Entrevista Com A Blogueira Yamana Diniz – Com Um Projeto Bem Diferente

Sempre busco novos projetos pela web para entrevistar e algo que possa acrescentar ao público. Esse projeto da Yamana Diniz achei muito interessante e quero compartilhar com todos. Não perca.

Espero que você mulher se identifique com essa entrevista ou possa acrescentar um pouco mais. Achei muito legal essa entrevista com Yamana Diniz e a sua história e trajetória.

Conteúdo

Yamana Diniz conheça um pouco mais dessa história

Yamana-Diniz

Separe um tempo agora e conheça esse projeto.

1 – Fale sobre o seu trabalho e como foi a sua caminhada até o mundo digital

O Imprevistos Musicais começou em 2013, e no início era só um espaço para eu publicar alguns textos aleatórios que surgiam na minha mente. Em 2014, com um intercâmbio que fiz, criei o canal no YouTube e, junto com o blog, viraram meu diário de intercâmbio. Ao longo do tempo, fui sentindo a necessidade de transformar o conteúdo dos dois para coisas que eu me interessava e que amava falar. Hoje o IM trata de assuntos como música, viagens, livros, fotografia, e textos pessoais/comportamentais, que é sobre o que mais gosto de escrever.

2 – Hoje qual é o seu público e como você divulga o seu projeto?

O público do IM é bem diversificado, com percentuais parecidos entre homens e mulheres, mas basicamente são pessoas que gostam de ler sobre viagens, e textos mais pessoais. Os meus principais canais de divulgação são a página no Facebook e o perfil do Instagram.

3 – Você tem ou pretende ter alguma especialização na área de marketing digital?

Não possuo especialização, mas pretendo fazer algum curso na área. Além de ser importante para me ajudar com o blog e com o canal, é uma área que sempre tive interesse em aprender mais.

4 – Como você divulga o seu projeto?

A divulgação do IM acontece, principalmente, pelo Facebook e Instagram, e às vezes, no boca-a-boca também. Utilizo uma foto que chame a atenção, e faço uma edição de acordo com a rede social que eu for usar. Sigo um padrão de divulgação para o Facebook, e outro para o Instagram.

5 – De onde chega o seu maior tráfego/visita?

Eles vêm, principalmente, do Facebook, ou de pesquisas na página do Google.

6 – Como você monetiza o seu projeto?

Até o momento, utilizo o Adsense.

7 – Percebi que o seu blog tem uma parte em inglês. Esse público como interage com esse tipo de conteúdo? O que levou você a ter o conteúdo em inglês? Você mesma que escreva ou paga um tradutor?

A categoria do IM em inglês, veio da minha necessidade em praticar a minha escrita. Ao dar uma estudada no público do blog, percebi que uma boa parte dele vem dos EUA e de alguns países da Europa. Juntei o útil ao agradável e comecei com os posts em inglês. E sim, eu mesma escrevo os posts.

8 – Você tem conhecimento na área de SEO? Como você acompanha o seu tráfego?

Fiz um leve estudo sobre a área de SEO, mas sinto que tenho que pesquisar um pouco mais. E faço o acompanhamento pelo Google Anlytics.

9 – Quais são as redes sociais que você mais utiliza para divulgar?

Como disse anteriormente, as principais redes são Facebook e Instagram, mas utilizo também o Twitter.

10 – Você trabalha com lista de e-mails? Monetiza essa lista?

No início do blog, tentei utilizar mas não me adaptei bem. Estou tentando voltar aos poucos com ela.

11 – Qual o seu maior público masculino ou feminino? Porque você acha que atrai mais esse público?

O blog tem um percentual próximo de público masculino e feminino, sendo que o feminino tem mais ou menos uns 5% a mais que o masculino. Acredito que seja pelo fato de escrever pensando em um público geral. Não escrevo somente para meninas, ou somente para meninos. Tento fazer um conteúdo focado em quem gosta de viajar, escrever, e fotografar. Nada mais.

12 – Qual a sua média de vídeos publicados e como são feitos?

No geral, tento publicar dois vídeos por semana. Nem sempre consigo, porque ainda não encontrei uma agenda de gravações que eu consiga me adaptar, mas basicamente, gravo de dois a três vídeos em um dia. Normalmente, gravo sozinha, mas acontece de ter ajuda da minha irmã ou de algumas amigas. A edição sou eu quem faço, e levo de 3 a 4 horas para concluir tudo. Programo a publicação dos vídeos no YouTube, já edito as thumbnails e faço as publicações para o Facebook e Instagram.

13 – Você se considera uma influenciadora digital?

Não. Sou apenas uma garota que gosta de criar conteúdo para a internet, e que atinge pessoas que se interessam pelos mesmos assuntos que eu.

14 – Como a sua família olha o seu projeto/negócio digital?

No início, não faziam ideia do que era. Hoje em dia, todos já sabem do Imprevistos Musicais, e até me dão ideias de posts e vídeos. Já cheguei a gravar com algumas pessoas da família pro canal, e meus pais sempre me ajudam a divulgar textos e vídeos novos, e até me auxiliam com as fotos e textos.

15 – É fácil ganhar dinheiro no seguimento que você escolheu? Já teve outros projetos e como foi?

Não é fácil. O IM é o primeiro projeto que tenho. Além dele, tenho o Yamana Diniz, onde posto covers e apresentações, e já participei como colaboradora de música em um outro blog (Another Girl, Another Planet). O IM é o que me dá um retorno financeiro, mas demorei alguns meses até consegui-lo. Isso foi depois de muito trabalho e conteúdo publicado.

16 – Se você tivesse que começar hoje o que faria de diferente?

Acho que escolheria um nicho pro blog desde o início. Eu não fazia ideia do que estava fazendo no começo, então eu pararia para pensar um pouco mais sobre o que seria, de fato, o IM.

17 – Quais profissões mais você gostaria de atuar, além das que você já atua?

Hoje em dia, além do IM, sou professora e estudante de música. A música sempre fez parte da minha vida, e uma das coisas que sempre tive vontade de fazer é trabalhar com Teatro Musical.

18 – Para quem esta começando hoje em um projeto semelhante ao seu quais seriam os conselhos que você daria?

  • Escolha um assunto/nicho, mas não se prenda eternamente a ele. As pessoas mudam, então o seu blog/projeto também sofrerá mudanças. É importante ter em mente o que faz o seu projeto ser o que ele é, mas tendo em mente que ele pode tratar de outras coisas.
  • Estude e entenda o seu público. Ele vai te falar o que está dando certo e o que não tá.
  • Seja você. Sei que é clichê, mas é a mais pura verdade. Ninguém gosta de cópias, então seja fiel a quem você é, e coloque você naquele projeto. Além de ser mais fácil para você criar seu conteúdo, vai ter gente que vai se identificar com você, e isso te trará um retorno melhor.

19 – Por favor, informe os seus projetos e deixe uma mensagem para os leitores.

O Imprevistos Musicais é para quem gosta de viagens, fotografia, músicas e livros, mas principalmente para quem gosta de aproveitar as coisas boas da vida, de um jeito leve. Não deixe de conferir o nosso conteúdo no blog e no canal do YouTube! Se você gosta de música, não deixe de conferir também o canal Yamana Diniz, onde posto covers e apresentações musicais!
Entrevista Com A Blogueira Yamana Diniz – Com Um Projeto Bem Diferente
5 (100%) 10 votes
-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.<--

Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

Deixe uma resposta