palavras ou 100 palavras gera mais resultado? Quanto tempo você leva fazendo um artigo?

500 palavras ou 100 palavras atingem objetivos diferentes. Em minha opinião quanto mais palavras tem o texto maior a possibilidade de se obter palavras chave orgânicas. Porém um texto mais curto entrega ao usuário uma legibilidade maior e se tratando, por exemplo, de um e-commerce talvez possa gerar uma conversão maior.

Como você identifica o que o seu público precisa?

Tenho acompanhado as necessidades do meu público devido ao tipo de material que tem buscado no meu blog, costumo usar o analytics e o search console. Recentemente tenho aprendido a usar o Google Trends. Tenho visto uma oportunidade usando essa nova ferramenta.

Prefere/foca mais em artigos ou vídeos? Qual o motivo?

No caso do meu nicho – Atividades pedagógicas para ensino fundamental.

1 – é mais vantajoso os artigos, pois eles complementam as atividades que são criadas por mim.

Na maioria das vezes coloco no artigo algumas metodologias possíveis para se aplicar a atividade na qual o artigo se refere.

Como você organiza as informações antes de escrever? Ou começa do nada e vai ampliando?

Normalmente, meus artigos trazem diferentes metodologias para aplicar a atividade ao qual o mesmo se refere. Algumas vezes coloco também dados para ajudar no planejamento do professor, dados esses que exigem uma pesquisa prévia para selecionar os campos que se aplicam à atividade em questão.

Você refaz artigos antigos/ultrapassados ou não compensa?

Considero que artigos ranqueados devem ser sempre atualizados, se o artigo antigo não traz nenhum retorno penso que deve ser analisado. Se apesar de não conseguir retorno mesmo se o conteúdo for bom, acho que vale a pena estudar para ver o porquê dele não está ranqueando. Se julgar que o conteúdo não é tão bom após análise mais minuciosa, eu considero excluir.

Como você identifica as tendências para criar um conteúdo com o Google Trends?

Essa é uma ferramenta que tive conhecimento há pouco tempo. Ainda não tive tempo para me informar melhor para ter uma opinião 100% formada.

O que é conteúdo evergreen? Como criar conteúdos evergreen?

Considero o meu conteúdo para ensino fundamental evergreen. Embora passem os anos alguns conteúdos com matemática, por exemplo, não sofre alterações drásticas. Somas e subtrações serão sempre as mesmas, não importa quanto tempo passe.

Pergunta de um milhão: Como fazer um novo marketing de conteúdo e se adaptar ao impacto do coronavírus?

Com certeza o coronavírus impactou muito e modificou o comportamento dos usuários. Por exemplo, os dias em que as buscas aumentam e diminuem.

No meu caso, obtenho muito tráfego advindo de rede social e observei que os horários e dias em que se deve compartilhar modificaram completamente. Com as aulas remotas o calendário de postagem também teve que ser revisto, pois os professores tem que entregar os materiais com 15 dias de antecedência.

Então temos que postar sempre com mais de 15 dias de antecedência, principalmente se houver alguma data comemorativa.

Como você faz para entender quais são as dores e dúvidas dos seus visitantes?

Tento obter um contato direto com meus usuários, tento responder sempre que possível seus questionamentos em redes sociais e comentários deixados no blog.

A forma de comprar na internet está mudando com a pandemia 2020? A estratégia de conteúdo deve ser revisada para as novas dores e dúvidas das pessoas?

Com certeza. O comportamento de compra das pessoas já vinha mudando há alguns anos, a pandemia acelerou o processo e obrigou todos que não estavam prontos a se adaptarem da maneira que deu.

Toda a estratégia de marketing teve que ser mudada para atingir novos consumidores. Para quem tem loja física se adaptar ao mundo digital foi mais que necessário para conseguir se manter.

Para os donos de infoprodutos, tivemos que apresentar diferenciais competitivos, uma vez que a concorrência aumentou muito.

Como faz para converter o seu visitante na hora de comprar um infoproduto que esta oferecendo com o seu artigo?

Eu conto com a qualidade do produto que estou vendendo para conseguir converter uma venda. Aposto em materiais visualmente bonitos e com bom conteúdo pedagógico, tudo por um preço acessível. Deixo no artigo algumas prévias do material para que o professor possa observar se é realmente aquilo que ele está buscando.

Como você esta se mantendo atualizada para escrever os artigos?

Tento estudar muito, principalmente ao que se refere SEO. Em relação ao conteúdo que escrevo, busco sempre usar a internet ao meu favor, evitando perder tempo com pesquisas desnecessárias no período que tiro para realizar meu trabalho. Faço análise dos meus concorrentes e busco sempre me atualizar junto ao site do ministério da educação.

O que você acha que esta faltando para ter mais visibilidade das mulheres no mundo online?

Creio que o mundo digital fora das redes sociais sempre foi um campo dominado pelos homens. As mulheres até então não tinham se dado conta de que é possível sim viver da internet.

Leia também: Luas Cox – Dicas de um redator

Creio que essa visão vem se modificando com a era dos youtubers e blogueiras. Acho que ainda falta o reconhecimento de que trabalhar no mundo online é considerado um trabalho. E, diga-se de passagem, dá muito trabalho.

Para terminar, que mensagem você gostaria de deixar para quem está começando e informe os seus projetos online. Por favor, deixe alguns conselhos sobre o mercado.

Para quem está começando, só posso dizer que não desista. Todos nós começamos do zero um dia e todos os sonhos podem ser alcançados, desde que haja esforço e determinação.

Os projetos que me dedico são:

https://amorensina.com.br/

http://alfabetizacaoonline.com/

https://atividadesgratuitas.com/

http://lojadeatividades.com/

E alguns outros que estão por vir em breve.

Deixe uma resposta