Aprenda Como Não Ser Bloqueado No Facebook Ads

COMO NÃO SER BLOQUEADO NO FACEBOOK -DESCUBRA OS 9 ERROS QUE VÃO BLOQUEAR SUA CONTA DE ANÚNCIO NO FACEBOOK ADS PARA SEMPRE.

Produtores e afiliados têm uma série de canais onde podem anunciar os info-produtos como: blogs, vídeos (YouTube), listas de emails, banners, sites de buscas, Instagram, Twitter, Adwords, Facebook ads, Bing, Yahoo, e muitas outras. 

Todos esses canais são ótimas oportunidades de turbinar seu negócio digital e aumentar suas vendas, porém, para alcançar bons resultados, é importante que você conheça bem as regras e características de cada um.

Conhecer bem essas regras é um passo muito importante para não cometer os 9 erros que com certeza vão bloquear sua conta de anúncio no Facebook para sempre, sabendo e não cometendo novamente estes erros você vai saber como não ser bloqueado no Facebook ads, nunca mais mesmo. Saiba que a estratégia que você usa para divulgar um produto com banners, deve ser diferente da que você usa em um anúncio no Facebook ads, por exemplo.

Apesar de parecer óbvio, muitos afiliados e produtores esquecem disso e acabam com baixos resultados ou até pior: acabam sendo bloqueados e sem poder utilizar sua conta para anúncios nesses canais.

Como Não Ser Bloqueado No Facebook Ads

Um dos casos mais frequentes entre os usuários, estão os anúncios reprovados e as contas bloqueadas do Facebook, e por isso acontece uma grande massa querendo saber “como não ser bloqueado no Facebook Ads”, dai vem a ideia de escrever este post para ajudar você a nunca mais ser bloqueado no Facebook. São diversos relatos que, por desconhecimento das políticas, ou seja, das regras e características da rede social, são bloqueados.  

Pensando nisso, e por experiência também em bloqueios e campanhas no Facebook, pesquisei e testei muitas informações, dicas e práticas para entender onde é que erramos e os cuidados que devemos ter ao criar uma campanha. Separamos todas as informações e dicas neste Guia feito com todo o cuidado, para que você, tenha a tranquilidade de criar anúncios na maior rede social do mundo e descobrir como não ser bloqueado no Facebook Ads. Vamos lá?

2 Perguntas a para se fazer antes de criar qualquer anúncio

Muitos produtores e afiliados na empolgação de criar suas campanhas esquecem de refletir sobre questões básicas sobre publicidade online, independente do canal. São elas:

  1. Dentro da página de vendas, o comprador consegue decidir qual informação visualizará, ou vídeos e textos aparecem sem a sua permissão?

  2. Meus anúncios e páginas de vendas, de alguma forma, ocultam informações?

A sua resposta deverá ser “SIM e “NÃO” em suas respectivas ordem, esse é seu primeiro passo para pular dos bloqueios pois, é importante você saber que redes sociais com grande número de usuários se preocupam com a navegação, conforto e segurança do seu USUÁRIO e é somente por isso que essas redes sobrevivem e tem cada dia mais usuários e consequentemente, onde tem usuários, terá anunciantes.

Se coloque no lugar do usuário e se faça a terceira pergunta; “você esta satisfeito com essa publicação?”, para entender ainda mais sobre o que o seu público estará “satisfeito” em ver você precisa compreender muito bem quem é seu público, onde ele está, o que ele realmente quer e o que interessa pra ele.. Se você não tem isso muito claro em sua mente, recomendo que veja este post especial onde vou te ensinar a pensar como seu público.

9 Erros que com certeza vão bloquear sua conta no Facebook para sempre

ERRO Nº 1: Anunciar para sites com Design mal feito e pouca informação

Para anunciar no Facebook, esqueça as páginas com fundo branco e vídeos longos, com poucas informações ou quase nenhuma além de um vídeo e um botão. Dentro da rede social é necessário um maior cuidado com a página de vendas, colocando o máximo de informações sobre o produto e dando ao usuário a chance de navegar, tendo a certeza do que está comprando.

Sites com apenas um vídeo e um botão de compras são bloqueados, por isso, fique atento à qualidade das páginas que você divulga, o design é tão importante em uma página de vendas como é em um blog.

Imagina você acessar o Blog Marketing Online e se deparar com um design mau feito, sem cores padronizadas, com poucas informações… nos primeiros 6 segundos inconscientemente o usuário faz a sua auto avaliação sobre a página qual está navegando, portanto, um design bem elaborado, é aquele que transmite confiança, profissionalismo, aconchega seu visitante, faz ter foco onde é interessante para ele e o leva para onde você deseja, que pode ser primeiramente a uma captura, depois para o seu artigo e assim por diante.

Para saber mais sobre como ter um design responsivo, altamente profissional, acesse o artigo que eu preparei onde eu mostro os bastidores do Expert Online e como eu tornei o nosso blog muito mais profissional e persuasivo.

Além das informações sobre o produto, a página de vendas deve conter:

  • Política de Privacidade e Termos de Uso

  • Logotipo do Produto ou Produtor

  • Links de Saída para outras páginas do Produtor, como blogs e outros canais.

  • Dados de contato do produtor

  • Dados referentes a empresa do produtor

A boa e velha página de vendas com apenas um vídeo pode funcionar com uma lista de emails ou em seu blog, porém, quando for usar outros canais , opte por páginas mais completas e que dê mais dados ao comprador. Veja abaixo o esqueleto de uma página de vendas ideal:

Veja alguns dados que são fundamentais na decisão de compra do visitante:

  • Deve ser claro que o produto é digital: Muitos brasileiros ainda estão fazendo sua primeira compra online e, por isso, deixar claro que o produto é digital e a forma que ele será acessado é importante.
  • Detalhamento dos módulos/capítulo do curso, ou ebook e/ou demais partes que compõem o produto:Explicar detalhadamente o que o comprador encontrará no produto é essencial para que ele tenha a segurança de concretizar a compra, logo, é preciso todos os módulos, bônus e conteúdo extra sejam citados, isso trará muito mais confiança na hora de fazer a compra.
  • Formas de pagamento declaradas. Seu produto aceita boleto? É possível dividir? Tem juros? Deixe essas informações claras ainda na página de vendas, pois elas são uma das garantias de confiabilidade do produto, não tente omitir nada de seu visitante, assim que ele perceber, irá fazer automaticamente uma auto avaliação de você e seu produto, buscando alguma informação que não bate, alguma contradição, ou qualquer tipo de tentativa de omissão de alguma informação, isso fará com que ele não efetue a compra.

ERRO Nº 2: Anunciar para páginas com Autoplay

O autoplayer é um parâmetro que o produtor pode inserir fazendo com que o vídeo de vendas seja reproduzido automaticamente ao usuário acessar sua página. Esse parâmetro, quando bem usado, pode surtir um efeito bem legal, porém, canais de comunicação como Facebook não permitem que sites com autoplayer sejam promovidos pois como já dito, o usuário quem tem que tomar as decisões, ele quem decidirá se irá ou não assistir ao vídeo.

A dica que dou para solucionar esse impasse é criar duas páginas: uma com o parâmetro e outra sem. Lembre-se de disponibilizar essas duas páginas aos afiliados. Dessa forma, você poderá utilizar dos benefícios da reprodução automática nos canais permitidos e também terá uma página adaptada para os canais que restringe esse parâmetro, deixando que, se você é um produtor, seus afiliados não tenham problemas ao promover seu produto tanto em redes sociais como o Facebook, ou em banners e mídias que são mais flexíveis.

Concluindo: páginas de vendas que possuem vídeos que se reproduzem sozinhas são proibidas no Facebook.

ERRO Nº 3: Anunciar para Páginas de Captura (conhecidas por Squeeze Pages)

Para quem ainda não sabe, a Página de Captura tem o objetivo de levar o visitante de seu site a realizar uma ação específica, fornecer um email, curtir sua página no Facebook. Assistir um vídeo ou baixar uma recompensa deixando seu email, nome ou o que você especificar, são só algumas das ações que a sua página de captura pode ter como objetivo. Diferente da home de seu site, a Página de Captura não precisa conter muitas informações. Apenas as necessárias para que seu cliente faça a ação determinada.

Esse tipo de página é proibida pelo Facebook, afinal, ela tira do usuário o poder de decisão, forçando-o a fornecer um email, por exemplo, para ter acesso ao conteúdo prometido no anúncio.

“Mas então não posso capturar emails ou outras informações utilizando o Facebook?”

DICA: Sim, pode, uma de minhas estratégias favoritas é criar um site de acordo com o que o Facebook pede, e lá colocar um banner, um link dentro do conteúdo que levará para a página de captura.

ERRO Nº 4: Anunciar para páginas com baixa reputação no Facebook

No Facebook, as ferramentas de anúncio mostram às pessoas os anúncios que são mais relevantes para elas. Eles medem esse fator por meio do Relevance Score, levando em conta, não apenas a quantidade de cliques, comentários e curtidas, mas também, o quanto aquela página agrega valor para o usuário, medido pela ferramenta dita acima.

Produtos com páginas de vendas ruins, poucas informações descritivas a respeito do produto, ou contendo promessas muito agressivas têm um baixo Relevance Score e, as chances de contas que anunciam esse tipo de páginas serem bloqueadas são altas.

Mas como saber se uma pagina tem baixo relevance score?

Simples: caso as páginas de vendas infrinjam pelo menos 1 dos outros 10 erros apontados nesse Guia, provavelmente, ela possui um relevance score baixo.

ERRO Nº 5: Anunciar sites que atrapalham a leitura do usuário com pop-us ou lightbox

Páginas de vendas com pop-ups, lightbox ou qualquer outro script que cobre e atrapalha a navegação do usuário também são proibidas. O Facebook entende que, ao usar essas ferramentas, o site desvia a atenção do visitado do que realmente importa: o conteúdo.

Mais uma vez, essa estratégia é entendida pelo Facebook como a perda da decisão do usuário por ver esse pop-ups.

A estratégia de criar pop-ups por exemplo é muito eficaz para a captura de email, tendo uma alta conversão, você pode colocar um ebook para download em troca do email da pessoa por exemplo.

ERRO Nº 6: Anunciar para sites sem informações sobre o produtor

A página de vendas deve conter links que direcionam o usuário para um blog, uma página que contém uma breve descrição do produtor e até um logotipo/marca que represente o site, isso torna muito mais profissional o trabalho. Todos esses cuidados são importantes e quando tomados, o Facebook entende que o site é profissional, minimizando as chances de reprovação pois isso trará uma melhor satisfação ao seu usuário.

ERRO Nº 7: Anúncios com promessas exageradas

Anúncios que envolvem valores monetários, promessas exageradas, ou chamadas muito agressivas são barradas pela rede social. O Facebook entende que, mesmo que o curso tenha qualidade e seja capaz de entregar resultados, tais afirmações não devem ser colocadas nas páginas de destino dos anúncios pois não há garantias de que isso irá acontecer, é também importante que fique expresso isso na sua página.

DICA: Evite palavras como “Ganhar dinheiro” “renda extra” “Importar barato” “Emagrecer rápido”

Seja mais cauteloso e utilize por exemplo:

“Descubra como montar um negócio altamente lucrativo”

ERRO Nº 8: Anúncios com imagens irregulares

Na hora de escolher a imagens para seus anúncios, tome cuidado com algumas regras da política de anúncios do Facebook, como por exemplo: Imagens que possuem mais de 20% de texto, não são aceitas e, dentro da própria rede social, você consegue mensurar se o texto ultrapassa ou não limite clicando AQUI!

Outro caso de reprovação de anúncio são imagens que indiquem “antes ou depois”. Seja em relação a mudanças no visual ou processos de emagrecimento. Usar imagens que simulem que são vídeos ou algum tipo de conteúdo da próprio Facebook também são proibidos.

Escolha imagens condizentes com sua mensagem e com sua página de destino.

ERRO Nº 9: Anúncios que levam direto para link de afiliado

O Facebook tem uma espécie de “Black List”, links de afiliado, alguns encurtadores de URL e alguns domínios que não estão de acordo com suas exigências são bloqueados, portanto recomendo que envie os usuários para um post em seu blog, uma página de captura sua, ou então, uma página de captura que siga o modelo à cima (sua ou do produtor), para enviar para o produtor, utilize subdomínios que redirecionam para o site/página do produtor onde contém a sua referência de afiliado.

Algumas informações usadas: https://blog.hotmart.com/pt-br/produtores/11-erros-que-podem-bloquear-a-sua-conta-do-facebook-para-sempre/

Agora que você já sabe como não ser bloqueado no facebook mãos a obra e vamos ao trabalho.

Aprenda Como Não Ser Bloqueado No Facebook Ads
5 (100%) 10 votes
-->Aproveite e cadastre seu email abaixo para receber novas atualizações do site. Após colocar o seu email abaixo vai receber um email de confirmação de cadastro não esqueça de clicar.<--

Receba novidades no seu email:

Delivered by FeedBurner

Deixe uma resposta