-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.

Coloque abaixo o seu melhor email e fique atualizado:

Delivered by FeedBurner


Quais são os principais passos para aumentar a taxa de conversão do site?

Hoje eu vou passar as dicas que eu uso nos meus projetos com as dicas e quais são os principais passos para aumentar a taxa de conversão do site. Não foi simples precisei testar vários produtos, mas eu consegui e agora eu posso explicar.

O Blog Marketing Online tem alguns anos de estrada e precisei testar muito para saber o que seria melhor em termos de vendas. Sim precisei usar o público do site para testar e ver o que poderia gerar vendas. Não tem outra forma precisa testar/validar.

Teve artigos que deixei durante 1 ano testando e não gerou uma venda mesmo tendo visitas. Errei no texto? Eu não posso afirmar, porém fiz vários testes. Após perceber que não conseguia vendas com o artigo fazia um redirection para outro artigo. Hoje tenho os artigos/produtos que convertem em vendas e sempre que vejo um novo produto para o meu público eu testo.

Todas essas atividades são projetadas para levar visitantes ao seu site. Eles não têm nada a ver com a conversão desses visitantes em clientes, fora o fato de você ter como alvo o mercado certo.

Quais são os principais passos para aumentar a taxa de conversão do site?

Para converter em clientes/compradores, você precisa oferecer a eles algo que eles desejam, a um preço que estejam dispostos a pagar. As pessoas compram quando acreditam que o que você oferece tem mais valor para elas do que o preço que você está pedindo. Você pode querer estudar sobre copywriting para aprender como apresentar da forma mais convincente possível se não estiver obtendo conversões. Super indico para alguns produtos contratar um redator.

Honestamente, eu começaria com bom senso.

Você está vendendo um produto que é valioso? Um produto que o mercado quer ou pelo menos precisa? Um preço que faça sentido? O produto agrada às necessidades, desejos e medos do cliente?

É aqui que a maioria das pessoas falha.

Eles tentam melhorar o CRO através de mil pequenos ajustes quando, na prática, a oferta em si e a carta de vendas não fazem sentido.

Você não tem ideia de quantos produtos eu vi que não fazem sentido porque são vendidos para a turma errada. É como se a pessoa que os vende não tivesse senso comum e até uma criança consiga ver a incongruência entre a oferta e o mercado.

Vou dar alguns exemplos espero que entenda…

Se você for a uma loja de lingerie, o que espera encontrar? Lingerie, claro. Você vai encontrar sutiãs, calcinhas e outros itens que atraem as mulheres em geral.

Você não vai lá para encontrar monster trucks e PS3s. Essa loja tem vendas para um gênero específico de uma maneira que faz sentido para esse gênero. Há um cheiro doce no ar, a loja é limpa e bem iluminada e a assistente é uma pessoa jovem ou mais velha que faz seus clientes se sentirem confortáveis.

Senso comum certo?

Bem, esse tipo de senso comum não está realmente presente online. Você vai encontrar muitas pessoas que vendem para a turma errada, na abordagem errada.

O mercado de namoro é um bom exemplo disso. Na maioria dos casos, a maioria dos caras só quer uma garota. Uma namorada. Eles estão cansados ​​de se sentirem sozinhos e estão muito deprimidos com relação a isso. Eles não querem sair e dormir com cinco garotas por semana. Eles só querem uma garota para amar.

No entanto, os profissionais de marketing amadores distorcem isso de maneira desproporcional. Eles prometem o estilo de vida tenha todas. Poucas pessoas querem isso. Poucas pessoas querem dormir com cinco garotas por semana. Enquanto todos nós temos nossas fantasias sexuais, a principal emoção dominante no mercado de namoro é se sentir alienado e não pertencer a lugar algum, e não o desejo de fazer orgias.

Então comece por aí. Certifique-se de que você está vendendo o produto certo para o mercado certo no sentido que faz sentido. Com um pouco de bom senso, você não precisa ser um especialista em marketing para entender por que as pessoas compram. Você foi cercado por pessoas por toda a sua vida, então você só precisa aplicar as lições de viver entre os outros corretamente.

Tanto quanto o que você tem feito isso não é copywriting nem é CRO. É geração de tráfego.

A conversão é uma equação de dois fatores tráfego e ação. Se você tem 100 pessoas e 1% converte (toma a ação desejada), isso significa 1 venda por 100 pessoas únicas. Se você levar 1000 pessoas, você fará dez vendas. Por outro lado, se você duplicar sua conversão para 2%, poderá obter dez vendas com apenas 500 pessoas. Ambos são importantes, mas parece que você trabalhou apenas em um fator, não em ambos.

Como aumentar a taxa de conversão de vendas?

Um visitante aparece no seu site. Ótimo! Mas quem são eles? De onde eles vieram? Por que eles chegaram aqui? E o mais importante: eles têm um problema que você pode resolver?

Isso é chamado de qualificação.

Qualificação é um dos três sistemas que toda empresa precisa. Leads, Qualificação e Encerramento.

Se você não sabe quem está procurando, essas etapas serão bem difíceis de realizar. Você tem que ter um alvo. Isso também é chamado de avatar, um cliente ideal, um mercado alvo.

Como-aumentar-a-taxa-de-conversão-de-vendas
Aumentar a taxa de conversão do site

Qualificação é o processo de filtrar seu tráfego para visitantes que correspondem ao seu mercado alvo.

Se você está claro sobre o seu alvo, o seu sistema deve ser capaz de trazer leads pré-qualificados. Isso significa que pelo menos algumas dessas características ou recursos que indicam um lead totalmente qualificado.

Filtrar ainda mais permitirá que você separe os leads que são realmente bons com aqueles que não são.

E você faz isso colocando conteúdo na frente deles.

O conteúdo poderia estar fazendo uma pergunta.

Poderia estar contando uma história por e-mail e descobrindo se ela ressoa com eles.

Poderia reproduzir um vídeo que você gravou onde você fala sobre os sintomas dos problemas que seu cliente ideal tem quando eles chegam ao seu site.

A qualificação pode ter várias etapas, “toques” e mídia.

Aqueles que se qualificam e podem ser movidos ou segmentados para uma lista diferente ou marcados como tal.

Os leads qualificados são aqueles para os quais você mostra a sua oferta.

E então você está no reino do sistema de fechamento.

Mas se você conhece seu mercado alvo, e está trazendo leads pré-qualificados, e seu sistema de qualificação está fazendo o seu trabalho e filtrando bem, o fechamento com certeza é muito mais fácil.

Você se concentrou na parte do conteúdo para aumentar a taxa de conversão do site? É o mais importante. Mas e o seu site em geral? A velocidade do site é crucial para ser classificada como alta pelos mecanismos de pesquisa e obter altas conversões. Além disso, se você usar plugins poderá facilitar muitas coisas, mas com muitos plugins a sua página carrega muito lentamente. Eles também podem levar a alguns problemas técnicos, que também prejudicam o bom funcionamento do site.

Além disso, verifique se há menos redirecionamentos em seu site. Porque eles geram mais solicitações HTTP, então a página é carregada mais lentamente.

Principais etapas para aumentar a taxa de conversão do website:

Crie um funil de vendas
Melhore a experiência do usuário
Envolva-se no teste A / B
Crie ofertas atraentes

Não faz sentido obter tráfego se você não otimizou as conversões no destino do tráfego até o seu site.

Conheça o seu público, suas necessidades, desejos, objeções e medos. Conheça a demanda examinando dados de sites como similarweb, buzzsumo, etc. Conheça os números de pesquisa de palavras-chave (moz, google keyword tool, wordstream etc).

O nicho do produto é suficiente ou muito amplo? Por que eles comprariam o seu e não do seu concorrente?

Conheça as respostas para todas essas perguntas. Reavalie, coisas como preço, a oferta em si, sua cópia,  etc. Você só pode fazer isso entendendo seus prospectos.

Use verbos de ação tangíveis
Se você estiver testando diferentes apelos à ação, tente usar uma linguagem de ação que imponha a ação dos visitantes (por exemplo, “pegue a sua” – “reserve sua vaga”)

Use depoimentos
Com depoimentos você pode reduzir o risco e fornecer prova social. Use-os nas páginas de destino dos produtos, bem como na página de destino da sua conta de e-mail.

Exponha claramente os benefícios do seu produto ou serviço
Expor os recursos do seu produto é importante, e mais importante ainda é informar aos clientes em potencial exatamente como o produto os ajudará ou resolverá o problema.

Preste muita atenção ao seu título
O título é um dos elementos mais importantes da sua página de destino. Descubra pelo menos 10 possibilidades antes de escolher o mais forte.

Crie páginas de destino dedicadas para anúncios
Se você estiver usando o Google AdWords ou outra forma de anúncios de PPC, envie esses visitantes para uma página de destino exclusiva (não para sua página inicial).

Há um passo fundamental para a otimização de conversões e isso nem envolve o seu site… Qual é a qualidade do seu tráfego? Baixa qualidade de tráfego = baixa / sem conversões.

É altamente recomendável adicionar o Google Analytics ao site, em seguida, configure as metas analíticas de conversão, com um valor atribuído a cada tipo de meta.

Uma vez no lugar, você pode ver quais origens de tráfego geram conversões e qual é o nível de sucesso e, em seguida, priorizar de acordo.

1. Entenda por que você deve se preocupar com as taxas de conversão
2. Descobrir o que você quer medir
3. Use o Google Analytics para rastrear as suas taxas de conversões

Você é Persuasivo nos Artigos do seu Blog?

Se você tem um blog, seja de Marketing Digital ou qualquer outro nicho, tem que saber que ser persuasivo nos artigos do seu blog e em tudo que você escreve é simplesmente um dos pontos principais para que seu negócio alcance o sucesso e precisa aprender como ser persuasivo nos artigos do seu blog.

Persuasivo-nos-Artigos-do-seu-Blog

A persuasão nos textos é uma arte que tem que ser analisada a cada leitura, estudada nos minuciosos detalhes de cada parágrafo e por fim, praticada regularmente para que se consiga habilidade nessa pratica tentadora. Mas, o que vem a ser um blog com artigos persuasivos por exemplo?

Você já sentiu vontade de sair de um blog, mas terminou lendo mais artigos?

É exatamente assim, um blog que tem artigos persuasivos, é aquele que você acessa e se interessa de cara pelos títulos dos artigos, faz com que você não resista e leia mais de um artigo, mesmo que esteja querendo sair do blog.

Você já se sentiu tentado assim em algum blog? Responda a essa pergunta deixando seu comentário aqui no fim desse artigo e você receberá a resposta sobre esse fenômeno.

E ainda tem mais… Nos artigos persuasivos, você começa a ler as primeiras palavras e no decorrer daquela leitura, você vai ganhando curiosidade continuamente de ler os próximos parágrafos, é aquele artigo quente que instiga desejo de uma leitura completa. Você sabe por que acabe acontecendo isso?

Já sentiu isso em algum artigo que você estivesse apreciando? Mas, essa técnica de causar interesse total de leitura não é por acaso, as pessoas não escrevem artigos persuasivos assim do nada, isso é um método, devo dizer até que é um método Científico, esse poder de dominar as palavras nada mais é do que o ato de aplicar estratégias de Copywriting ao texto.

Você conhece as Técnicas de Copywriting para escrever artigos persuasivos?

Você já leu em algum lugar sobre Técnicas de Copywriting? Sabe como escrever artigos persuasivos dominando os métodos de COPY? Então vamos saber agora o que isso significa… E se você já leu isso em algum lugar, vou refrescar a sua memória ainda mais para intensificar mentalmente em você a importância de dominar essas poderosas técnicas que prendem a atenção de qualquer pessoa que esteja lendo seus artigos.

Se você tem um blog/site ou até mesmo caso você queira instigar desejo nas pessoas em ler completamente as coisas que você escreve; seja em e-mails, scripts, cartas enfim… Esteja atento agora ao que vai descobrir nas próximas linhas sobre o que o Copywriting é capaz de fazer com cada palavra sua.

Sabendo como utilizar Técnicas de Copywriting você aprende a…

Criar títulos mais atrativos para que seus Artigos sejam irresistivelmente mais lidos.

Você aprende a pensar nos melhores Assuntos de e-mails para que as pessoas fiquem curiosas em ler suas Mensagens.

Você aumenta o envolvimento dos leitores nos seus Textos, você acaba prendendo o foco do seu leitor.

Seus artigos recebem mais comentários, as pessoas ficam com muita vontade de expressar sua opinião.

Você consegue fidelizar mais leitores no seu blog, porque o Copywriting induz também sequencias de curiosidade e continuação.

relogio

Como você deve ter percebido, ao aprender Como usar estratégias de Copywriting nos seus textos, você se torna muito mais capaz de atrair e fidelizar a sua audiência. Seus artigos ficam com alguns aspectos de hipnose e assim você prende mais a atenção do seu leitor em ler seus artigos até o final.

Se você já sentiu vontade de ler mais de um artigo em um blog, pelos títulos terem fisgado sua atenção de forma irresistível, deixe aqui o seu comentário explicando como foi essa experiência.

Copywriting: O que é ser um Copywriter?

Um Universo Pouco Explorado

Pouca gente no Brasil sabe o que é o Copywriting hoje em dia e muito menos conhecem uma profissão que foi criada baseada nas suas técnicas: O Copywriter. Desbravar esse mundo escondido deve ser o primeiro passo de quem quer ter o sucesso online.

O Copywriting está ligado em todas as suas ações de marketing digital ou offline que utilizam qualquer tipo de escrita. Hoje existem alguns segmentos no mundo de um copywriter, por exemplo:

  • Você pode ser um copywriter de caráter publicitário, fazendo scripts (entenda como textos) voltados para ações que marquem a vida das pessoas.
  • Você pode ser um copywriter voltado para relações públicas. Basicamente é aquele que escreve artigos para blogs, newsletters e etc.
  • Ou então você pode ser o que realmente importa para o nosso nicho: O Copywriter do internet marketing, também conhecido como Web Writer.

Pela internet você encontra mais algumas segmentações do nosso tema mas não vem ao caso do nosso artigo ficar citando e escrevendo sobre cada uma, sendo que apenas o Web Writer interessa para nosso nicho de como ganhar dinheiro online. É sobre esse assunto que iremos focar e te dar instruções para começar a se destacar nesse mundo.

A Importância De Uma Boa “Copy”

O objetivo de todo empreendedor digital é executar vendas e ponto final. A grande maioria faz o impossível para vender, até mesmo lançar massivas campanhas de SPAM. Mas pouca gente, pelo menos no Brasil, conhece algumas técnicas escondidas no escuro…

Eu gosto de chamar uma Carta de Vendas de “Copy” – esse é o termo usado em inglês.

Uma boa Copy pode ser responsável por aumentar suas vendas online ou offline significativamente, por isso hoje lá fora – mais precisamente nos EUA – o Copywriter vem ganhando um valor enorme no mercado, chegando em um ponto de alguns cobrarem mais de 100.000 reais por uma Copy. (Sim… Você pode trabalhar como Copywriter em uma empresa ou como freelancer, além dos seus empreendimentos!)

Assim como o mercado de buscas online criou algumas profissões, por exemplo o SEO, Especialistas de Anúncios Pago Por Clique e etc, o copywriting online também tem sido responsável por criar essa nova profissão.

Mas Por Que Tenho Que Ser Um Copywriter?

Na realidade você não precisa ser um Copywriter, basta comprar o serviço de algum ou então tentar a sorte fazendo uma página qualquer de vendas. Certamente você vai conseguir vender com sua página de vendas e algumas técnicas de divulgação mas será que se seu texto tivesse sido feito sob as técnicas do copywriting você não iria vender mais? Eu já adianto a reposta para você… Definitivamente você ia vender MUITO mais.

Existem 2 pilares principais que movem o ser humano a fazer uma compra – leia até o final que eu vou explicar eles -, e todo bom web writer se baseia neles para fazer sua copy. A grande questão é que você talvez não esteja fazendo o uso deles corretamente ou simplesmente está ignorando o seu uso. E esse é o grande motivo que você deve ter em mente para se tornar um copywriter. Só isso basta.

Na prática todos os empreendedores digitais devem saber as técnicas básicas de uma excelente copy.

Os 2 Pilares De Um Copywriter

No nosso mundo de vendas online, devemos saber os principais fatores de uma compra feita pelo ser humano.

Você já reparou que antes de comprar você é movido por um enorme desejo de ter aquele objeto, aquele curso ou aquele iPhone? Sim… Seu desejo que te move para uma compra e isso não é pessoal. Todos nós sentimos isso. Só depois da sua compra que vem a lógica, a preocupação e etc.

O objetivo de qualquer copywriter é fazer com que sua lógica não seja movida antes de você finalizar a compra, você precisa evitar qualquer passo para esquerda que faça a pessoa sair da reta da compra.

É por isso que o copywriting é um conjunto de técnicas e não uma coisa manual. É preciso explorar todas as incógnitas que podem fazer o desejo ser interrompido para a lógica entrar em ação. Só que existem 2 pilares básicos para evitar o uso da lógica, por mais que você uso alguns outros certamente esses 2 vão estar presentes também na sua copy.

  1. Sempre explore a sensação de medo ou repulso que a pessoa pode ter se ela não comprar seu produto. Resumindo: você vende roupas de grife online, então quando você fizer uma copy de vendas sobre isso, tente explorar o fato de que a pessoa – provavelmente de um alto poder aquisitivo – pode ficar de fora da sua roda de amigos por não estar usando a marca que você vende. Isso se aplica a qualquer nicho, além de ser uma técnica básica. Lembrando que ela pode e deve ser incrementada com auxílio de outras técnicas.
  2. Depois que você explorar o medo você precisa vir com a solução. A sua solução são os benefícios que seu produto pode causar na vida da pessoa. Aqui você entra sua mina de ouro, porque nesse momento é como se ela parece de roer as unhas e começasse a chorar pela solução que você está dando e evitando que ela entre em uma furada.

Essas 2 técnicas juntas são tão eficientes que elas podem causar um outro efeito além de executar uma venda… Elas servem para que a pessoa comece a dar os primeiros passos rumo a confiança em você! Não é todo dia que alguém mostra soluções para sua vida, certo?! E você vai passar a ser esse alguém para ele. Então, se depois do passo da venda você entregar o que ela realmente espera, certamente em um futuro você vai executar mais e mais vendas para essa pessoa!

O Copywriting é essencial para qualquer empreendedor digital ganhar dinheiro e muito além disso fazer as pessoas confiarem em você.

Onde Eu Posso Usar As Técnicas Do Copywriting?

Esse conjunto de técnicas não precisam ser usadas somente em landing pages que visam as vendas logo de cara, mas você pode usar para gerar confiança e depois BUMMMM: Vender!

Eu recomendo que você explore elas em quase todo meio que envolva seu cliente e você. Como por exemplo:

  • Facebook Ads
  • Google Adwords
  • E-mail Marketing (!!!!)
  • Artigos do Seu Blog

Use sua criatividade e aplique onde você achar que deve.

Deixe uma resposta