-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.

Coloque abaixo o seu melhor email e fique atualizado:

Delivered by FeedBurner



Aprenda Como Criar Uma Lista de Email Marketing Eficiente

Como Criar Uma Lista de Email Marketing

Primeiramente, para criar uma lista de email você precisa saber qual é o seu público, e entende-lo. O que eles desejam, conteúdos bem aprofundados, ou apenas dicas rápidas?

Os dois maiores Erros de quem faz Email Marketing

Em uma semana capturei 150 leads! Foi fantástico!

Mas, não vendia nada com minha lista de Email e comecei a me questionar. Porque?

Não tinha autoridade? Não sabia escrever Emails? Medo?

Tenho certeza que depois desse artigo, você vai mudar sua forma de trabalhar com sua lista de Emails, e o mais importante, você vai quebrar alguns tabus com respeito ao Email Marketing.

Hoje eu tenho uma sequência de Emails que posso dizer que funciona. Sei que ainda tem muito para melhorar e sei que posso aumentar a conversão dela. Mas o fato é que chegar ao ponto onde estou agora.

Chegamos ao ponto mais importante em questões de negócios digitais: Tudo é baseado em testes.

Esses testes fizeram com que eu perceba 2 erros que cometi e que agora vejo que muitos empreendedores (iniciantes em sua maioria) cometem com relação a Email Marketing. Sei disso porque diariamente chegam pessoas me dizendo que não vendem com Email e todas elas têm em comum esses 2 erros.

Erro #1: Medo e falta de confiança

O primeiro grande erro é pensar que sua lista é pequena demais. É verdade que quanto maior sua lista maior as probabilidades de vender, mas, veja bem, eu estou falando de PROBABILIDADES e não de fatos. Eu posso comprar uma lista de 50 mil pessoas e não vender nada ou, pior ainda, eu posso ter uma lista crescendo a cada dia mas não envio um Email, como consequência, não vou vender.

Porque não envio um Email?

Por MEDO. O medo paralisa, o medo faz com que você pense o seguinte: “Custei ter 100 leads, se eu mando um Email posso ter algum descadastro e minha lista vai diminuir”.

Esse medo vai junto com a falta de confiança. Se você pensa assim é porque não confia em seu trabalho, não confia nos conhecimentos que tem e que podem ajudar as pessoas que estão na sua lista.

Eu sei como é a sensação do primeiro descadastro, mas até hoje tenho pessoas que se descadastram da minha lista e é bom que isso aconteça.

Um lead gera custo para você, porque razão você quer manter um lead que não está interessado em comprar de você e mais ainda, não está interessado em consumir seus conteúdos? Só para você “sentir” o poder de uma lista maior? É bobagem!

Outra coisa que percebi é que muita gente se cadastra numa lista só por curiosidade, só para saber o que você faz. Eu já enviei e-mails longos, quase artigos exclusivos para minha lista que gerou muitos feedbacks positivos durante uma semana, logo no oitavo dia, ofereci um produto relevante que tinha tudo a ver com a série de conteúdos gratuitos que ofereci e mesmo assim as pessoas se descadastro argumentando “e-mails de mais”, mas, em quanto recebiam o conteúdo de graça não achavam isso.

O ponto é: não se preocupe com isso e aceite que existe muita gente que não está disposta a comprar e que, no momento de receber uma oferta, vão se sentir ofendidos. Essas pessoas vão demorar para ter sucesso porque a curva de aprendizado para elas será muito maior, não é um segredo que quando você compra um curso realmente está comprando tempo e não conhecimento.

Então, não importa o tamanho da sua lista, importa o que você faz com ela.

Deixe o medo de lado e programe seus Emails, não tenha medo das pessoas que possam deixar sua lista, lembre-se que isso gera custo para você.

Erro #2: Copy-Paste

Veja o mercado como realmente ele é: muito grande.

Os leads que estão cadastrados em sua lista, estão cadastrados em outras listas. Pode ter certeza absoluta disso. Considere isso com um fato. E contra fatos não há argumentos.

Mais ainda, pense como lead, de fato você e eu somos leads de outras listas. O que você sente quando recebe o mesmo e-mail de vários empreendedores?

Eu vou te dizer o que eu sinto.

Eu sinto desconsideração, sinto que não estão me valorizando, sinto que só querem sugar meu dinheiro porque esse empreendedor não se dá o trabalho de pelo menos criar um Email personalizado para mim.

Sinto que querem me enganar, sinto que o verdadeiro objetivo é vender alguma coisa e não ajudar como sempre falam. Nada contra com Emails de venda. Mas, como empreendedor e como dono de um ativo tão importante eu sinto que tenho a obrigação de criar conteúdo exclusivo para as pessoas que confiaram em mim e que por isso fazem parte da minha lista.

Mesmo com Emails de Oferta, eu sinto a obrigação de enviar um Email que é único para eles.

Também não vou mentir nem dizer que eu nunca fiz. Claro que fiz isso. E foi por isso que não vendi nada no início.

Muitos empreendedores enviando o mesmo Email, qual é o resultado disso?

Poucas ou nenhuma venda. Você não está criando autoridade. Você está fazendo “conteúdo duplicado” em Emails. E como qualquer tipo de conteúdo duplicado, não terá sucesso por acima do original.

Por isso, eu não concordo com o fato de disponibilizar Emails prontos para os afiliados. Ou melhor, não é que esteja ruim isso. O errado é eu pegar isso, copiar e colar para minha lista.

Uma coisa é que o produtor disponibilize um modelo de Email para eu me espelhar e criar o meu, e outra coisa muito diferente é copiar e colar. Para mim, copiar e colar é uma falta de respeito para sua lista de Emails.

Essa é uma boa razão pela que muitos não vendem com lista de Emails. As pessoas não são bobas, os clientes são cada dia mais inteligentes e perceptivos.

Então, crie seus próprios Emails, ao igual que seus artigos, eles devem ser únicos. Seus Emails devem ter a capacidade de transmitir sua personalidade.

Se espelhar não é errado, ter um modelo para ter ideias também. O errado, insisto, é copiar e colar. Quando eu deixei de fazer isso e comecei a criar meus próprios e-mails, a minha lista se tornou compradora.

E mais ainda, quando eu comecei a criar meus próprios Emails, eu desenvolvi a minha escrita, quanto mais escrevia, melhor se tornava. Isso aplica para os artigos também. Em verdade, isso aplica para todo o que vai fazer na internet porque na internet todo nasce do texto, até os vídeos.

Como começa um bom vídeo? Com um script e um script de que está feito? De texto.

Um anúncio de que está feito? De texto.

Então, porque um E-mail que é um médio feito para texto teria que ser não original?
O que fazer?

Agora você já sabe o que fazer e que evitar.

Capturar leads é só a ponta do iceberg. Aprender a trabalhar com Email Marketing é mais que capturar Emails.

O que quase sempre vemos e o que a grande maioria ensina é:

Isca → Página de captura → Captura de leads → 3 emails de “conteúdo” → 1 email de venda

Mas poucos sabem e falam de coisas como:

Tipo de isca e como cria-la. Nada de iscas dos outros nem de iscas com direito de revenda.
Testar páginas de captura. Muita gente demora muito para criar uma simples página de captura. “Se você demora mais de 3 minutos em criar uma Squeeze, você está perdendo dinheiro”.

Estratégias para trabalhar listas, não todas as listas se comportam da mesma forma. O modelo “3 emails de conteúdo e um de venda” não funciona para todos os nichos nem para todos os produtos.

Emails longos ou e-mails curtos? Qual é a melhor forma de escrever Emails? Historias? Experiências? Conteúdo? Vídeo?

Tudo vai depender de sua audiência e do seu objetivo.

Como vê é muita coisa para ser estudada, analisada e testada.

Quanto antes você aprenda a trabalhar com E-mail Marketing, mais curto será o tempo para que você comece a faturar com a sua lista.

Então, se você quer dar um passo além hoje, tem que aprender a trabalhar com email Marketing e fugir do comum, fugir do que o 98% de empreendedores iniciantes e não iniciantes fazem.

Preferem algo que traga a economia em seu dia a dia ou algo que lhes dê conforto?

Até agora, não citamos nada sobre a lista. Só sobre pessoas. Uma lista de e-mail, não é nada mais nada menos que a ligação direta com os seus clientes. Pense sempre que com a lista de e-mails você poderá atrair clientes.

Como criar o meu conteúdo?

A etapa seguinte depois de entender de forma profundo o que o seu público deseja, é criar um conteúdo que atenda aos interesses dos seus clientes. Pense sempre que o conteúdo define o público. Se o seu público se interessa por viagens, é só criar um conteúdo que contenha tudo sobre viagens baratas e de qualidade, irá atrair o público que se preocupa com economia.

Se você optar por criar um conteúdo sobre os melhores restaurantes do mundo, irá atrair um público que se interessa em status e que tem bastante dinheiro para gastas. Não há nenhum problema em atrair um o público ou outro, são apenas escolhas diferentes.

Se seu público for sobre viagens e só criar conteúdo sobre viagens baratas, vai atrair um público preocupado com economia e barganhas. Se criar conteúdo sobre os melhores restaurantes do mundo, atrairá um público interessado em status com dinheiro para gastar. Não há nada errado em atrair um público ou outro – são apenas escolhas diferentes.

Se o conteúdo define o público, você tem de escolher qual público quer, e então criar um conteúdo para este público. Tem de ser algo bem específico. Se quiser ser mais eficiente ainda, faça contato com o público e pergunte o que ele quer.

Há também vários softwares de pesquisa de mercado como o SurveyMonkeys que podem fazer todo o trabalho por você. É fácil de usar e de tabular resultados, e a versão é totalmente gratuita, facilitando ainda mais o trabalho.

O que fazer depois de escolher o conteúdo?

Depois de descobrir os desejos mais íntimos do seu público, comece a produzir conteúdo incessantemente. Porém, não produza qualquer conteúdo. As pessoas na maioria das vezes não querem toneladas e toneladas de conteúdo. Elas querem o conteúdo que procuram e que consigam digerir!

Os e-mails que você mandará para o seu público alvo, não vão ser considerado como um incomodo. O objetivo é fornecer informações interessantes, a ponto de gerar nos internautas um desejo de consumir o produto.

Aprenda Como Criar Uma Lista de Email Marketing

Por que você não pode deixar de ter uma lista de email?

Um dos principais motivos de construir uma lista de e-mail é a visibilidade que você conseguirá com isso. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou um estudo dizendo que um dos maiores motivos do uso da internet no Brasil é o e-mail, afinal quem é que nunca usou o e-mail pelo menos uma vez na vida?

Com a Era Digital, dá para você enviar até currículos em tempo real! Pensando nisso, você precisa pensar que sua lista de e-mail é uma das maiores vitrines que você pode ter, nela a visibilidade é direta, você atinge o cliente em qualquer lugar que ele esteja de um jeito realmente eficiente.

Outro benefício da lista de e-mail é a segmentação. A partir do momento que você escolhe qual o seu público alvo, e trabalha para prospectar pessoas relacionadas à sua área, você está aumentando a probabilidade de lucrar com suas vendas, já que irá atingir pessoas que realmente tem interesse no produto.

Interatividade é o outro benefício! Isso porque com um simples click qualquer um pode acessar o seu site, selecionar produtos, conhecer o seu trabalho e até entrar em contato com você!

Softwares para agilizar ainda mais o seu trabalho!

Se você está pensando que precisará ficar enviando, e-mail por e-mail da sua lista de contatos esqueça! Existem softwares que enviam mensagens automaticamente para todos os contatos da sua lista de e-mail. São inúmeros os programas que você pode usar para fazer esse trabalho por você, mas o melhor deles é o MailChimp.

O MailChimp possui uma quantidade gratuita de email para ser enviado, mas é lógico que conforme a sua lista de e-mail vai aumentando você precisará contratar a versão paga.

Existem outras boas opções de auto responder, pesquise e encontre aquela que comporte o número de e-mail que você quer enviar. Não se esqueça de ler a política da empresa, porque algumas são um pouco intolerantes em alguns detalhes, isso para dificultar que o seu e-mail acabe virando SPAM!

O ideal é sempre criar uma página de captura específica para o seu trabalho, para conseguir prospectar contatos para sua lista que realmente estejam interessadas naquilo que você tem a oferecer.

Mais informações: Página de captura – 1° Passo para ganhar dinheiro extra

Conseguiu entender a importância de uma lista de email? Então deixe um comentário com a sua opinião, e possíveis dúvidas! Nós estamos aqui para ajudar você fazer o seu negócio deslanchar!

Deixe uma resposta